CONFIANÇA AMANHÃ NO MINEIRÃO!

  • por em 19 de agosto de 2021

Vinnicius Silva/Cruzeiro/Flickr

Finalmente com VAR e a presença parcial da torcida, o Cruzeiro encara o Confiança, amanhã.

Tomara que o pão continue caindo com a manteiga pra cima. Já pagamos muitos pecados e merecemos o início de uma temporada de vitórias seguidas que comece a dar ao Cruzeiro um esboço de Cruzeiro.

Terça-feira, contra o Náutico, zeramos o estoque de paciência e coração.

Primeiro, esperar o gol tão reclamado, depois torcer uma eternidade para o jogo acabar antes que a nossa defesa fizesse mais uma entrega.

Louve-se a estrela de Luxemburgo: colocou Thiago aos 35 minutos do segundo tempo e o seu primeiro toque na bola foi para o gol. A sobra deixada pelo goleiro só poderia ser aproveitada por um velocista. Ele é.

O estado emocional continua em campo e deixa suas digitais nos novos gols perdidos, cara a cara, tal como aconteceu no jogo anterior. Nos lançamentos para almas penadas, só vistas por quem lança.

Após a partida de amanhã, Luxemburgo terá, finalmente, uma semana para treinos. Tomara que encontre um time titular e siga em frente.

Luxemburgo está convocando o nosso décimo segundo jogador: a Nação Azul.

BATE PAPO NO QUINTAL

1. FINALMENTE CRUZEIRO VAI LIMPAR O CONSELHO!

A Comissão de Ética e Disciplina que há mais de dois anos mantém intocáveis os conselheiros remunerados e os membros mais ativos da “família união”, resolveu finalmente agir e instaurou Procedimento Disciplinar mas escolheu como alvo o Conselheiro Nato que há anos vem sendo o “ferrinho de dentista” das administrações, tendo a coragem de apontar erros, absurdos, falcatruas. Trata-se de Luiz Carlos Rodrigues Filho, 61 anos de Cruzeiro, conselheiro há mais de 35. Empresário do ramo de gastronomia e hotelaria, seu pai, que foi Procurador Geral da República, nasceu na rua Guajajaras, em frente ao Clube, e gabava-se de “viver o Cruzeiro” todo dia. Foi atleta, presidiu o Jurídico, o Conselho Deliberativo e organizou um dos melhores estatutos que o Clube já teve, depois desvirtuado pela sistemática inclusão de casuísmos, como quer, de novo, o atual comando.

Honrando a memória de seu pai, Luiz Carlos Rodrigues Filho nunca recebeu um centavo sequer de vantagem do Cruzeiro e combate, com extrema coragem, os atos que entende imorais, indevidos, danosos ao Clube. É esta voz que o Conselho de Ética quer silenciar.

2. José Antôniocom razão – sugere a troca de justificativa para nossa incrível perda de gols; sai o emocional (como falou Luxemburgo) e entra falta de qualidade e capacidade técnica. E dá na moleira do blogueiro:

“Antes era falta de salário, agora é o emocional. Antes o salvador era Marcinho, agora é o Claudinho…”

Meu caro José Antônio, passei 40 anos na sua posição: dividia meu tempo em vibrar com as conquistas épicas do Cruzeiro e zoar as desditas atleticanas, cada uma pior do que a outra. Exatamente como estamos agora, com os papéis trocados. Só há uma enorme diferença: sofremos muito, hoje, mas o nosso passado de glórias é um eficiente Gelol. Vocês não tiveram esse alivio.

3. Juliano Damien concorda que “o time está tomando corpo”. Sem dúvida. Basta comparar com aquela fase tenebrosa de jogo inteiro sem chute a gol. Salários em dia, ordem em campo e fora dele, agora é esperar que nos poucos treinos que poderá dirigir, Luxemburgo encontre 11 titulares e siga com eles para que se consiga entrosamento, o que só vem com jogos. A torcida maior fica para a saída da Zaga-Mamãe.

4. Jorge continua em transe com o êxito atleticano e a desdita cruzeirense: “Eu morro de dó! Mas nem ligo! ”

Zoa quem tem direito, aguenta quem tem juízo. Mas a roda gira. E o sucesso veda os olhos. Agora mesmo está chegando, para uma posição em que o Atlético tem 2 ou 3 bons nomes, um cracaço de 34 anos, salário de 2 milhões mensais, e que estava sem clube desde dezembro do ano passado. Não sei porque veio à minha memória uma filosofia antiga: “Laranja madura, na beira da estrada, tá bichada ou tem maribondo no pé. ”

5. Mario acusa o blogueiro de apagar a maioria de seus comentários, “mesmo nunca sendo desrespeitosos”.

Meu caro Mario, não sei o que pode ter ocorrido. Nunca censurei ou cortei qualquer comentário, embora tenha vontade de fazer isto com alguns que pegariam mal até em mesa de botequim… Continuo considerando que ofensas e expressões chulas gratuitas (porque elas têm a hora delas) tiram ponto de quem escreve.

