IMPONDERÁVEL F.C.

  • por em 7 de março de 2022

Gustavo Aleixo/Cruzeiro/Flickr

O Atlético ganhou o jogo a semana inteira. O Cruzeiro moralmente ganhou domingo. Uma das seduções do futebol é esta: de vez em quando Davi vence Golias. Dentre várias razões, uma é o salto alto. Não aquele que fica nos pés. O outro, mais perigoso, psicológico, grileiro da cabeça, que também atende por complexo de superioridade. Arrogância. Prepotência. Sobrevivem só até o pré-jogo. Não entram em campo. Até os 15 minutos finais, o Cruzeiro vencia e mostrava um futebol que orgulhava a Nação Azul. Uma meninada de excelente toque de bola que dá nota 10 à preparação do time. Há mais de dois anos não tínhamos esse orgulho de ver o Cruzeiro em campo.

Enfrentamos de igual pra igual um dos melhores e mais caros times do Brasil. O técnico Paulo Pezzolano está aprovado. 

Nos últimos dez minutos, um a zero para o Cruzeiro, surgiu a figura que decidiu o clássico. O árbitro Igor Junior Benevenuto se incluiu no grupo de apitadores “embrulhados” pela clássica jogada de Hulk, entrar em velocidade na área, deixar o pé atrás embaraçando nas pernas do defensor e lançar-se ao chão.

Evidentemente, na área do Atlético esta jogada jamais resultaria em pênalti. O comentarista de arbitragem da Itatiaia, Marcio Resende de Freitas, confessou: tentou, tentou e não conseguiu ver pênalti.

Enfim, em matéria de juiz, aconteceu o de sempre, tal como havia ocorrido em Pouso Alegre. A relação entre FMF e Atlético continua de fidelidade “canina”.

Não se discute a superioridade técnica atleticana. Seria excelente que dispensassem essa habitual ajuda extra no campeonato mineiro.

No placar numérico, o Atlético venceu por 2 x 1 e ganhou três pontos. No placar moral, o Cruzeiro encheu os olhos de seus sofridos torcedores com um futebol vistoso, bem arquitetado tanto pela direita, quanto pela esquerda e no meio. Aos 24 minutos do segundo tempo, passe de Canesin em profundidade para Bruno José que faz cruzamento milimétrico: um golaço de cabeça de Vitor Roque pra sacramentar o estágio positivo do time. Em condições normais de tempo e temperatura, poderíamos ter vencido.

O gigante azul está acordando. Deixou o campo ontem sob aplausos de sua torcida.

BATE PAPO NO QUINTAL

1. Jorge – inacreditavelmente, nesta altura do campeonato, insiste em filiar-se ao GRUVID, o Grupo de Visão Distorcida para o qual, se a Pandemia atingiu todos os clubes esportivos do mundo, porque só o Cruzeiro reclama e faz dela um “álibi” para os seus fracassos?

Veja-se o que Jorge, chamuscando sua biografia, teve a coragem de escrever:

“Ainda bem que em 2020 a pandemia não atacou os times do Chapecoense, América, Juventude e Cuiabá e em 2021 não atacou os times do Botafogo, Coritiba, Goiás e Avaí. Senão o Brasileirão de 2022 iria ter apenas 12 clubes já que não subiria ninguém por causa da pandemia.  E o Dalai ainda escreve que foi por causa da pandemia que “não pudemos fazer como o Atlético e subir no ano seguinte. ” Mas porque a referência ao Atlético, Dalai? Praticamente todos os times grandes caem e sobem no ano seguinte e nenhum deles disputou a série B por três anos consecutivos. ”

Jorge, você até pode ignorar o tsunami Wagner/Hermínio/Itair que arrasou o Cruzeiro em 2019, quando alcançou o ápice, embora no ano anterior já tivesse minado vários setores. Mas o Cruzeiro não pôde fingir que não aconteceu, porque foi a vítima. A partir do segundo semestre de 2019 passamos a respirar por instrumentos. Tornamo-nos simplesmente uma terra arrasada.  Assumindo a direção, tivemos poucas semanas pra estancar sangrias e, mesmo naquele flagelo, tecer sonhos incríveis de nossa participação na B. São deste curtíssimo período as manifestações de confiança, jamais de soberba, na imediata reação. Como já registrei neste QUINTAL, era gratificante a interação com o Conselho Gestor e os vários setores do Clube para a reconstrução.

Aí, chegou a Pandemia. Atingiu todo mundo, como lembra Jorge. Só que o Cruzeiro estava no chão, arrasado. Não conseguiu se levantar nem no ano seguinte.

Jorge, por favor, desfilie-se do GRUVID!

2. Lucio Carlos, tal como o blogueiro, aplaude a iniciativa de Ronaldo convidando a diretoria do Atlético para almoço, antes do clássico. Apesar de desidratada, com a má educada ausência do presidente atleticano, reflete-se na evolução de costumes, sem qualquer dúvida.

3. Trezentos de Assunção – Acredito que 100% dos torcedores mineiros vibraram com a façanha do América, em Assunção. 300 torcedores viajaram 1.500 quilômetros pra incentivar o seu time, embora a classificação se tornasse difícil após a derrota em casa, por 1×0. Na capital paraguaia, quarta-feira, levando 2 x 0 com 15 minutos de jogo, a classificação ficou praticamente impossível. Os 300 não desistiram. Daquele minúsculo amontoado verde, nas largas arquibancadas do Defensores Del Chaco a chama era mantida acesa e chegava até o campo. O milagre aconteceu. O tropeço do time misto, sábado, contra o Vila, de nenhuma forma pode diminuir a conquista paraguaia.

4. Manuel Panhame pega o drone da memória e se lança em voo saudosista à cata de pinturas de jogadas. Aterrisa em 66 e separa dois lances “de cinema”, protagonizados por Tostão e Lacy. O historiador transforma palavras em tintas, frases em pincéis e nos coloca em campo, como “testemunhas oculares”. Nada a acrescer, senão um detalhe sobre Lacy. Certa vez, no passeio da avenida Afonso Pena, pouco adiante da Mesbla, em direção à Praça Sete, eis que vejo andando à minha frente, o atacante atleticano. De bermudão   e sandálias. Segui atrás, matutando por um quarteirão inteiro. Até hoje me impressionam a pouca altura e a fragilidade física do craque. Os tornozelos quase mais finos que polegares de alguns adultos. Em campo, se avolumava. Era como se estivesse amanteigado, ensebado, azeitado. Ninguém segurava. Em um Cruzeiro e Atlético, lateral perto da bandeira de corner.  Lacy pedindo bola, embora acossado pelo nosso zagueirão, duas vezes a altura dele. Quatro vezes o corpo dele.  O lateral é cobrado com a bola sendo enviada em sua direção. Ele se movimenta como um corisco, vira o corpo e, de calcanhar, dá um chapéu em nosso zagueiro, pega a bola na frente, e marca um golaço.

5. Rodrigo adverte: 

“Não estou pregando a segregação, sou muito a favor da interação entre todos nós, mas está em excesso já. E todo excesso é criminoso (e um pé no saco também)”.

Faço a mea culpa, Rodrigo. Às vezes, pela incompetência em resumir, ou a pressa, estendo-me desnecessariamente em algumas abordagens.  Certa vez, padre Vieira, em carta a amigo, pontuou: “Desculpe-me ser longo. Não tive tempo de ser breve. ”

Você notará, daqui pra frente, que de alguns temas, a meu ver já esgotados, estou abdicando. Sobre outros, vou me policiar mais. Quanto aos atleticanos neste QUINTAL descuidei-me e a barraca deles conseguiu interdito possessório.  Ao mesmo tempo, queiramos ou não, tornaram-se hoje um mal necessário. Pra amenizar estou tentando encaminhar dois dos mais contundentes, Teobaldo e Jorge, ao Porta dos Fundos. Será como tirar o bode da sala. Sem Paciência será o próximo.

Quanto aos cargos na Sede Campestre da Pampulha eram remunerados. Alguns em espécie, outros em benesses como ingressos para os jogos, promoções, além do cobiçado crachá de “Diretor”.

6. Rodrigo Valu contesta o blogueiro:

“Pois é. A declaração que estariam comemorando o acesso no aniversário de 100 anos foi dada no meio da pandemia e ele alega que as arrogâncias foram antes. Vão ficar na B enquanto não calçarem as sandálias da humildade. ”

Meu caro Rodrigo Valu, substitua, por favor, “arrogâncias” por “esperanças”. É o que nos mantinha de pé, ante o caos deixado pelo trio Wagner/Hermínio/Itair. De repente, em reação espontânea, passamos a agir como o time que tem jogador expulso. Todos passam a jogar por dois. Em vez de 10, são 20 com a mesma camisa. Foram poucas, mas inesquecíveis semanas de corajoso planejamento. A torcida junto, como se comprovou na Missa de Aniversário, no histórico 2 de janeiro de 2020, Igreja de São Sebastião. Fé, emoção, lágrimas entornavam pelas portas e janelas da igreja entupida de azul. Quando me foi dada a palavra, não sabia o que dizer àquela torcida que transpirava esperança. Lembro-me apenas que logo no início prestei homenagem a Salomé, falecida pouco antes. Até hoje não sei de onde tirei força e inspiração pra encarar aquele momento. Noite inesquecível.

De repente, Valu, chegou a pandemia. Nem nos ver pudemos mais. Entendeu?

7. Filipe Braga perde a paciência, joga as cartas na mesa e reclama do “fogo amigo” que vem, exatamente… de Ronaldo!

“… Abrir mão de Maicon, não renovar previamente com Brock e, pasmem, vender Thiago por preço de banana, é inadmissível. ”

Meu caro Filipe, sua “ira santa” é também a de muitos torcedores. De fora, e tendo por base os fatos que a imprensa (que não tem acesso aos treinamentos) divulga, achamos um absurdo. Saiba, porém, que a visão interna pode ser outra. Vamos por partes, como diria Jack:

Maicon – uma unanimidade. Todo cruzeirense e, principalmente Ronaldo, quer vê-lo compondo a zaga do Cruzeiro com Sidney. Mas e o salário duas ou três vezes superior aos demais? Em quanto tempo iria começar uma “revolta silenciosa”, realimentada em todo dia de pagamento?

Brock – ao contrário de Maicon, está longe da unanimidade. Fez bonito nos dois ou três últimos jogos. Mas nem sempre foi assim.

