HORÁRIO DIFERENTE, TIME DIFERENTE, PRA FRENTE!

  • por em 26 de agosto de 2020

Bruno Haddad/Cruzeiro/Flickr

Jogadores: 100 anos de páginas heroicas e imortais sustentam esta camisa estrelada, que nem precisava mas é também a mais bonita do Brasil!

Neste horário esquisito, nestes tempos difíceis de pandemia, a esperança que jamais nos abandona voará hoje às 16 horas, para Maceió, acelerando 9 milhões de corações azuis para o jogo contra o CRB e que definirá quem vai prosseguir na Copa do Brasil.

O estádio, em Alagoas, tem o nome de “Rei Pelé”, o que nos remonta a partidas históricas que vencemos com o Rei em campo.

Hoje, já entramos em campo perdendo por 2 x 0, resultado da horrível primeira partida que fizemos no Mineirão. Ninguém dirá que é fácil. Mas também ninguém de bom senso poderá dizer que é impossível.

Um gol nosso, no início da partida, transfere o drama de lado. E o passado azul começará a dominar o campo todo!

‘QUEM NÃO ESTIVER PREPARADO PARA A GUERRA, ENTREGA A FARDA”!   É com esta frase que o excelente Gustavo Nolasco abre a sua coluna de hoje no ESTADO DE MINAS, citando João Paulo Big, conhecido como “A enciclopédia azul”, tal o seu profundo conhecimento da história cruzeirense.

Fosse eu o técnico Enderson Moreira, leria para os jogadores a coluna DA ARQUIBANCADA de hoje.  TNT puro de motivação, de confiança. Hoje, realmente, os nossos jogadores têm de entrar em campo com o simbolismo que marca as grandes reações: sangue nos olhos e faca nos dentes!

Bora classificar!

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.