Ocorrendo outra vez, Mario, informe para que possa ser esclarecido.

6. Atleticano, presidente do FCJ – Fã Clube do Jorge – regozija-se com o brilho do líder e apoia seu posicionamento:

“Não adianta, quando tocamos nesse assunto dos títulos conquistados de forma imoral, ele distorce nossas palavras e nunca assume o que aconteceu, é vergonhoso para um cruzeirense falar sobre isso. Eu entendo, é só o que restou pra eles.”.

Meu caro Atleticano, cuidado com as armadilhas que palavrinhas inocentes nos aplicam. Você afirma que “só” nos restou isto:

Minas tem 7 títulos da Copa do Brasil – 6 são do Cruzeiro

Minas tem 5 títulos do Brasileiro. 4 são do Cruzeiro

Minas tem 3 Libertadores – 2 são do Cruzeiro.

“Só”?

7. Bruno Araújo de Carvalho faz oportuníssima recomendação: “temos de voltar a promover a BASE nesse time”. Também acho. Com certeza lá haverá uma zaga melhor do que a “Mamãe” que vem jogando.

8. Rei Melo não alivia para o blogueiro:

“Dalai, acho que sou eu que devo estar louco.. se vc agora enxerga Claudinho titular… que o time continua sendo o melhor de todos os tempos… que a diretoria merece aplauso, tenho que parar de ler esse blog… Quando não é assunto imbecil de pesquisa e sei lá o que… agora o Sr. deu pra proteger jogador medíocre…”

Nem se atreva a parar de ler o blog, que entro na Justiça por descumprimento da cláusula de fidelidade azul!

Acho que nosso time, de ruim passou para razoável, com chances de melhorar.

Quanto a Claudinho, veja o vídeo do jogo contra o Sampaio Correa. Ele entrou no segundo tempo e fez pelo menos três jogadas que mostram sua categoria. Tem qualidade para titular. Deveria continuar jogando pois só assim se consegue conjunto. Contra o Náutico, de novo parece que não entramos em campo em boa parte do primeiro tempo. Já no segundo, como vem acontecendo, passamos a apresentar um rascunho de conjunto.

Vamos torcer para que, no jogo de amanhã, o primeiro do segundo turno, seja apresentado um time oficial, titular, pronto pra seguir nas próximas rodadas, ganhando progressivamente o tão chorado conjunto.

Estamos pedindo muito?

9. Jorge/2 e Peppeu, em êxtase, trocando figurinhas “piedosas” sobre o nosso calvário. Doente na cama, em estado de extrema fraqueza, balão de oxigênio, os dois se aproximam e combinam a “ajuda”: um vai enfiar o dedo nos olhos do paciente enquanto o outro desliga os aparelhos…

Meus amigos, a roda gira! Cuidado!

10. Galão Querido pegando carteirinha de sócio do FCJ: “Se todos tivessem esta visão, talvez já estivessem no final do buraco, mas insistem em cavar mais!!!”

Quanta sensibilidade!

11. Bruno da Silva descobriu pelo menos uma utilidade neste QUINTAL:

“Sr. Dalai, a única coisa sensata em seus comentários foi sobre a vacina. ”

12. Teobaldo repete a sua primeira impressão: “Luxemburgo foi contratado pelo que já fez e não pelo que pode fazer. ”

Meu caro Teobaldo, desculpe-me, mas uma coisa se associa à outra. Passado e futuro pesam na decisão. Como já foquei aqui, há razões pra dar certo e pra dar errado. Nestas últimas, relevância especial para a baixa qualidade técnica do elenco, como você aponta, e a dubiedade do comando, abrandada agora pela intervenção branca de Pedro Lourenço. Contra tudo isto, pesarão de forma decisiva a saga de ser Cruzeiro, a força da Nação Azul e o brio dos jogadores ao vestirem o manto. É o que esperamos com toda fé do mundo!

13. Luiz Gonzaga de Barros aplica injeção de ânimo na torcida:

“Nosso time não é pior do que os demais, talvez seja mais indeciso e aqui deixo um conselho: quem tenta erra, mas quem não tenta já errou! ”

Tem razão Luiz, boa parte de nossos erros deve-se ao emocional e a situação, como ficará evidente no jogo de amanhã, está melhorando.