Thiago – jovem, ótimo físico para centroavante, velocista. Em outro clube de ponta poderia ser vendido por dez vezes mais, em pouco tempo. No Cruzeiro, infelizmente, pelo tsunami que dizimou o Clube, semanas antes da pandemia mundial, nossos valores tornaram-se “galinha na manguara”, dá preço quem compra. Reconstrução difícil, penosa. A primeira fase foi assegurarmos a sobrevivência, preservando a qualquer custo e por mínimo que fosse a auto estima, a dignidade. Com a SAF, aos trancos e barrancos, vamos nos recuperando. 

Meu caro Filipe, como se sabe, nem tudo numa negociação pode ou deve ser divulgado. Jogadores não fogem à regra. Lembro-me, anos atrás, de um craque adorado pela torcida, mas que não renovou contrato, saiu do Cruzeiro e de Belo Horizonte. Diretoria até ameaçada de morte por não conseguir segurar o jogador. Verdade verdadeira: pai de dois filhos pequenos, passou a viver tórrido romance extraconjugal. A esposa descobriu e ameaçou sair de casa com os filhos, se permanecessem aqui.

8. Marcilio Vaz exagera no chá de Santo Daime e divulga o valor do Atlético-SAF: 4 bilhões de reais. Meu caro Marcilio, como papel aceita tudo, e este QUINTAL é doloroso exemplo, porque não subir logo pra 5,6, talvez 10 bilhões? O mais importante é que cada vez mais se fala em Atlético seguindo, outra vez, o pioneirismo do Cruzeiro.

9. Selvageria – Grupos criminosos infiltrados nas Torcidas Organizadas, que ontem voltaram a aprontar, inclusive com homicídio,  têm triste oportunidade de se olharem no espelho:  o que aconteceu sábado, no México, jogo entre Querétaro e Atlas lança dúvidas: vivemos de fato no Século 21?  Somos uma civilização? Cenas fortes de massacre foram embaçadas nas reportagens exibidas pela TV. O Atlas vencia por 1×0.  Aos 17 minutos do segundo tempo, seus torcedores começaram a barbárie. Vários mortos. Será excelente se líderes das Organizadas exibirem esses vídeos em suas reuniões de pré-jogo. Um remake do que éramos na Idade da Pedra Lascada.

GARIMPO

“Se for falar mal de mim, me chame. Sei de coisas terríveis a meu respeito. ”  (Tati Bernardi)

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

All Comments

Subscribe
Notify of
guest
146 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Sem Paciência

Fala, Dalai!
Bom dia, Cara!

Sejam todos muito bem-vindos ao maravilhoso Mundo do Dalai!

Aqui se fica alardeando a semana anterior ao clássico inteira que HAVERÁ pênalti. Quando o zagueiro consuma a previsão autorealizável, o povinho azul chora…
Uai! Mas, não pediram a semana inteira??? Ou acharam que a repetição histriônica impediria a marcação de eventual pênalti???
Aconteceu e o árbitro marcou. Só isso!
É só ver as partidas finais dos três últimos títulos marianos mineiros que verão o quê são pênaltis não marcados.
Mas,… A roda girou. O dinheiro acabou. O Bennecy morreu. (Aquele mesmo que confessou o SUBORNO de árbitro AO VIVO e ESPONTANEAMENTE.) E, agora, os pênaltis a favor do Galo são marcados!

Márcio Resende de Freitas não goza do respeito dos Atleticanos, até onde eu sei, pelos inúmeros erros cometidos contra o Atlético! Também fez um serviço porco na final Santos x Botafogo. Só conferir no YouTube. Dizem, e eu não sei se é verdade, que é CEMTAVense. Mas, o filho dele, COM CERTEZA É TORCEDOR DO CSA-MG. Daí…

O Dalai está MORALMENTE proibido de criticar o “tsunami Wagner/Hermínio/Itair” (Por quê essa implicância com o Hermínio??? Como a grande maioria dos vices, apenas vicejou no cargo… KKKK) porque nem foi votar pra excluir o Wagão da Massa, o Presida Raiz do Conselho Deliberativo. Para os Atleticanos, sempre será um benfeitor e um injustiçado… KKKK

Depois, pensando com calma, captei a verdade: ninguém é eleito Presidente do Conselho Deliberativo por acaso… Vc, Dalai, se relacionava muito bem com esse povo da Família União etc. Afinal, foi com os votos deles que foi eleito. Não tenho como saber ou afirmar qualquer coisa além disso, mas vc não caiu no cargo de Presidente do nada! Poderia ter prestado um serviço póstumo ao CENTAVO, votando para excluir o Presida Raiz. Mas, nem isso…

Finalmente, alertar que a Porta dos Fundos do CSA-MG, ao contrário da maioria das de lugares e pessoas, serve muito mais para entrada que para a saída. E como é difícil expulsar alguém de lá, mesmo tendo cometido as piores condutas contrárias ao interesse do clube. Por isso, os sevandijas e merdas continuam lá…
Que continue assim! KKK

E o Galo? O Galo ganhô! ! !

Chora, mariada, porque o choro é livre! KKKKKKKKKK

Pepe Legal

O Clube Atlético Mineiro está como a fábula do sapo na água quente… o cachimbo deixou a boca torta e já parece tudo normal… podem acordar com um inquérito da FIFA na porta qualquer dia desses…
Motivos?
1) A câmera de trás mostra que a perna do zagueiro do Cruzeiro estava entre as pernas de Hulk quando o zagueiro tirou a bola para trás. Hulk buscou um leve contato, já com as pernas dobrando e deixou o corpo cair.
2) Milhares de penaltis MUITO mais penalti que esse não foram marcados a favor do Cruzeiro em 2020 e 2021. Coincidência? (Tema de estudos em curso)
3) A voadora de braço do Everson no EDU foi MUITO pênalti ! (A TV parcial não rendeu assunto)
4) Vocês vão conseguir fazer isso de novo com todo mundo em 2022?
(Boca Jrs, Flamengo, Corinthians, Palmeiras, SPFC, América-MG …?)

Sem Paciência

Meu Deus, que medo! KKKKKKKKKK
Toda coluna vc vem com essa conversinha mole de inquérito na FIFA e NUNCA acontece nada! KKK
Sabe o porquê??? Nada de ilegal foi feito!
Se acha mesmo que há, não fique aqui com ameaças vazias que NINGUÉM leva a sério! Vá VC mesmo e denuncie na FIFA! Duvido que vá! Fala muito e faz nada!
O seu time é o pior exemplo de imoralidades e falcatruas e vc vem querer cagar regras aqui??? Vê se se enxerga, ô homônimo de burrinho mascarado!

Pepe Legal

Outra coisa:
Quem está ameaçando o árbitro da partida?
Será que é Cruzeirense? …ou seria outro grupo de interesse, com medo de ele continuar dando entrevistas?
Digo isso porque até com o Itair e o W.Pires, que fizeram o que fizeram, ninguém encostou nem um dedo.
Ameaça é coisa de bandido, como disse o R9!
Basta saber agora, quais os crimes que os ameaçadores estão acostumados a cometer.
Eu ia dizer que nesse mato tem coelho… mas tenho impressão que o mascote é outro…

Sem Paciência

Se estavam ameaçando o árbitro antes do jogo para ele não dar pênalti a favor do Galo, se houvesse, quem seria??? KKKK
Burro pra caralho! KKKK

Pepe Legal

Sobre a FIFA:
Foi feito. Foi enviado.
Foi montado um dossiê com todas as arbitragens assimétricas e decisões injustificáveis que visivelmente não poderiam configurar erros por imperícia ou falta de condições. Especialmente o modus operandi de “erro seletivo de VAR”.
Vocês notaram a notícia de que a CBF contratou a Sportsradar para tratar disso?
Não é coincidência.
Essas duas organizações também receberam esse dossiê de “erros seletivos, recorrentes e sequenciais” (A maior parte ocorridos nas séries B de 2020 e 2021)
Investigação não é ameaça. É justiça.

Pepe Legal

A manchete é essa aí (Já tá dando fritos no CE e já já chega em MG):
“CBF anuncia contratação de empresa para evitar manipulação de resultados no futebol nacional” – Fonte: GE, Por Jose Eduardo Junqueira Ferraz – 18/02/2022 15h13 Atualizado há 2 semanas
Link:
https://ge.globo.com/blogs/esporte-legal/post/2022/02/18/cbf-anuncia-contratacao-de-empresa-para-evitar-manipulacao-de-resultados-no-futebol-nacional.ghtml

…Ó o sapo na água quente! …

ivan junior

“Mimimimimimimimimimimimimiiiiiiiiiiiimimiiiiiiiiii!!!!!”
Todo mundo zoando sua cara de bunda

Marcilio Vaz

Poxa vida você vai ter que mudar de nome, agora passará a se chamar Sherlock Homes.
Você desvendou todos os planos do Galão de dominar o mundo.
Quem tem costume de ameaçar os outros de morte são os atleticanos, Mitair nunca ameaçou o Bruno Vicentin de morte, quem tem que ser investigado são os conselheiros do Galo por envolvimento em desvios não os santinhos do CSA-MG. A família Perrela é injustiçada quando investigam eles, quem deve ser investigado é a família Menin, eles que colocaram Coca na no helicóptero, na verdade o helicóptero era dos Menins eles clonaram o helicóptero dos Perrela e encheram ele d coca para incriminar os Perrela.
O Galo já comprou a FMF, a CBF, a Comebol e tmb a FIFA, este ano vamos ganhar a Liberta e o Mundial de clubes, claro tudo roubado. O Wagnão é atleticano infiltrado no BBBruzeiro para ferrar com seu clubeco. A o Galo já comprou tmb a Seleção brasileira próximo técnico será Cuca, não gostamos do Tite ele é o culpado de nosso rebaixamento. Quando Cuca assumir ele vai convocar só jogador do galo p seleção, as cores da camisa da seleção vai ser preta e branca vamos mudar até o escudo, isso tudo para ano que vem, aguarde e verá. A seleção vai fazer um amistoso contra uma seleção resto do mundo e adivinha a seleção será os titulares do Galo e o resto do mundo os reservas do Galo. Vc é foda descobriu todo o plano, o galo só não conseguiu ainda comprar a federação inter Galática de futebol, por enquanto.
Eu tmb descobri algo Pepe, vc mora em Barbacena em um dos manicômios da cidade! Kkkkkkkkkk

Sem Paciência

Bom demais! KKKKKKKKKK

Galo Doido New York

Marcilio, vc mandou bem demais. Depois dessa o Pepe vai trocar o nome para Pepe ILEGAL

Teobaldo

Boa, Marcílio Vaz!!!!