14. Galo Doido New York, fraseólogo, faz dolorosa compilação de nossos mantras, agora em triste desuso, como o saudoso “Time grande não cai”. Tem razão. Particularmente, sinto mais falta daquele refrão que dominava as tardes do Mineirão: “Não ganha nada… time sofredor…”

Sim, temos agora outra realidade. Mas ela vai passar, talvez mais rápido do que espera o outro lado da Lagoa.

15. Junior Fernandes discorda do blogueiro quanto a Dudu apontando que “qualidade ali passou longe” e que ele não passa de “um Allano piorado”.

Meu caro Junior, de fato, no jogo contra o Náutico, Dudu, além de perder um gol incrível, não repetiu a atuação anterior. Mas quero assumir aqui, sem meias palavras: Dudu e Claudinho, se tiverem novas e continuadas oportunidades, vão contribuir em muito para a reconstrução vitoriosa do time. E defendo meu ponto de vista: três ou quatro jogadas que os dois fizeram, contra o Náutico, deram-me a certeza de que são quase-craques.

E podem evoluir. Vamos apostar?

16. Bernard Assis aplicou o “conto da vacina” no blogueiro. Massageou o ego e depois soltou a burduna: faz votos de que voltemos à Série A em 26. Mas antes, abre uma fresta de esperança: “passarei a torcer para que o time azul volte à Série B em 2023”.

Então Bernard, em 2022 estaremos na Série A. Isto nós queremos. Aleluia!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Notícias

All Comments

Subscribe
Notify of
guest
34 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
José Antonio

Contra fatos não há argumentos não é sr. Dalai??? A verdade incomoda, mas queremos que a esperança não morra tão cedo!!!!! Que ela morra, mas devagar, sem pressa, para podermos apreciá-la desfalecendo aos poucos…. Enquanto isso é secador na mão…..

Galão Querido

Bom dia!!! Hoje só irei tecer 2 comentários, vamos lá:

1 Sobre a laranja da beira da estrada, quantos gostariam de poder pegar esta laranja, mas é pra quem pode e não pra quem quer, lambe os cotovelos aí! Outra coisa, ela não custa R$ 2 milhões, informe-se melhor.

2 Gostaria de parabenizar a Dona Beth, percebemos que o tratamento com os psicólogos aqui tem lhe feito muito bem!!!! Não estou sentindo mais aquele ódio, aquela raiva em suas palavras, muito bem!!! Mas ainda pode melhorar, cuida do coração Dona Beth!!! Não resolve nada e infelizmente (ou não) não vai fazer seu time subir!!!!

P.S. Que partidassa do nosso Galão Querido!!! Que time montamos!!! Ganhamos nada ainda, mais como não sonhar!!! Pelo menos alguém pode sonhar neste blog!!!

Um abraço!!!!

Beth Makennel Cruzeirense

Você pode ter observado isto de minha parte mas eu não observei, até agora, esta postura da parte suas. Vocês não são bem torcedores do clube de Vespasiano não! Vocês na verdade são odiosos ao Cruzeiro. Nunca vi tanto ódio vocês tem do meu clube querido. Afinal de contas o Cruzeiro não tem culpa dos fracassos do seu clube. Pouco me importa o seu clubeco. Vocês vivem de inveja e imitação ao maior de Minas. Se estão bem ou mal é um problema seus. O meu Cruzeiro tem muito crédito pois já esta muito a frente de seu clube e maioria dos clubes Brasileiros. Quem tem que lutar muito e fazer o que tem feito agora, até com ajuda de VAR e arbitragens, é o seu clube, para tentar conquistar títulos grandiosos como os nossos. Já o meu Cruzeiro precisa é lutar para impedir as maldades e armações inimigas tentando nos impedir a subida. Deixe a gente em paz!

Galão Querido

Tá vendo, não pode elogiar!!!!

peppeu

Vai discutir com a véia louca dos gatos, vai…

peppeu

Hora dos comprimidos, Beth. Cuidado com o AVC.

joão de deus filho

Rsrsrs… pessoal, eu se fosse vcs deixava ela quieta. Quando não toma os remédios ela se descontrola. Torcedor da Portuguesa Mineira vc tem que tomar cuidado. Deixa quieto.

Beth Makennel Cruzeirense

Portuguesa são vocês! Clubeco mediano do Brasil que se acha grande tendo só 4 grandes títulos. Enquanto o que vocês querem diminuir por burrice tem 19. Vê se não jogue nós outros os defeitos seus

Afonso Lemos

Onde é que vc arrumou 4 títulos? Tem um brasileiro de 50 anos kkkkk , uma libertadores comprada pelo prefeito com apagão de refletores e mais um montes de treta e uma CB ganha em cima de nós que tínhamos o foco para algo maior que era o Brasileirão. Se bem que depois eliminamos as meninas numa outra CB, aquela que metemos 3 a 0 na primeira partida. Frangas, contra fatos não existem argumentos.

peppeu

Falou em compras de título??? Dial 0800-BENE

Beth Makennel Cruzeirense

Dial 0800-A bola é nossa!

peppeu

Para para para, Dona Beth! Ou estou ficando louco, ou acho que vi nesta semana alguém aí usando camisa verde com detalhes brancos e vermelhos…
Mas vamos lá, particularmente achei justíssima a homenagem a quem lhes tem inspirado desde 08.12.2019.

Beth Makennel Cruzeirense

?????
se explique melhor! Entendi nada! Quem você quer dizer?

Afonso Lemos

“Ganhamos nada ainda”. Muito bom, pelo menos um lúcido.

Jorge

Bom dia e uma boa quinta feira a Atleticanos e Americanos. Aos Bbruzeirenses, uma boa SEGUNDA!

E na bacia das almas o Bbruzeiro conseguiu mais uma vitória ‘heróica e imortal’ contra o Náutico. Serve para acordar a soberba e se encher de vaidade. Nada como uma vitória dos Aflitos para acalmar o ‘emocional’.

E agora, com o salário em dia e o emocional resolvido, vamos esperar que os ‘quase-craques’, nas palavras do Dalai, leve o time, finalmente, para o G4 ‘com os pés nas costas’, como aliás, era a meta desde o ano passado.

E notícia boa, por notícia boa, ficamos sabendo que o Bbruzeiro fez uma consulta para mandar seus jogos no Sesc de Venda Nova. Quem diria! Os que zombavam de quem jogava no Independência querendo ir agora para o Sesc de Venda Nova! O mundo não dá voltas. Ele capota!

Pelo que foi apurado, o problema é com a TV. Não se sabe se a estrutura comporta uma equipe de filmagem na nova arena do Bbruzeiro (com essa mania de se apropriar do alheio, será que eles chamarão o campinho do Sesc de “Toca 4”?).

Agora, o que não se sabe ainda é se o objetivo já é assumir o novo campinho imediatamente ou se é um plano B (vixe! Que letra que persegue o Bbruzeiro!) caso o Independência e Mineirão os despeje por falta de pagamento. Também não se sabe se já é o planejamento estratégico para o ano que vem, numa provável disputa da série C.

É o Bbruzeiro pensando no futuro e trabalhando em busca de reencontrar o seu destino! Boa sorte! Vocês estão no caminho certo!

Enquanto isso o Galão Mais Querido do Mundo também enfrenta os seus problemas de infra-estrutura. Está com um cofre muito pequeno para guardar todo o dinheiro das premiações que anda recebendo. Ontem foram mais R$ 10 milhões por ter dado uma sapecada no River Plate. Aliás, só a premiação de ontem, já paga o salário do Incrível Hulk do ano inteiro! E o Dalai ainda acha um absurdo pagar tanto para um único jogador. Prefere o Rafael Sóbis, aquele que só Décis.

E a inveja é tanta, que, visivelmente, anda escorrendo pelo canto da boca do Dalai. Depois de ter falado que o Marcinho era melhor que o Nacho, agora desdenha da mais nova contratação de um astro internacional do futebol, Diego Costa, pelo Galão Mais Querido do Mundo, dizendo que ele estava sem clube desde dezembro do ano passado e lembrando da musiquinha que diz “Laranja madura, na beira da estrada, tá bichada ou tem maribondo no pé.”

Vejam o que a inveja e o despeito fazem com uma pessoa! Ô Dalai, o Diego Costa estava sem clube não por falta de ofertas, mas por falta de grana dos interessados em sua contratação. Aí o Galão foi lá e contratou. Simples assim. Mas se é para lembrar histórias antigas, conheço um conto que é assim: “Chegando uma Raposa a uma parreira, viu-a carregada de uvas maduras e formosas e cobiçou-as. Começou a fazer tentativas para subir; porém, como as uvas estavam altas e a subida era íngreme, por muito que tentasse não as conseguiu alcançar. Então disse: – Estas uvas estão muito azedas, e podem manchar-me os dentes; não quero colhê-las verdes, pois não gosto delas assim. E, dito isto, foi-se embora.” Conhece esse conto, Dalai? Então, agora troca as uvas pelo Nacho, pelo Hulk, pelo Diego Costa (para só citar três) e teremos o “conto do Dalai”.