Sem Paciência

Qual o número do protocolo pra gente acompanhar, se é que existe?
Como mente… KKKK
Quebrando a cara, DE NOVO! KKKKKKKKKK

Marcilio Vaz

Só posso te dizer uma coisa, fumar esse tanto de oregano logo cedo não faz bem para seu cérebro!

ivan junior

Volta para o Galba Veloso e continua seu tratamento psiquiatrico, pois voce claramente não está bem mentalmente. No mais o choro é livre, a freguesia continua bem como a TREMEDEIRA.

Augusto

Pepe, você tem razão….
Mas vai preso assim mesmo.
Um lembrete :
Time grande não cai, mas quando cai volta logo.

QUE DENOMINPOU AS MARQIS

PEPA IMORAL! ESTÁ DELIRANDO QUERIDA? ESQUECEU DE TOMAR O GARDENAL DE NOVO?

Galo Doido New York

Seu pedido foi de pronto atendido pela FIFA. Virá a BEAGALO investigar o Galo e fará uma paradinha no lado podre, quebrado e errado da lagoa para investigar um tal timeco BBB que comprava juizes inclusive em JOGOS AMISTOSOS.

Bruno

KKKKKKKKKKKKKKKk Interna este cavalo, pepe ilegal kkkkkkkkkkkkkk o cara ta delirando, meu DEUS,o que que o Falidão das Falcatruas faz com as pessoas kkkkkk Isto é caso de interdição kkkkkkkkkkkkkkk

ivan junior

“Precisamos muito de sua ajuda. Precisamos que voce convença o trio de arbitragem para roubar a nosso favor como antigamente”
Gorducho em um centro espirita conversando com a alma penada do FDP do Gayneci queiroz que está queimando nos 5º dos infernos

“Não posso fazer nada. Alem de voces estarem fudidos e falidos eu estou sentado no colo do capeta”
Espirito de porco do Gayneci queiroz fedendo a merda queimada se manifestando no centro espirita da rua Guaicurus

“Filho de uma puta!!”
Gornaldo puto da vida por ver a merda que fez ao comprar a massa falida do Fracassado EC.

Pepe Legal

“A boca fala do que está cheio o coração.” (Lc 6.45)

ivan junior

É verdade, visto o tanto de merda que voce escreve neste espaço alvinegro de alegria.

Marcilio Vaz

Bom dia! É segunda!
Dalai eu coloquei preço no Galo? Tá doido? Quem falou que o Galo vale 4 Bi foi seu companheiro de jornal Jorge Nicola, e é melhor aceitar porque esse cara é bem informado, para mim o Galo vale bem mais, com certeza mais que 10 bilhões!
Com relação ao pênalti sua amiga Janete Mara Arcanjo disse que foi, você agora não gosta mais dela? Nem citou ela, estão brigados? O jogador do BBBruzeiro vai com as travas da chuteira na panturrilha do Hulk e não é pênalti? O árbitro realmente errou em não expulsar o jogador do CSA-MG.
Eu achei a solução para esse complexo do BBBruzeiro de achar que todo mundo é Galo, já que os juízes, a FMF, a CBF, o prefeito, o governador, o presidente, todo mundo é Galo, faz o seguinte muda de país….kkkkkkkk
Agora fala sério o jogo que você viu foi diferente do que eu vi, eu vi o galo começando bem, perdeu até gol que não se perde (na péssima saída do goleiro do BBB), aí o Galo tirou o pé, mas não vi o BBB ameaçar, o galo toma o gol e resolve a jogar, aí massacra o BBB.

ivan junior

Caro Marcilio,

Só a Arena MRV hoje inacabada vale R$ 800 milhões. Imagina quando ela estiver pronta.

Já oas barracões do CSA não passaram de 400 milhoes.

Marcilio Vaz

É Dalai parece que a notícia do Nicola é verdadeira, grupo City ofereceu 1 Bi por 50% do Galo, e foi prontamente recusado. Por esse valor o Galo nem começa a conversar. Vamos pensar que o Galo aceitaria então estaria valendo 2 bom por 100%, quanta diferença pelo valor do CSA-MG. Realme

ivan junior

Segundo as primeiras noticias vinda de especialistas a diretoria do Galo não tem pressa em fazer a SAF e quando fizer não venderá por menos de 3,5 a 4 Bilhões de reais.

wasington

O AMIGO VC ME PARECIA UMA PESSOA SENSATA ATÉ O ULTIMO PARAGRAFAO RONALDO 400 MILHOES +IBILHAO= OPERAÇAO FINAL 1 BILHAO E QUATROCENTOS.
ATLETICO OFECERAM 1BILHAO+1 BILHAO E MEIO DE DÍVIDAS= OPERAÇAO FINAL 2BILHOES E MEIO. EPA SOMEI ERRADO +600 MILHOES DO MENIN+400 DO RICARDO+ 400 DO SALVADOR, OS TRES DA 1BILHAO E 400====AGORA SIM OPERAÇÃO FINAL 2800 BI+1400BI= 4200 BI- TÁ EXPLICADO AGORA PORQUE DO VALOR OU QUER QUE EU DESENHE ACHOU MESMO QUE OS TAIS MECENAS IAM SAIR DE MÃOS ABANANDO . BASTA SOMAR e PENSAR SE É QUE SABE O QUE É ISSO. AH TEM O FILHO DO MENIN TAMBÉM QUANTO SERÁ O DELE, BOA PERGUNTA.

ivan junior

“Nossa!!! A inteligencia desse cidadão ultrapassa o meu QI!!”
Einstein surpreso com a aula de matematica avançada da ronaldete recalcada

“Esse texto entrará para o Livro dos Recordes Mundiais Mais Irrevelantes”
Professor Pasquale ao ler o texto com o maior número de erros gramaticais da Lingua Portuguesa já escrito no Brasil desde 1500

“Agora, finalmente, posso morrer em paz!!”
Rainha Elizabeth, no alto dos seus 358 anos, depois de ler o texto de merda escrito pela ronaldete recalcada

“Nem eu escreveria algo desse nivel”
Machado de Assis depois de ler o texto da sofredora do CSA-MG

“Fique tranquila, ronaldete. A proxima mumia que morrer na ABL a cadeira dela será sua!!”
Presidente da ABL, com 205 anos, garantindo que a ronaldete recalcada terá uma cadeira cativa na ABL

“Obrigada, mas só aceitarei se adaptarem o vibrador do Kid Bengala na cadeira”
Ronaldete recalcada já babando só de pensar no consolo do Bengala

wasington

O AMIGO VC ME PARECIA UMA PESSOA SENSATA ATÉ O ULTIMO PARAGRAFAO RONALDO 400 MILHOES +IBILHAO= OPERAÇAO FINAL 1 BILHAO E QUATROCENTOS.
ATLETICO OFECERAM 1BILHAO+1 BILHAO E MEIO DE DÍVIDAS= OPERAÇAO FINAL 2BILHOES E MEIO. EPA SOMEI ERRADO +600 MILHOES DO MENIN+400 DO RICARDO+ 400 DO SALVADOR, OS TRES DA 1BILHAO E 400====AGORA SIM OPERAÇÃO FINAL 2800 BI+1400BI= 4200 BI- TÁ EXPLICADO AGORA PORQUE DO VALOR OU QUER QUE EU DESENHE ACHOU MESMO QUE OS TAIS MECENAS IAM SAIR DE MÃOS ABANANDO . BASTA SOMAR e PENSAR SE É QUE SABE O QUE É ISSO. AH TEM O FILHO DO MENIN TAMBÉM QUANTO SERÁ O DELE, BOA PERGUNTA.

Atleticano

Tem gente vive no delírio. Melhor deixar quieto.

Marcilio Vaz

Desculpa você está desinformado, se realmente tem interesse vá ao site do clube Atletico Mineiro e verifique o balanço contábil do time aí vera que sua conta está errada. Enfim o galo hj vale 10 vezes mais que o CSA, quando for realmente vendido valerá 20 vezes mais.

Teobaldo

É melhor desenhar, wasington. Escrever, quando se quer fazer entender, é muito difícil…

Marcilio Vaz

O Jorge bom dia amigo! Viu o Dalai não se desculpou com relação ao terreno, mas sentiu o direto na ponta do queixo, os sábios já diziam quem cala consente.
Mas eu disse a tal vaidade não deixaria ele pedir desculpas!

Bernardo

Dalai,
A Central do Apito disse que foi pênalti.
O juiz nem titubeia, ele vê o pênalti, marca na hora sem hesitação e ainda sinaliza para todos os jogadores do Cruzeiro que tentam reclamar que o zagueiro “dá” na perna do Hulk. Nem se houvesse VAR faria diferença.
Pênalti a parte, o jogo foi muito bom, acima da média. O Cruzeiro jogou bem e está de parabéns. Porém o Atlético jogou melhor (pouco melhor) e a vitória foi justa.
Não vi este salto alto que você falou (ao contrário do clássico do ano passado), o Galo levou o jogo a sério do começo ao fim. Sempre procurou mais o gol, e tomou a iniciativa da partida.
Creio que isso seja uma unanimidade entre os comentaristas da imprensa (tirante aqueles declaradamente parciais).

Davi Rodrigues de Souza

“Jogamos de igual para igual” kkkkkkkkkkk Basta ver o numeros da partida
“Futebol vistoso” kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Que opinião mais clubista.
Cruzeiro jogou na retranca por uma bola, o goleiro foi o melhor em campo. 20 finalizações a 7. Mais posse de bola.  GALO quis e mereceu a vitória. Cruzeiro jogou para não perder como time pequeno.
E ele fala de “futebol vistoso e bem arquitetado” kkkkkkkkkkkkkkSão iludidos mesmo, até começar a perder na série B mesmo com este “futebol vistoso” kkkkkkkkkkkkkkk

ivan junior

O CSA mais uma vez escapou de tomar uma goleado historica.

wasington

VAI SONHANDO UM DIA TALVEZ ACONTEÇA JÁ 0 6X1 TA FRESQUINHO NA MEMÓRIA

Marcilio Vaz

Faz seis com a mão que sua tristeza passa. Kkkkkkkkk

ivan junior

Vamos falar então de goleadas, ronaldete:

27/11/1927 – Atlético 9 x 2 Palestra Itália
21/06/1936 – Atlético 6 x 1 Palestra Itália
27/05/1942 – Atlético 6 x 1 Cruzeiro
07/12/1947 – Atlético 6 x 2 Cruzeiro

A goleada de 6×1 do Falido EC foi em 04/12/2011, ou seja, o seu timeco levou, simplesmente, 75 anos para devolver a primeira goleada de 6 que o Galo enfiou nas marias em 1936. Isso sem contar as goleadas de 5 e 4.

No mais o choro é livre, a freguesia continua e a TREMEDEIRA não para.