E para contestar o comentário do “Atleticano”, o Dalai acaba por confirmar a sua assertiva. Só o que restou para o bbruzeirense é contar vantagem de suas conquistas (ultra)passadas, ainda que de lisura questionável. “Vocês estão na série B”. “Ah, mas nós temos ‘x’ copas do Brasil, ‘y’ brasileiros, um fax, um batom e um sapato de salto alto”. “Mas agora vocês estão falidos”, “ah, mas e nossas ‘w’ libertadores?”. “Ok. Mas agora acabou, vocês nunca mais vão ganhar mais nada”. “ah, mas nós já ganhamos o blá, blá, blá, blá,….”. Está certo o “Atleticano”! Por falta de futuro, resta ao Bbruzeiro um passado eticamente questionável, mas que eles não param de ficar repetindo como um “gelol” para as feridas, nas palavras do Dalai.

E a resposta do Dalai para o Bernard Assis? Kkkkkkkkkkkk Que constrangedor foi aquilo! Fiquei com vergonha alheia! Bernard, você conta ou eu conto?

O Dalai me faz lembrar a história daquele pai que tinha dois filhos, um extremamente otimista e outro extremamente pessimista. Para temperar o comportamento de ambos resolveu dar uma bicicleta no Natal para o filho pessimista e uma caixa cheia de fezes de equino para o otimista. Entregue os presentes, ficou na espreita vendo se iria funcionar o choque pretendido. O filho pessimista ao ver a bicicleta se desesperou. “Meu pai está maluco. Quer que eu caia e quebre o braço. Ou quer que eu seja atropelado e morra!”. Já o filho otimista passou todo serelepe pela sala em direção ao quintal do Dalai perguntando: “alguém viu o poltrinho que o meu pai me deu de presente?”

O Dalai é o filho otimista. Está na maior ‘m.’ porém acredita que vai encontrar um poltrinho no final da história. Vai não! Ele não vai não! E eu vou poupar o Bernard de explicar ao Dalai. O Bernard foi muito generoso, Dalai, e disse que em 2023 vocês voltarão para B não por mais uma queda, mas por ascensão. É que para o ano que vem, se o Luxa não fizer o seu trabalho, a Fifa vai fazer. Entendeu agora? Série C em 2022 e, se a generosidade do Bernard se confirmar, a volta para a série B em 2023. Mas em 26, nas palavras dele, vocês voltam para a série A. Propositalmente ele grafou apenas ’26’ para ficar subentendido e não magoar o Dalai, mas eu entendi que é 2126, embora o Teobaldo ache que não precisa dessa pressa toda.

No mais, agora é aproveitar a presença de público nos estádios e lotar o campinho do Sesc Venda Nova para gritar: “Eu vivo cheio de vaidade. Vai Bbruzeiro!”.

E para quem não sai da SEGUNDA, até a próxima. Para os demais, segunda-feira tem mais.

Abraços.

Afonso Lemos

Parabéns Jorge, pela Bíblia que vc escreveu. A galinhada deve ter gostado de ler. Eu não perdi meu tempo. Saudações do protagonista do futebol de Minas Gerais.

peppeu

Tá bem , Fonfonsa, um dos traços da oligofrenia é mesmo a pouca – quase nenhuma – capacidade em se deter numa atividade que exija sinapse em 2 neurônios.
Dado meu espírito cristão, resumirei as palavras do profeta Jorge:

Bruzeiro = série C = merda.

Abs!

Jorge

Agora fiquei sem entender. Parece que você é bbruzeirense. Mas aí você falou que é protagonista do futebol de Minas Gerais… Pera aí, você não tá achando que time de série B, que enfrenta Brusque, Bolívia Querida e Náutico dos Aflitos seja protagonista de alguma coisa né? Ah, entendi! São os protagonistas do maior pastelão do futebol brasileiro. Uma tragicomédia que está na segunda temporada e prometendo mais para a terceirona. É isso? Então, salve o protagonista das humilhações, da comédia e da vergonha nacional. Mais um sem noção por aqui. Fico até ruborizado de vergonha alheia. A vaidade faz coisas com o sujeito que ele entra em delírio! Melhor ir tomar o remedinho.