Janete de Azevedo

Depois de dias felizes sendo paparicada por Nosua Senhora, no mais belo Santuário do mundo, posso dizer-lhes que também não vi pênalti e se tivesse visto, o diria. Não faço disso um cavalo de batalha, por razões óbvias!
A Raposa Imperial das Américas, melhorou o seu futebol e quase entorna o caldo… Ainda nos falta muito, inclusive estabilidade emocional!!!

Augusto

Time grande não cai…….

Jorge

Janete, a quanto tempo! Você voltou com a “raposa imperial das américas”. Senti falta do “frangão d’água azul” também. Seja bem vinda de volta. Vê se nos brinda com mais uma dessas. São ótimas!

Janete de Azevedo

Mui agradecida, Jorge!

Boa noite Janete. quem é Nosua Senhora? Alguém novo ou nova na face da terra?

Janete de Azevedo

NOSSA SENHORA!! O TEXTO MENCIONA O MAIS BELO SANTUÁRIO DO MUNDO!!!
Desculpem: erro de digitação! !

Eu que te peço desculpas pela brincadeira. Abraço.

Rodrigo Valú

Você cita o comentarista que quer. Cansou de falar da Janete, mas como ela disse que foi pênalti, hoje você cita outro.

Galo foi horrível ontem. Errando passes de 1 metro. Nacho não fez nada. Se fosse um time melhor teria feito alguns gols no galo, mas seu time q chega perto da área e isola a bola, conseguiu fazer só 1 gol.

Início do jogo poderíamos ter feito 2 gols fáceis pq seu time é fraco, mas o galo tava horrível.

Hulk já havia tomado a frente do jogador, ele dá carrinho por trás dentro da área, o q o juiz tem a ver com isso? Ele não tem televisão pra repetir lances em câmera lenta. Quem assumiu o risco foi seu jogador.

No mais, cruzeiro é ruim. Tem q melhorar bastante pra subir, pq os times da B são melhores q esses do mineiro, q estão passando sufoco.

José Antonio

Bom dia Sr. Dalai,
como sempre querem criar uma nova regra no futebol: É proibido marcar pênalti a favor do Galo!!!! Isso começou com comentaristas do eixo, que viram no Galo uma potencial ameaça aos seus queridinhos e foi logo aderida pelos rivais de SEGUNDA DIVISÃO do estado…
Basta ver o lance pra ver que o zagueiro do time do Sr. Dalai sequer toca na bola e sim na perna do jogador atleticano… Mas estamos nos acostumando com esse chororô de perdedor… É como diz o ditado: “pior cego é o que não quer enxergar”….
Márcio Rezende de Freitas??? Aquele que deu um título brasileiro pro Corinthians ao não marcar um pênalti escandaloso a favor do Galo na decisão em 99???? Aquele que deu outro título nacional pro mesmo Corinthians ao não marcar um pênalti escandaloso pro Internacional no Tinga e ainda expulsá-lo por “simulação” em 2005????
Realmente ele tem muita credibilidade!!!!
Já que o Sr. Dalai se apoia tanto na opinião dessa gente, porque não escuta o Roger Flores e o André Rizek, duas pessoas assumidamente ante atleticanas que afirmaram que foi pênalti???
O Galo mandou no jogo, criou as melhores chances e era pra ter ganho com facilidade… Mas pro Galo era só mais um jogo de um campeonato sem importância enquanto pra eles era o jogo da vida!!!!
A preocupação desse time deveria ser com o Tuntum, o Galo está em outro nível e disputa outros níveis de torneio…
Estamos incomodando e vamos incomodar muito mais, é melhor já ir se acostumando!!!!
Ah!!!!!!!!! A pergunta de sempre “E O GALO???”, e a resposta de sempre “O GALO GANHOU!!!”…

Manuel Panhame

Não vai se tratar de um pedido de desculpas, mesmo porque eu não ofendi ninguém, sim de um ajuste na consciência, por minha pessoa ter entrado no mato de uma temática desconhecida, desconfortável e desaconselhável a todos os que conhecem o seu lugar, Manuel Panhame se contando entre o número desses… Me refiro ao assunto levantado por mim no “Garimpo”, eu para fazer graça me fazendo passar pelo músico canadense Richard George Manuel, por inteiro incapaz de resistir à tentação da piada, mesmo consciente de que não agia corretamente… Falecido aos 41 anos, em 1986, o gaitista, tecladista e percussionista Manuel não está mais entre nós, há muito já não sendo de nossa laia… Mas ainda não é só isso. A morte por si só já se constituindo matéria dolorosa e carregada de mistério para nós outros, imprópria portanto para se manter associada a brincadeiras não importando qual seja, ela se transforma inquestionavelmente em pavoroso poço de horrenda silhueta se estamos agora às voltas com um suicídio. Richard Manuel se matou, conforme atestam os médicos que o assistiram, ingerindo em excesso substâncias letais… Não redigi este adendo no dia mesmo da publicação porque esperei estoicamente por um “sabão” de algum leitor ou mesmo de nosso anfitrião em seu papo conosco. Repito que não resisti à tentação da piada quando ela me veio à mente. Me contentei e me justifiquei com o propósito de confessar tudo, posteriormente…

De virada é mais gostoso. Especialmente quando a virada acontece no último lance do jogo. Especialmente quando a raiva do adversário, a gente percebendo e calculando, vem insuportável. Especialmente se a virada acontece a partir de um gol de penalty. Fígados em pandarecos. Manuel Panhame é pessoa de maus instintos, deliciada de nascença em presenciar sofrimento de gente que se imagina portadora de sangue azul. Essas pessoas, mal acostumadas ao longo de décadas e décadas, se encontram simplesmente despreparadas para viver a nova estação, onde as arbitragens simplesmente não mais prejudicam acintosa, sistemática e descaradamente o Galo. Uma pena. Vão continuar sofrendo horrores, os fígados em convulsão. Uma pena. Dr Manuel Panhame, o mais que pode fazer é fornecer receita: alcaseltzer. Dá a receita, mas não abre mão da “goleada exemplar a ser aplicada em lombo de guaximim”. Apenas adiou a festa completa.

Galão Querido

Bom dia Cara!
Bom, clássico é um jogo a parte e já afirmo aqui que com este time o Cruzerim vai ficar mais um ano na B!
No meu ponto de vista, a maioria dos jogadores do Maior do Brasil, ainda não entenderam o que é este jogo para a maior torcida de MG, jogam como se fosse um jogo qualquer, falta de concentração danada. Se estivessem focados já estaria 3 x 0 antes de 20 minutos.
Dalai como sempre fica tampando o sol com a peneira, isso aí Dalai, que timaço o time de série B, jogou como nunca!!!!! Não vai subir de novo!!! Tirando o Roque, realmente parece ser acima da média, o resto é mediano pra baixo e para um campeonato longo, é pouco.

Marcilio Vaz

Faltou só o JOGOU COMO NUNCA, PERDEU COMO SEMPRE! kkkkkkkkk

Marcilio Vaz

Jogo foi bem equilibrado:
20 finalizações do Galo x 7 finalizações do BBBruzeiro
9 finalizações certas do Galo x 2 finalizações certas do BBBruzeiro
Parcialidade e vaidae o Dalai tem de sobra.

GALO FORTE

Bom dia!
Boa segunda!
Sobre o pênalti na minha opinião foi corretamente marcado, se você quer levar em consideração a opinião de Marcio rezende também deveria levar em consideração a da Janete.
Pra mim essa central do apito da Globo é uma piada, acompanho futebol há tempos e consigo ter minhas próprias opiniões, me diga: você não ve um toque do seu jogador na panturrilha do Hulk?
Infelizmente ontem mais um torcedor morto por esses bandidos travestidos de torcedores, até quando?
Acho que você foi muito infeliz na sua colocação sobre a não participação do nosso presidente no almoço das diretorias, ( aliás muito bacana a ação do Ronaldo). Dalai, o presidente não participou porque está em viagem a Aparecida do norte, pagando uma promessa pelos títulos conquistados que tanto causam insônia nos Cruzeirenses. Só pra te orientar, uma viagem de cavalo saindo de BH a Aparecida tem que ser programada com meses de antecedência, portanto essa é a razão pela qual ele não esteve presente, espero que se retrate.
Mais uma vitória no clássico, normal, há alguns dias você me disse pra olhar a tabela depois de algumas rodadas, olhei agora,segue o líder.
Boa semana, e uma boa segunda para aqueles que dela não conseguem sair.Forte abraço.

Marcelo Ribeiro de Assis

Bom dia Dalai!
Você diz que a pandemia e o tisuname Wagner/Hermínio/Itair que impediram o Cruzeiro de subir em 3 anos….
Pois lhe digo o contrário, por que, se tivessem a coragem que o Ronaldo esta fazendo agora de realmente cortar na carne e utilizar apenas o orçamento disponível com um trabalho sério por trás, vocês teriam subido no primeiro ano de Serie B.

A verdade foi que vocês não tiveram a coragem e competência para tal, pois, disfarçaram que estavam diminuindo salário, mas a verdade era que a diferença dos salários vocês pagariam depois que subissem a serie B( Só ver os exemplos do goleiro Fábio que gerou uma dividia da mais de 20 Milhões e do zagueiro Maicon, que tinha um gatilho de subir o salário assim que subisse para a Serie A)

Então essa sua idéia é conversar fiada, porque, o Ronaldo com menos recurso que vocês tinham a dois anos esta fazendo um trabalho bem superior ao de vocês nesses últimos dois anos e pela primeira vez vejo o Cruzeiro com condições de realmente lutar para subir para a Serie A, pois, nos dois anos anteriores apenas lutou para não cair para a serie C. Volto a dizer com um orçamento bem inferior ao de vocês nos dois últimos anos mas com uma competência bem maior.

Então esta na hora de você enchergar os fatos corretamente como eles são, pois, suas desculpas são apenas para não aceitar que nos dois anos anteriores foi a incompetência de gestão que manteve o Cruzeiro na Serie B mais temos do que devia.

Chapecoense, América, Avai, Coritiba entre outros nesses anos com um orçamento totalmente inferior ao do Cruzeiro, mesmo o Cruzeiro estando na Serie B, foram mais competentes.

É só admitir o que esta na cara de todos simples assim,.

Ronaldo esta te mostrando isso com menos dinheiro e com mais competência, só não encherga quem não quer.

Marcilio Vaz

Marcelo a VAIDADE CEGA, ele é muito vaidoso! Não vai enxergar.

Teobaldo

Espero estar sendo indicado para “O” Porta dos Fundos e não para “A” porta dos fundos… No mais, é aquele velha máxima: “Meu time ganhou, o juiz é um santo; meu time perdeu, o juiz é um demônio”. Vale também deixar registrada a comoção gerada pelos simpatizantes do CSA-MG por ter perdido de pouco… sensibilizou o mais bruto dos homens, sem dúvida!

Augusto

Prezado Dalai, boa SEGUNDA

Pelo amor de Deus, procure um psicólogo e pare de falar do Galo.
Vá se preocupar com seu time, que realmente tem evoluído.
Outra coisa : citar o Márcio Resende de Freitas como comentarista de arbitragem imparcial, é o mesmo que citar o Rato Simon e José Roberto Wright como honestos.
Todos são safados e deveriam ser banidos de qualquer rede de TV ou rádio séria.
A história do trio não os recomenda.
Quanto ao pênalti, em todo lugar do mundo onde o atacante recebe um calço por trás, deve ser marcada a infração, não acha ?
Só o Márcio Resende CSA não viu.
E finalmente, pau que dá em Chico, pode dar também em Francisco : só pra refrescar suma memória, os campeonatos mineiros de 2014 e 2019 (eta ano danado de bom!) foram roubados descaradamente e só se ouvia dizer : roubado é que bom !
Você também acha ou mudou de opinião ?
Abraço e a cama é um lugar bem quentinho pra chorar.
Último lembrete : time grande não cai, mas quando cai volta logo.

Augusto

E antes que me esqueça….”Uma das seduções do futebol é esta: de vez em quando Davi vence Golias. Dentre várias razões, uma é o salto alto. Não aquele que fica nos pés. O outro, mais perigoso, psicológico, grileiro da cabeça, que também atende por complexo de superioridade. Arrogância. Prepotência. ”
Vocês podem falar de cadeira desse assunto, pois de complexo de superioridade, arrogância e prepotência vocês dão aula.
Viva 08/12/2019! Dia em que a realidade bateu à porta.

QUE DENOMINPOU AS MARQIS

Este Dalai na lama sempre se superando. Incrível como vive fora da realidade. Ele está exagerando na dose de Santo Daime e esquecendo de tomar seus cinco comprimidos de Gardenal por dia. Tem que interditá-lo para ver se para de falar sandices. Primeiro, na maior cara de pau (aliás não a perde e não a abandona hora alguma. É sua maior amiga e companheira de todas as horas.) diz que o tsunami Wagner/Hermínio/Itair arrasou o Cruzeiro. E o cara de pau não colaborou? Estava lá presente o tempo todo e nada fez. Omisso e irresponsável. Nem votar contra a exclusão do Wagner do Cruzeiro foi. Será porque? Segundo, chamar o presidente do Alético de mal educado por não comparecer ao almoço com Ronaldo é picaretagem de mais baixo nível possível. O presidente do Galo está em viagem para Aparecida do Norte. Será que em seus delírios quer que o presidente do Galo esteja em dois lugares ao mesmo tempo? Crie um pouco de vergonha nesta mal fadada cara de pau. Tenha um mínimo de responsabilidade para não publicar asneiras. Afinal a imprensa existe não é para fazer lambanças como as feitas no Cruzeiro quando você estava lá de corpo e alma. Terceiro, o Galo fez ontem (à exceção do começo do primeiro tempo) uma das piores partidas dos últimos anos. Não foi o Cruzeiro que jogou bem não. Foi o Galo que não jogou nada. TUNTUM.

Jorge

Bom dia a todos!

E como previ na semana passada, a resenha da SEGUNDA vai ser animada!

O BBBruzeiro, tentando consolidar sua nova tradição, iniciada a pouco mais de dois anos, de ser um time pequeno, cumpriu todo o script nesse que outrora já foi um grande clássico: além do já tradicional ”jogou como nunca, tremeu como sempre’, jogou também por uma bola, disputou cada jogada como um prato de comida, fez de um jogo que valia pouco uma final de Copa do Mundo, goleiro fingiu e fez cera, como fazem os anões e, é claro, saiu posando de vítima, sem razão, coisa típica de time pequeno.

Ah, mas deram um pênalti para o Galo… Ops, deram não, tá? Cometeram um pênalti, bobíssimo, mas penaltissíssimo! Aliás, quando é que os bbbruzeirenses vão parar de arrumar desculpas para os seus próprios erros? Nunca erram, os erros sempre são dos outros. Ah, coitados! Por isso que estão nesse buraco, sem previsão de retorno.

E eu fiquei de olho na Maria Janete (ou Janete Maria, nunca sei). Queria saber se ela seria Janete (profissional) ou se seria Maria (a torcedora). E ela esperou para ver várias vezes, titubeou, mas, ao final, em nome da sua reputação, teve de confessar: pênalti indiscutível! Depois do jogo, como faz em algumas jogadas específicas, passou um pente fino no lance, buscando alguma coisa para mudar de opinião. Dessa vez não encontrou nada e teve que, contra a sua vontade, reconhecer o óbvio: pênalti claro. Por outro lado, há alguns ‘comentaristas’ que já abriram mão desse negócio de reputação…

E foi divertido ver o PVC na televisão tentando criar uma fake news sobre o pênalti. Foi ridículo e acabou engolido pelo Rizek e, olha só, até pelo Roger Flores! No final, tremeu!!! Kkkkkkkk Para quem não se lembra, o PVC foi aquele que ano passado, atacando de mãe Diná, previu que dos quatro times brasileiros nas quartas de final da Libertadores, passariam três para as semifinais: flamengo, palmeiras e… fluminense. O Galo seria eliminado pelo River Plate porque, segundo ele, ‘seria muita coisa passar os quatro’. Aí o Galo vai e ganha de 3×0 do River. Deve ter ficado com a orelha inchada, coitado… Ontem à noite foi o PVC sendo PVC. Lamentável! Mas me diverti vendo-o gaguejar. Difícil defender o indefensável!!! Só o Dalai, mesmo!

Mas depois da opinião da Maria Janete e o Roger Flores, eu não discuto mais pênalti nem com o Dalai nem com bbbruzeirense algum. Até que tenham a hombridade de reconhecerem ao menos um pênalti (dos que o Dalai chama de estratégicos) contra o BBBruzeiro ou a favor do Atlético. Sim, eu sei que vou esperar sentado.

E nada mostra mais o caráter do fracassado do que arrumar desculpas prévias para o fracasso. Em geral, o fracassado jamais admite erros. Tem desculpa para tudo. Nesse ano, após dominarem a FMF e inventarem final em jogo único, tendo o Galo como único time contra essa bobagem anti-financeira em um campeonato deficitário, preparam a narrativa para justificar o fracasso dizendo que a FMF protege o Galo.

Parece com aquela história de que a culpa da decadência bbbruzeirense foi por causa da pandemia. É como se o trio Wagner/Hermínio/Itair fosse a reencarnação do trio maldito que tanta baixa causou nas hostes bbbruzeirenses num passado remoto. Parece que foram atleticanos que gritavam nas arquibancadas pelo ‘Mitair’. Parece que foram eles que elegeram e nomearam esse povo. Parece que foram eles, os atleticanos, que bancaram o presidente do Conselho Deliberativo do clube do bbbarro preto. Quem destruiu o BBBruzeiro foi os bbbruzeirentes ‘ilustres’, mas a culpa foi da pandemia. Isso mesmo, bbbruzeirenses, continuem assim! Sempre haverá uma desculpa pronta para abafar o seu fracasso.

Mas como prática e discurso não andam juntos com essas pessoas, elas poderiam se juntar novamente com os demais times pequenos na FMF e mudar mais uma vez o regulamento do campeonato. É só colocar mais um singelo artigo nele: “Fica proibido marcar pênalti para o Atlético”. Pronto, resolvido!

E eu fico pensando como o destino tem sido cruel com o BBBruzeiro como castigo pela sua vaidade, arrogância, soberba e presunção. Alguns acham que a crueldade maior que poderia haver seria uma goleada implacável. Seria sim uma grande humilhação. Mas o que seria ‘mais uma’ humilhação para quem já coleciona tantas? Muito mais cruel é deixar germinar a esperança e vê-la escorrer pelos dedos nos últimos minutos. Como castigo por choramingar pênaltis sem motivo, cometeram um pênalti bobo e assim puderam passar vergonha de reclamar e espernear por uma marcação clara, coisa típica de times pequenos, com síndrome de injustiçados. E pior, depois de fazerem cera para segurar o jogo, tomarem um gol na última volta do ponteiro e ainda quererem que o árbitro desse mais tempo para eles virarem a partida. kkkkkk. É muita crueldade do destino! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

A propósito, até onde entendi fazendo leitura labial, foi assim o diálogo da reclamação dos bbbruzeirenses no final do jogo: “Mas ‘seu juiz’ por que oito minutos de acréscimo?” “Uai, mas você não viu a cera do seu goleiro?” “Mas ‘seu juiz’ você não ia dar mais um minuto?” “E dei. Foram 54 segundos a mais”. “Mas ‘seu juiz’ 54 segundos não é um minuto…”. “Cara, o goleiro bbbruzeirense faz cera por cinco minutos e agora você quer discutir 6 segundos? Ok. Vou pedir para mudar a placa de acréscimo para colocar segundos também, da próxima vez informo o acréscimo de oito minutos e cinquenta segundos, tá bom?” “Mas ‘seu juiz’…”

E o treineiro do time do bbbarro preto, hein? Foi reclamar de coisa que ele supunha errada, fazendo o errado, afinal estava suspenso e não poderia entrar dentro de campo. Reclamou de tudo, deu entrevista que não poderia e para os bbbruzeirenses, tudo normal a sua atitude. O errado é o certo quando se trata de bbbruzeirense. Como disse o Dalai, o treinador está aprovado!

E não deixa de chamar a atenção que ele já está plenamente adaptado ao novo time. Já projeta novo jogo na final do campeonato contra o Galo. Ops, péra lá! O Galo está classificado para as semifinais, mas precisa jogá-la antes. No Galo não tem esse negócio de ganhar de véspera. Quarta-feira do Goulart, aqui não! Mas o BBBruzeiro ainda nem se classificou para as semifinais e já está pensando na final? A semifinal (se classificar) será apenas para cumprir tabela? Depois reclamam quando falamos da vaidade, arrogância, soberba e presunção. Taí (mais uma) prova.