joão de deus filho

Boa tarde a todos.
Feliz demais com meu Galo.
Não é prá qualquer um eliminar Boca e River numa mesma competição e chegar a uma semifinal de Libertadores.
Nada está ganho, porém estamos fortes na disputa. Aliás, estaremos mais fortes, pois Diego Costa e Nacho estarão à disposição.
E sinto o Galo crescendo e se tornando muito sólido na defesa. Basta ver o número de gols tomados nos meses de julho e agosto. O nosso meio e o ataque nem preciso falar.
Ansioso por ver a dupla Hulk e DC19 em ação.
Esse Hulk tá jogando bola demais. Um guarda roupas daquele me lembrou do Reinaldo no toque sutil pro gol ontem contra o River. Quanta técnica e raça.
Fico imaginando a alegria do Cuca ao olhar pro banco quando quer fazer uma alteração no time.
É Rafael (que tá se recuperando), é Guga, é Dodô, é Réver, é Igor, é Tchê Tchê, é Nathan, é Hyoran, é Sasha, é Dylan, é Keno. E ainda os meninos da base, Calebe, Felipe.
Dava prá montar um time e disputar esse brasileirão, correndo atrás de uma vaga, pelo menos prá Sulamericana. Pelo menos.
E volto ao velho assunto: não discordo do torcedor da Portuguesa Mineira, quando fala em número de títulos. Afinal, ainda não estou com a cabeça daquele idiota que prometeu beber água do Arrudas se o Galo passasse pelo Ríver. Se ele for um cara de palavra, hora dessas deve estar internado em algum hospital.
Sei que a Portuguesa tem mais títulos. Parabéns.
Mas, como futebol é momento e a gente, por pior que seja a vida, por mais pancadas que vc tenha levado ou mais zoações que tenha suportado, a gente se preocupa é com o daqui prá frente, ou seja, o que importa é o futuro. Se o passado foi ruim, esqueça dele e foque no daqui prá frente, faça diferente.
E o futuro, e o presente, do torcedor atleticano tem sido iluminado.
Vc não vê um atleticano nesse mundo afora, sem um sorriso no rosto.
Não apenas pela vitória de ontem. Ou por ter eliminado o Boca (podemos ser declarados campeões argentinos???). Mas, por tudo o que anda sendo feito dentro do Clube Atlético Mineiro. Ou seja, estamos felizes dentro e fora de campo.
E é isso que nos leva a encarar a vida de forma tão positiva.
Estamos nas semifinais da Libertadores. Estamos nas quartas da Copa do Brasil. Somos líderes do Brasileiro com 5 pontos do 2º colocado.
Isso ó resultado, dentro de campo, do que está sendo feito fora de campo.
E vamos partir prás essas 3 guerras mais fortes.
DC19 já está no BID.
Acredito que o Palmeiras, o Fluminense e também os times da série A não estão muito tranquilos sabendo que terão que nos enfrentar.
Claro que não ganhamos nada. E podemos não ganhar.
Mas, claro que a esperança de levantar no mínimo 1 título está presente no coração de todo atleticano.
E hoje, o torcedor do Galo vive de esperanças, de sonhos. De futuro.
De passado, de títulos que já foram conquistados e que podem nunca mais se repetir, nós deixamos pros torcedores da Portuguesa Mineira. Nossos ex-adversários.
Um abraço a todos.

* Só lembrando que o nome antigo do seu clube foi eliminado do meu vocabulário. Foram vcs, com sua camisa verde (acredito que seja prá facilitar pro torcedor que queira passar a torcer pro América, ir se acostumando) que nos lembraram das coincidencias com o time paulista, que eu nem sei se ainda existe. Tomara que sim, porque não quero a morte da Portuguesa de Minas.
Aqui é Galo.
Alô Samuel Rosa. O prefeito é atleticano, o padre é atleticano, o dono da padaria é atleticano, o dono da rádio é atleticano. E os meninos dessa nova geração terão a oportunidade de escolher prá qual time vão torcer. Espero viver ainda pelo menos uns 10 ou 15 anos prá ver uma Minas com 80% de atleticanos, 15% de americanos e 5% de torcedores da Portuguesa Mineira.
Quem viver, verá.

Beth Makennel Cruzeirense

Sonhar não é pecado!
Pode continuar sonhando! Quanta inveja em? Odeia mesmo o maior de Minas em? Deveria pensar só no seu clube e esquecer o meu.

Bruno da Silva

kkkkkkk Acho que a dona tomou remedio demais kkkkkk começou a delirar kkkkkk

peppeu

Beth Beth, quanto amargor em sua alma. Não é e nunca foi caso de ódio, mas apenas de uma ligeira (e bem humorada) pena do seu time e torcedores iludidos.

Afonso Lemos

Parabéns pra você, escritor de Bíblias. Se tivesse esticado esse blá, blá, blá aí bateria Machado de Assis com facilidade. Perdão mas eu não perdi meu tempo em ler.