E agora uma reflexão sobre a violência relacionada aos jogos de futebol. Vamos esperar agora a manifestação do dono do BBBruzeiro que, em nome da paz, convidou a diretoria do Galo para almoço no dia do jogo entre os dois times. Ou ele, como dono que é do clube, vai dar um pito nos seus funcionários e dizer que a reclamação não procede e que o pênalti foi legítimo ou, contra a sua brilhante carreira de sucesso como jogador, vai agora aderir à fracassomania e ficar também de chororô. Nesse caso que moral tem para falar de paz nos estádios se também não souber perder e precisar jogar a culpa em terceiros, instilando ódio entre os torcedores? Se dirigentes, jogadores e comissão técnica não sabem perder com dignidade, porque o torcedor comum deveria saber? Afinal, quem são os grandes responsáveis pelo ódio que permeia o futebol?

E o que dizer do treinador adversário que entra violentamente num lugar que não poderia estar para confrontar o árbitro? Que moral tem os moralistas para criticar torcedor que invade o campo de jogo? Entra onde não poderia estar, distorce fatos, joga para a torcida, instila o ódio, no que é seguido pelos (ir)responsáveis pelo clube (ainda não ouvi a versão do Ronaldo). Depois falam de violência no futebol… Sempre que essa violência acontece, hipócritas aparecem para dar lição de moral. Mas não olham para o próprio rabo e se perguntam o que têm feito para instilar o ódio.

As manifestações sem noção na porta da FMF (quando deveriam acontecer na porta do clube que foi expropriado por dirigentes corruptos e outros omissos), a narrativa de ‘time injustiçado’ se presta a quê? A instilar o ódio e a provocar a violência. São tão culpados quanto o retardado que vai para as ruas matar ou morrer. Esses ainda, menos culpados, pois vítimas da hipocrisia de ‘gente de bem’ que instila o ódio e não sabe reconhecer a derrota.

Discutir um pênalti indiscutível como um de ontem é o fermento para ações de ódio que irão explodir num próximo jogo. Acusar o presidente do clube adversário de “má educada ausência” a almoço promovido pelo dono do seu clube quando é sabido e anunciado muito antes do convite que ele estaria ausente de Belo Horizonte é má-fé e jogo sujo para a torcida. Instila raiva, ódio e depois, descamba para a violência.

Para um futebol mais sadio, precisamos de menos hipocrisia e mais respeito ao adversário. E menos teorias da conspiração para justificar o fracasso. E sobretudo, aprender a perder com dignidade. Aprender a parar de procurar culpados pelo nosso próprio fracasso. A mentira que espalha cizânia entre os torcedores promovida por gente que tem o poder de atingir milhares de torcedores é a principal culpada por chegarmos aonde estamos.

Fica a dica para reflexão. Mas, infelizmente, tal qual a violência, não vai dar em nada e continuar da mesma forma. Pelo menos que fique registrado que as mãos de quem espalha a mentira e a discórdia também estão sujas de sangue.

Fala Zezé

Chororô da SÉRIE B começou!!!!!!!!!!!!!!!! Mais um ano na fila…..

ivan junior

O CSA está no caminho certo para a conquista do Tetra-reBaixamento na serie B.

“É TETRA…..É TETRA…..”
Galvao FDP Bueno treinando seu antigo bordão para narrar ao final da serie B 2022 para a conquista do tetra do CSA

“O Atletico não jogou tudo o que pode no jogo contra o CSA, mas forçando um pouquinho fez 2 gols em 10 minutos. Já o CSA foi ao seu limite (chegou a botar as hemorroidas para fora) e perdeu como sempre. Imagina quando for enfrentar a rola dura da serie B!! Não vai subir mesmo!!”
Juca Kfouri analisando o jogo do Supercampeão Atletico contra o supercaloteiro CSA

“Agora com o ronaldo a gente sobe!!”
Luciana da casa, a bixinha histerica do canal cuzeirosports sonhando e dando

“Subir com o ronaldo?? O cara está pesando 7 arrobas!! É mais facil cair para a serie C!”
Presidente Jair Bolsonaro zoando as ronaldetes

“Estou esperando de pau duro desde 2020 a queda do outrora Falido EC (hoje CSA/MG) para que eu possa fuder este cuzinho como a serie B está fudendo desde 2020”
Serie C de pau durissimo babando de vontade de fuder o CSA/MG

“A minha tristeza é que quando esta merda vier morar comigo não terá nem mesmo as hemorroidas quanto mais cu!!”
Serie D já desolada em saber que não comerá o cu arrombado do CSA/MG

“É, não vai ter jeito. Teremos de criar a serie E”
Presidente da CBF ao constatar que devido ao fracasso retumbante do CSA e sua queda livre sem fim a serie D não é o fundo do poço para as ronaldetes

“VAI TOMAR NO CU!!”
Gornaldo imitando o véio desbocado do you tube totalmente arrependido e falido depois de ter feito a merda de comprar a massa falida do CSA

“Se o Gorducho tivesse comunicado a polícia, nada disso teria acontecido”
Advogados do Banha de porco sobre a compra da massa falida azul fudida

“Ihhh….fudeu!!”
Costinha morrendo de rir do CSA/MG

Rei Melo

Dalai.. como ja foi falado sobre esse torneio fajuto feito pela construtora e conchavo com a galinhada que comanda a tal federação logico que seria assim. e olha tende a piorar e muito se formos a uma possível final.´
nunca no futebol mundial um time é favorecido por penaltys como esta sendo o MRV.
Chega a ser incrível… ontem foi exagerado.
O mais certo o time sair do campeonato .. tipo largar para lá essa merda.. abrir mão da vaga na semifinal como fez ano passado. pensar em outra coisa.
O tornei feito por um monte de galinhas tem qual valor? essa federação é a cara da foto que o Sr publicou dias atras. um monte de galinhas frustradas.
Ou seja ganhou roubado. vai ganhar roubado.
O mais interessante é … e se não tivesse a federação e os juízes corruptos e safados ajudando o time da MRV?
Dalai aguarde .. na final veremos o maior roubo do futebol mundial, se precisar o tal juiz escolhido a dedo pelas galinhas de terno usara o Var.. os bandeiras , o Putim.. ou qualquer coisa para marcar se possível uns 18 penaltys no jogo, isso pq o Cruzeiro infelizmente vai jogar e ser vitima dessa palhaçada . por mim nem jogaria a semifinal.
No campo e time do super heroi falastrão não ganha, se não tiver penalty isso é claro, a tal galinhada , nunca vai deixar o time que sustente a corja de milho e ração perder.
Ou seja campeonato de merda , feito por gente de merda e comemorado por gente de merda.
Tomara que após o roubo explicito que sera na final o Cruzeiro se desligue dessa federação. e siga seu caminho sem participar de torneios igados a essa galinhada safada que usa de tudo para não ter competitividade e comemorar um torneio ganho ROUBADO NA CARA DE PAU. aSSIM COMO FAZEM NO BRASIL .. ROUBAM E NAO DÁ NADA.. VIDE O PROPRIO CRUZEIRO…
Perder é normal. faz parte do qualquer jogo , mas o que essa galinhada sem escrupulos esta fazendo nesse torneio por anos chega a ser ridículo…
NÃO PARTICIPAR DESTE TORNEIO DA GRANJA FMF SERA UMA HONRA PARA O CLUBE …

Leonardo Mello

Aí cidadão lembra de um tal Benecy Queiroz? Lembra de um tal de Perrela “ganhar roubado é melhor?
Pois é.

Galo Doido New York

O Rei Melo pegou o PINTO hoje e agazalhou completamente. Rei Melo diz aí: O PINTO do GALO e muito gostoso?

Jorge

“abrir mão da vaga na semifinal como fez ano passado.”

Eis aí o lado cômico de um sujeito raivoso. Boa Rei Melo! Melhor rir do que chorar. Mas pode continuar chorando.

Sem Paciência

Saudade de vc, Gordaço! KKKK
Sempre com contribuições educadas e coerentes! KKKKKKKKKK
Se estiver se sentindo assim, pede pra cagar e sai! KKK
Faltou vc falar dos maiores merdas, aqueles que ficam no chororó depois de mais uma derrota! KKKKKKKKKK
Chora, mariada! KKKKKKKKKK

Marcilio Vaz

Pera ai? já classificou para a semifinal? O povinho vaidoso prefere falar que ano passado o time não quis se classificar do que assumir a verdade, o time ridículo que tinham. Outra coisa, viu qual jogo o MAria? Não foi o memo que eu te garanto, pega o scout do jogo e verá a realidade. O Galo comprou até Reger FLores que disse que era penalti.kkkkkk,

Augusto

Você está na mesma linha do Tom Cavalcante, Chico Anísio e Jô Soares.
Como torcedor do CSA, você se revelou um ótimo comediante.
Parabéns.
E lembre-se sempre : time grande não cai, mas quando cai sobe rápido.

Bruno

kkkkkkk FICA TITE NÃO MARIA, FICA TITE NÃO kkkkkkkkkk Olha o coração, cuidado ou pode infartar kkkkkkkkkkkkkk

Teobaldo

Às 11h da SEGUNDA, apenas a jaBETH de Azevedo para defender, timidamente (talvez por vergonha), as cores (desbotadas) do CSA-MG. E a turma de simpatizantes reclama que no Quintal dos Atleticanos só tem Atleticanos… vá entender!!!

Jorge

Em resposta ao assunto do terreno do Galo em Lourdes e da fake news lançada pelo Dalai sobre ele, fiz um histórico do assunto ontem e trouxe dados REAIS do processo de Retrocessão do terreno pelo Galo, com a finalidade de terminar com essa discussão. Esperava, sinceramente, que o Dalai fizesse um ‘mea culpa’ e reconhecesse seu erro e a difamação cometida contra tantas pessoas. O seu silêncio também foi uma resposta. Uma lamentável resposta. Não vou falar mais sobre isso, pois o silêncio do Dalai, tal como se faz quando se lança uma fake news insustentável, já falou mais do que qualquer palavra.

Porém, para corrigir eventuais erros detectados após a publicação (e deixar diversos outros que não consegui ver), estou publicando novamente o texto, não na esperança de uma resposta. Esta já foi dada com o silêncio do Dalai. Mas para deixar registrado a resistência contra a mentira, a difamação e os efeitos adversos causados pela inveja, pelo despeito, pela amargura e pelo ressentimento.

TEXTO REPUBLICADO COM CORREÇÕES

Muito bem, vamos tratar agora do tema do terreno do Galo em Lourdes que tanto mal faz ao Dalai a ponto de ele ter desenvolvido uma fake news que já dura praticamente um ano e meio. Como eu não gosto de coisa mal resolvida e menos ainda de difamação, resolvi fazer um histórico desse assunto para clarear as coisas e demonstrar o que a inveja, o despeito, o ressentimento e a amargura estão fazendo com os bbbruzeirenses, Dalai incluso.

Essa fake news começou quando, ao final de 2020, os sonhos delirantes de grandeza não se confirmaram e o BBBruzeiro, ao invés de subir para a série A, lutou desesperadamente para não parar na série C. A raiva, o rancor, o despeito, a inveja são péssimos companheiros, e pior ainda quando ocorre a explosiva junção do fracasso com a vaidade, a presunção, a arrogância e a soberba. Foi nesse contexto, inspirado nos ‘nobres sentimentos natalinos’, que em 25/12/2020 um tal de Antonio Tonidandel despejou toda a sua amargura em um comentário aqui no Quintal. Veja o nível da criatura:

“Nosso rival, pra ñ falir, deu um prejuízo enorme ao Município. Venderam-lhe o campo e depois o retomaram. Deveriam entregar o q lhes resta no Diamond e pedir perdão ao povo de BH! De vários anos pra cá, quem os abastece, das duas uma: tem pé de dinheiro, ou, faturou muito em contratos com governos. Tudo sob o manto da legalidade, óbvio!”

Observem como a inveja, o despeito, a amargura, o ressentimento ferido gotejam em cada palavra escrita. Lamentável sob todos os aspectos. Porém, o Dalai, como juiz aposentado, conhecedor das coisas do Direito e tendo todas as ferramentas para conhecê-las, caso quisesse, poderia, até em nome da civilidade, da ética e da verdade, colocar as coisas nos seus devidos lugares. Porém, ao contrário, aprovou e incentivou o comentário de seu correligionário nos seguintes termos (coluna de 26/12/2020):

“Antônio Tonidandel recordou ontem, neste QUINTAL, a maracutaia que foi a venda por duas vezes do estádio de Lourdes. Aproveitando que o governador Hélio Garcia era atleticano, entraram com uma ação de retrocessão (usada quando o expropriante não cumpre o objetivo da desapropriação, o que não era o caso). O Estado não se defendeu como deveria e o terreno voltou às mãos do Atlético, que o vendeu de novo. Um absurdo!”

Sim, Dalai. Um absurdo o que VOCÊ fez! Acusou o governador por uma questão entre o Município de Belo Horizonte e o Atlético e, indiretamente, acusou os procuradores (estaduais ou municipais, Dalai?) e advogados contratados, incumbidos do processo, de não defender o ‘Estado’ como deveria.

Lamentável, lamentável, lamentável.

Ali, naquela crônica, o Dalai repercutiu a inveja, o despeito, a amargura e o ressentimento ferido de seu correligionário ao invés de contar a história verdadeira. Depois disso, o Dalai foi informado em diversos comentários dos termos corretos em que se deu a Ação de Retrocessão promovida pelo Atlético, mas, mesmo assim, preferiu insistir no erro, escrevendo na coluna de 27/12/2020 o seguinte:

“O tema da venda, por duas vezes, do campo do Atlético em Lourdes voltou à tona pelos comentaristas deste QUINTAL. Alguns não acreditam. Outros dizem que o Atlético teve de fazer empréstimo pra pagar a Prefeitura na “recompra” do terreno. Nada disto. Como já informado, graças a determinação extraoficial do então governador Hélio Garcia, o Estado não se defendeu devidamente na Ação de Retrocessão ajuizada pelo Atlético e o Clube, injustamente, recuperou o terreno, sem qualquer ônus. Logo em seguida, pôde vendê-lo de novo, desta vez ao grupo que construiu o Diamond. Maracutaia das grossas, com o dinheiro público”.

Novamente aqui, e obstinadamente, o Dalai mantém a sua GRAVE acusação e a explicita ao afirmar textualmente que “graças a determinação extraoficial do então governador Hélio Garcia, o Estado não se defendeu devidamente na Ação de Retrocessão ajuizada pelo Atlético”. E faz nova acusação, agora ao Atlético, de que ele “recuperou o terreno, sem qualquer ônus”, quando é sabido que o Clube, como seria óbvio, teve de devolver o dinheiro recebido com os juros e correção monetária legais. E resumiu suas acusações como “maracutaia das grossas, com o dinheiro público”.

É lamentável como o sentimento de inveja, despeito, amargura e ressentimento levam uma pessoa aparentemente de bom senso a cometer tanta injúria e difamação como nesse caso do Dalai. O clubismo aqui falou mais alto do que a Ética e o Respeito alheio.

Dizem que uma fake news quando é lançada, jamais é debatida com seriedade pois não dá para sustentar os seus termos. Quando começa a ser combatida, lança-se outra e segue-se o caminho da desinformação e da desconstrução do desafeto através do jogo sujo da mentira e da difamação. Porém o Dalai tenta, há um ano e meio, manter heroicamente uma fake news que não consegue parar em pé. Como já disse antes, ele deveria ter sido interpelado judicialmente a comprovar suas falas ou então se retratar, uma vez que mesmo exposto à verdade dos fatos continua obstinado defendendo o indefensável.

No entanto, agora, parece que desconfia das besteiras afirmadas e das consequências nefastas que podem surgir dessa sua fala irresponsável, e assim, tenta dar um basta no caso e deixar o ‘dito pelo não dito’. Porém, sem admitir que não foi correto e que faltou com a verdade sobre o assunto. Não, Dalai. Não dá para deixar do tamanho que está. Se quer mesmo parar de falar sobre o assunto precisa reconhecer o erro antes disso. No entanto, bem ao contrário, agora o Dalai reformula os temos da sua acusação, dizendo o seguinte:

“Tudo começou nos anos 60 (…) o Atlético já não sabia mais o que fazer ante a avalanche de dívidas” (…) foi quando a força política do Clube entrou em cena e achou a inspirada solução: “desapropriação” do terreno, pela Prefeitura (…) com generosa avaliação e tarja de ‘urgência’ (…) negócio de pai pra filho”.

Aqui há mistura de fatos com opiniões. Sim, o Galo, que possuía muitas dívidas no final da década de 60, possuía também um estádio em desuso após o advento do Independência e, depois, do Mineirão. Interessava a ele a venda ou desapropriação. A ‘generosa’ avaliação e a tarja de ‘urgência’, além do negócio de ‘pai para filho’ ficam na conta do Dalai e dos demais despeitados bbbruzeirenses. “A inveja é uma merda”. By Riascos.

Mas até aí é questão de opinião e é melhor deixar que eles expressem a deles, apesar de escorrer a inveja e o despeito pelo canto da boca. Mas não deixa de ser relevante que, após condenar a desapropriação realizada pelo município de BH do campo do Atlético, o Dalai confesse que o time do bbbarro preto, sempre tentando copiar o Galo, tentou fazer o mesmo com a sua sede e não conseguiu. Ou seja, é condenável quando outro faz, mas justificável quando a gente tenta. Coisas do Dalai. Talvez ele tenha se esquecido de que sobre o campo do Atlético não pesava qualquer ônus, podendo ser desapropriado, enquanto a sede do bbbarro preto está toda comprometida com o pagamento de dívida tributária várias vezes superior ao seu valor. Essa é a explicação porque não conseguiram fazer a desapropriação pretendida.

E continua a reformulada versão do Dalai: “Lá atrás, escolheu-se a dedo a causa da ‘desapropriação’, que poderia ter qualquer finalidade ou utilidade pública ou interesse social (…) porém, optou-se por aquela que nunca havia sido falada antes, nem seria depois: construção, ali, da nova sede da Prefeitura(…). Aqui o Dalai se supera. Já imaginando uma ação de retrocessão futura, o Atlético, em conluio com a prefeitura, teria escolhido uma finalidade para a desapropriação que não iria acontecer e, assim, permitir que o Atlético pudesse reaver no futuro o terreno desapropriado. Não sei quem é o mais genial dessa história, se a diretoria do Atlético que arquitetou, nesses detalhes, a proposta ou se o Dalai que elucubrou essa hipótese maluca. Sinceramente, Dalai. Tá escorrendo um caldo grosso pelo canto da boca. Para que tá feio!

Pois bem, ainda na versão dalaiana, “Saindo da UTI financeira, o Atlético passou não apenas a respirar sem os aparelhos como também teve recursos para reestruturar tão bem o seu time (…) que se sagrou campeão brasileiro (1970) (…) Aí, O presidente do Clube, Nelson Campos, não teve dúvida: foi ao governador Rondon Pacheco e pediu, como presente pelo título, o estádio de volta. “O presente só custa CR$ 3 milhões” disse ele, em frase reproduzida na época por toda a imprensa esportiva. Um dos destaques foi a manchete da revista Placar: “ATLÉTICO QUER DE GRAÇA O QUE VENDEU CARO”.

Novamente o Dalai ataca com as suas meias verdades, mas sem a honestidade intelectual de complementar o fato narrado para não ficar dúvidas. É verdade sim que o Galo, campeão brasileiro de 1971, ‘jogou o verde’ e levou ao governador o pedido para ter o estádio de volta. É verdade também que a imprensa ironizou o pedido Atleticano. Mas porque o Dalai não conta toda a história e diz que o pedido não deu em nada porque era apenas um blefe informal que, por óbvio, não ‘colou’? Por que o Dalai não conta que o governador NÃO CONCEDEU O PEDIDO ATLETICANO? Por que Dalai?

Considerando o que ele escreveu lá no começo, um ano e meio atrás, e o que escreve agora, observa-se uma tentativa de correção de percurso, porém sem, em nenhum momento, reconhecer o absurdo das suas acusações. No entanto, agora vamos destrinchar o assunto para jogar a luz sobre ele e demonstrar todas as distorções e mentiras absurdas contadas pelo Dalai.

Em primeiro lugar, a Ação de Retrocessão promovida pelo Atlético foi contra o município de Belo Horizonte. Assim, já se desqualifica a primeira ‘acusação’ do Dalai de que “graças a determinação extraoficial do então governador Hélio Garcia, o Estado não se defendeu devidamente na Ação de Retrocessão ajuizada pelo Atlético”.

Bom, agora, na atual coluna, o Dalai diz que Hélio Garcia foi ‘também prefeito de Belo Horizonte’, como que tentando corrigir sua acusação. De fato, Hélio Garcia, então vice-governador do Estado, foi também prefeito biônico de Belo Horizonte no período de abril/83 a agosto/ 84.

E só para trazer luz aos fatos: a Ação de Retrocessão do Atlético contra o município foi protocolada em 1978, portanto, CINCO ANOS antes do senhor Hélio Garcia se tornar prefeito de BH. A referida ação foi julgada IMPROCEDENTE em primeiro grau pelo Juízo de Vara Cível de Belo Horizonte, o que também desmonta a tese dalaiana de que “o ‘Estado’ não se defendeu como deveria”, primeiro porque não foi o Estado, mas o município de BH, segundo porque a tese do município foi provida em primeira instância pelo Judiciário, demonstrando que o município de BH e o seu corpo jurídico agiu de todas as formas para tentar manter a desapropriação que fora realizada.