JCSR

Boa noite Dalai ! Quem sabe agora conseguimos emplacar algumas vitórias e voltar a sonhar com o acesso. O aproveitamento com o Luxemburgo mostra que é possível chegar lá. Acho essencial lançar garotos da base como tem feito com Dudu, Thiago e Mateus Pereira. Esperando que Marco Antonio tenha sua oportunidade e possa mostrar serviço. Podem ser solução técnica agora e econômica num futuro próximo.
Achei pertinente sua citação do dito popular, eternizado na música pelo grande Ataulfo Alves : “laranja madura, na beira da estrada, tá bichada Zé, ou tem marimbondo no pé”. O lado de lá acredita que tudo isso, essa dinheirama toda no final não terá nenhum custo.
Zombam com razão da situação atual do Cruzeiro, porém desdenham dos títulos. Estranho né, se título não importa porque razão tanta euforia para conquistar a 2ª Libertadores ( temos 2), loucos para ganhar a 2ª Copa do Brasil ( temos 6 ), fazendo promessas para depois de 50 anos ganhar o 2º Brasileirão ( temos 4 ). Afinal, título importa ou não ???
Finalmente louvo sua paciência em aceitar todo tipo de postagem nos comentários, muitos deles ofensivos ao Cruzeiro e a sua própria pessoa. Tem um certo barbudo do outro lado que se você falar que o Mariano é feio ele deleta seu comentário. Além do que o barbudo não possui nem 10% da sua educação e conhecimento. Todavia acho louvável que mantenha sua postura e tenha certeza que ” dias melhores virão “.

Rei Melo

Dalai pelo amor de Deus!! esse Claudinho.. agora o novo tostão na sua ideia.. esssa merda gorda tem 2 anos no clube .. ano passado chegou a pesar mais que 140 kg, esse ano deve estar com 100kg..Ficou encostado no clube protegido pelo sem vergonha do David. teve diversas chances assim como o tal novo Alex. ou seja se fosse para ser jogador de futebol ja teria vingado.. è péssimo sim.. assim com Marcinho .. o desengonçado e pereba Tiago entre outros perebas que os vagabundos dos tais diretores enfiaram aqui.
Se depender deste perebas com certeza vamos ficar mais uns 100 anos da segunda ou terceira divisão.
A loucuraé tanta que vc parece que é paraguaio como os eufóricos perdedores de BH.
Basta ganhar um jogo que o Sr exalta ate Claudinho o novo tostão kkk.. realmente vou ter que fazer uma cirurgia nos olhos tb ,, aproveitar e usar muita droga que vcs usam lá na sede do clube.
O time pode ate vencer o que é OBRIGAÇÃO…mas esta longe muito muito longe de ser o melhor time da terra como vocês querem empurrar .
Quanto aos tais conselheiros: pura perda de tempo.. um clube que mantem um analfabeto sem vergonha, safado dentro do clube junto com uma quadrilha de gente da pior espécie, a maioria protegido pelos papais que foram isso ou aquilo , você espera o que. Olha a cara de … do tal presidente , das pessoas que o aplaudem , dos vagabundos que ele escolhe para diretor…
Ja que falamos de Conselho vai o meu: NUNCA CONFIE EM NINGUEM.. NINGUÉM QUE ESTEJA OU FOI ALGUMA COISA NO CLUBE..SE NÃO FOR SEM VERGONHA É SEM ATITUDE .. TUDO FILHINHO DE PAPAI METIDO A EMPRESARIO. COM CERTEZA VAI PREJUDICAR O QUE ALGUÉM FOR FAZER COM ESSE PESSOAL.
lembrando QUE ESTES PROTEGIDOS ELEGERAM UM CACHACEIRO . UM ANALFABETO E UM BANDIDO FAMOSO.. E O PIOR… AINDA OS MANTEM LA FIRME E FORTE..APLAUDINDO OUTRO FILHINHO DE PAPAI QUE MAL SABE ESCREVER O NOME SEM PERGUNTAR O PAPAI… VAI CONFIAR?

Denilson

Dalai, o difícil é a falta de humildade que o cruzeirense tem. Na série B dois anos consecutivos, caminhando para o terceiro ano e nada de humildade. Acho que irão ficar mais uns 3 anos ai para aprender a serem mais humildes.

Afonso Lemos

Sr. Dalai, gosto do que escreve mas tenho uma ressalva a fazer: o blogueiro da franga, o barbudo meio taliban não permite comentários de cruzeirenses em sua coluna. Acho uma perda de tempo dar palco a comentários desses rivais por aqui. Dando apenas um exemplo, esse Peppeu me lembra muito, no nome, o Pepeu Gomes que cantava com a Baby Consuelo. Só que o Peppeu, que não é o Gomes mas só fala goma é um dos muitos torcedores do time listradinho que ficam enchendo o saco por aqui e por todas as matérias que se referem ao grande e sempre protagonista do futebol Mineiro desde a era Mineirão. Dar voz a esse monte de jumentos, ops, de zebrinhas, ou seria de franguinhas, ou galinhas, kkkk é perder tempo. Pense nisso e otimize o espaço. Abraços.

Bruno da Silva

Fica tite não Afonsinho, kkkkkk Fica tite não. A partir de hoje começa a contagem regressiva para mais um ano na serie B, ou quem sabe mais uma queda kkkkkk é só + 6 derrotinhas, ou quem sabe – 18 pontinhos kkkkkk vou aparecer aqui a cada jogo para lembrar as vaidosas kkkkkkkk

Afonso Lemos

É, mas temos que atinar para a outra contagem, aquela que já está em 50 e pode virar 51, 60, 85 kkkkk Cuidado franguinha, cuidado.

peppeu

Não conhecia este seu perfil ditatorial, Fonfonsa. Feiúra.
Felizmente o proprietário deste Quintal – até mesmo por sua formação humanística e carreira trilhada num meio que exige respeito à democracia e ao contraditório – indeferirá sua pirracinha.
No mais, agradeço o prestígio de ser nominalmente citado e merecer um local de destaque em seu coraçãozinho de segunda divisão.

Manuel Panhame

Fonfonsa Feiúra, gostei tanto do tratamento que o Peppeu lhe obsequiou, que eu resolvi entrar na conversa nesses termos pra lembrar sua pessoa mal agradecida de dois detalhes: vindo aqui nós trazemos alegria a este latifúndio que só conhece o choro e o ranger de dentes. Emprestamos riso a esse condomínio de segunda divisão com prazo de validade a vem C… E outra: que petulância é essa, Fonfonsa Ditadorzinho Azul Calcinha, de nos chamar a nós, donos de BH e do Estado, de rivais? Conhece seu lugar, Maria. Rival de vocês é o Galo sim, mas o Galo das Alagoas… E pode até ser de o pessoal do CRB nem gostar dessa colocação minha… Vamos tentar o Íbis? Seja como for não repita mais isso, Guaximim agonizante, nós não temos rivais na segunda divisão… Tentou publicar alguma asneira no Blog do Galo? kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Galo Doido New York

Sr. Colunista, em breve nem esta frase os bbruzeirenses poderão repetir, ou melhor dizendo, estão se referindo a si próprio. “Não ganha nada… time sofredor…”.

Não é segredo que os bbruzeirenses a muito estão comemorando o já comemorado, e o nome disso é nostalgia. O falidão azul é algo sem presente nem futuro. Não se pode nem dizer que é um time de futebol.

Dizer que a esperança é a última que morre, nem isso os bbruzeirenses podem falar. Cada vitória do Galo, cada fase vencida na Copa do Brasil e na Libertadores é um direto a la Mike Tyson nos bons tempos no queixo dos bbruzeirenses. Nocaute com menos de 30 segundos no primeiro round.

Descobriram que nunca foram grandes, pois tudo era falso, resultado de falcatruas e cambalachos. Hoje esperneiam e tentam justificar na marra, que os títulos não são o produto do mal feito, somente a merda em que se encontram é a herança indesejada.

Quando se perde é resultado da ineficiência da diretoria, mas quando se ganha as custas de trambiques, nada tem haver com as ações dos cambalacheiros.

E MUITA DEMAGOGIA E CINISMO SR BLOGUEIRO.

Dizem que o primeiro passo para se re-erguer é encarar a realidade, admitir os erros e planejar o futuro. (Não se aplica a quem tem DNA de CAMBALACHEIRO)

Sigam o lider!!!!!! Mãe Dinah reitera. “FALTAM 99 ANOS PARA O QUEBRADAO DO BARRO PRETO GANHAR OUTRO RURALITO”

Vinicius

kkkk , fala muita loucura ! Procure um médico aí na terra do consumismo .

joão de deus filho

https://www.youtube.com/watch?v=cVoVrJOuWX8

Sugiro ao dr Dalai que assista a esse vídeo.
Prá ter certeza absoluta que não existe almoço de graça.
Um grande abraço a todos, inclusive praquela torcedora da Portuguesa que costuma se esquecer de tomar seus remédios.