Pois bem, a Ação de Retrocessão do terreno foi então para a SEGUNDA instância [nessa instância o BBBruzeiro vive perdendo, eh sina… (comentário ‘en passant’)], na qual o jogo virou a favor do Atlético. E o recurso apresentado foi provido, tendo o TJMG decidido definitivamente pela procedência da ação em 05.09.1985, através do julgamento dos Embargos infringentes cujo resultado foi 3×2 a favor do Atlético.

Pois bem, considerando que o governador na época era de fato o sr. Hélio Garcia (governador de agosto de 1984 a março de 1987), mas que a Ação era contra o município de BH e não contra o Estado, o Governador não tinha qualquer poder de influenciar FORMALMENTE no curso da defesa da Ação, podendo, no máximo, considerando o seu poder como governador, exercer alguma influência deletéria diretamente junto aos Meritíssimos Desembargadores que julgaram a ação. Mas aí a coisa fica mais feia ainda! Dalai, no seu tempo de Juiz, os governadores e outras autoridades influenciavam as decisões judiciais dos desembargadores? Se não, como foi que o Governador atuou “extraoficialmente” para o “Estado” não se defender devidamente na Ação de Retrocessão ajuizada pelo Atlético?

Apesar da fake news de que não houve defesa por parte do Poder Público (municipal, tá Dalai?), o placar do Recurso no TJMG, após o julgamento dos Embargos apresentados pelo Município, foi de 3×2 a favor do Atlético. Ou seja, uma decisão apertada, que denota que o Município tentou, de todas as formas, se defender e chegou até a convencer dois Desembargadores de suas pretensões.

Ora, será que o Dalai vai agora colocar em dúvida os votos de seus ex-colegas? Ou será que eles votaram de acordo com a convicção de cada um? O ‘jus sperniandi’ é direito do perdedor, mas não há direito em colocar em dúvida o profissionalismo, o caráter e a ética de quem trabalhou na demanda. As acusações do Dalai são muito sérias e é um claro exemplo de difamação.

E buscando maiores informações sobre o julgamento, ficamos sabendo que o Desembargador que divergiu da maioria e foi acompanhado em seu voto por outro colega, considerou que “desde que ao imóvel tenha sido dado o destino de interesse público e não desviado para atender a interesse particular, não se justifica o direito de requisição (…) o mesmo ocorrendo com a demora na realização das obras ou a utilização apenas parcial da área desapropriada”. E, portanto, “descabe o pedido de retrocessão, não havendo prazo algum previsto para a aplicação do bem à finalidade da expropriação”.

Consta também que afirmou: “tendo sido exaustivamente comprovada a utilização no interesse da coletividade do imóvel expropriado, através de farta e séria documentação oferecida com os embargos infringentes (…) com efeito, ficou demonstrado que na área se construiu um “CAMPO DE LAZER” (…) o qual é frequentado por milhares de pessoas, mensalmente, como se vê de dados estatísticos. E concluiu: “Essa construção, iniciada ou concluída após a propositura da presente ação, não caracteriza a figura processual de ATENTADO pois (…) não há na lei desapropriatória prazo fixado para a sua realização.”

Ora, no voto vencido do Desembargador podemos observar duas coisas. Primeiro que o embasamento de seu voto foi por ter ‘sido exaustivamente comprovada a utilização no interesse da coletividade do imóvel (…) através de farta e séria documentação oferecida com os embargos infringentes’. Ou seja, O MUNICÍPIO DE BELO HORIZONTE PROCUROU DE TODAS AS FORMAS DEFENDER A DESAPROPRIAÇÃO FEITA, O QUE LEVOU INCLUSIVE A INFLUENCIAR OS VOTOS VENCIDOS (tá, Dalai?).

Segunda coisa, o Atlético argumentava, como de fato aconteceu, que as “obras” no terreno desapropriado foram feitas 10 anos após a desapropriação e dois anos após o ingresso da Ação de Retrocessão, ou seja, trata-se de uma obra realizada como tentativa da Prefeitura de justificar a desapropriação e de defendê-la a todo custo, ao contrário do que afirmou o Dalai.

A esse respeito, o ilustre Desembargador vencido afirmou que, como “não há prazo fixado na lei desapropriatória para realizar as construções e dar uso ao bem expropriado, indiferente se tais construções ocorreram apenas APÓS o ingresso da Ação de Retrocessão”.

Ora, com todo o respeito ao Meritíssimo, o seu entendimento leva à conclusão lógica de que não há, jamais, possibilidade de qualquer Ação de Retrocessão vingar no direito pátrio, uma vez que, sempre que ela for proposta, bastaria ao Poder Público que foi omisso, mesmo por anos ou décadas, começar qualquer obra e dar ao espaço desapropriado destinação qualquer, mesmo que nada tenha sido feito anteriormente. É claro que fica difícil defender essa tese que permite ao Poder Público desapropriar o particular sem justa causa e, se questionado, e apenas se questionado, promover alguma obra APÓS o questionamento simplesmente para justificar os seus atos e a sua omissão.

Porém, essa tese, insustentável, diga-se, não vingou. Os outros três votos nos Embargos apresentados trouxeram o Bom Senso e a Justiça de volta.

Em primeiro lugar, foi mantida por TODOS os cinco Desembargadores a afirmação é que não havia qualquer rigidez no uso do bem desapropriado pelo Poder Público, bastando atender utilidade ou necessidade pública. Esta afirmação contida nos votos vencedores joga por terra também o argumento do Dalai de que se exigia a construção da sede da prefeitura no terreno para que a desapropriação fosse mantida. ISSO NÃO É VERDADE, TÁ DALAI? Bastava que tivesse sido dada qualquer utilidade pública verdadeira e não um engodo APÓS a Ação de Retrocessão com a finalidade de ENGANAR a Justiça.

Veja o que disse um dos Desembargadores em seu voto vencedor: “A compreensão agora é que deve ser dado à coisa fim de utilidade ou necessidade pública, não importando que seja necessariamente o mencionado no ato expropriatório. Deu-se, assim, mais flexibilidade ao Poder Público, que pode atribuir outra destinação, desde que compreendida nos requisitos mencionados”.

Porém, atendo-se aos fatos trazidos aos Autos, o ilustre Desembargador afirma também: “Em verdade, o que vejo é uma cobertura asfáltica e algumas listas demarcatórias de uma improvisada praça de esportes. Não é só. Tudo foi feito após o ajuizamento desta ação, despachada a 01.09.78. (…) “Os recortes de jornais provam a prática de atentado e demonstram que à época da distribuição do feito nada havia sido construído no imóvel”. (…) “Julgo que a E. [município BH], pressionada pela entrada na justiça, fez obras mínimas, de todo incompatível com a valorização do local, apenas para opor-se à retrocessão pretendida”. (…) “Outra seria a realidade se os trabalhos tivessem a grandiosidade anunciada. Elas me parecem improvisadas e de mero pretexto, data vênia. Não é em realizações desta natureza que se justifica a retirada do domínio privado. Esta cidade tem inúmeros terrenos públicos ou particulares abandonados que se aproveitam para campos de futebol. Quando foi proposta esta ação, já decorrera o prazo para a utilização da gleba. Sob estes fundamentos, rejeito os embargos”. O seu voto foi seguido na íntegra por outro Desembargador.

O desempate da questão veio no voto do quinto Desembargador que assim afirmou: “Segundo registrou o “Estado de Minas” (…) a situação era insustentável [após a desapropriação]. O velho Estádio Antônio Carlos (…) ‘virou quebra-galho para tudo’, enfeiando o bairro e poluindo visualmente toda a região, com desvirtuamento do propósito inicial”.

Aqui, consta dos Autos que o Município tentou vender o terreno desapropriado para terceiros (!), ação interrompida por notificação judicial de “associados do Recorrido”, tendo sido, logo após esse absurdo, objeto de parecer do Advogado Geral do Estado que alertou para a incorreção do procedimento administrativo.

E continuou o Desembargador: “Somente dez (10) anos após a expropriação (…) e dois após o ajuizamento da causa, a Municipalidade houve por bem inaugurar o denominado “Campo de Lazer”, depois de realizar obras de pequena expressão no imóvel”.

E a surra foi boa, continuou ele: “Depois de descumprir a lei e demonstrar-lhe pouco apreço (…) advertida, aconselhada e tendo contra si em Juízo a presente ação, despertou a Municipalidade, fazendo inaugurar o referido “Campo de Lazer”, de méritos discutíveis em uma cidade do porte e da beleza desta querida e amada Belo Horizonte, da qual todos temos justificado orgulho”. Tomou?!!!

E para manter a goleada, continuou: Evidencia-se a mais não poder (…) que as obras realizadas no terreno, quando já decorrido o prazo para a sua utilização, mínimas e incompatíveis com a valorização do imóvel, tiveram por objetivo opor-se à retrocessão ajuizada.”

Não tirando o pé, manteve a surra: “Tenho para mim que seria de questionar-se até se o saudoso estádio, nacionalmente conhecido como o “Campo do Atlético”, hoje não estaria prestando maiores benefícios à comunidade, como ponto de convergência social e sobretudo, pela facilidade do acesso, como centro de lazer de uma população reconhecidamente aparte e identificada com o esporte que nele se praticava”.

E para concluir o “7×1’, afirmou: “Em suma, tenho por não justificada a ocupação de área expropriada. E, consoante já se afirmou, se não se dá ao bem expropriado uma destinação compatível com a necessidade, a utilidade pública ou interesse social, cessa a razão do ato administrativo, voltando a imperar a soberania do direito de propriedade, contra o qual somente prevalece o superior interesse da coletividade”.

Inconformado com o resultado do TJMG, o Município de Belo Horizonte entrou com Recurso Ordinário no STF que sequer foi conhecido por decisão unânime daquele Tribunal. Um dos trechos do voto de um dos Ministros afirma: “Portanto, um dos fundamentos suficientes de per si do acórdão recorrido para julgar procedente a ação de retrocessão foi o de que obras feitas depois de ajuizada a ação para dar destinação de caráter público ao imóvel não servem a esse fim, e não tornam prejudicada ou improcedente aquele ação. Ora, contra essa tese não foi trazido a confronto qualquer acórdão em contrário.”

E outro Ministro segue na mesma linha: “Como também ressaltado por V.Exa., há um fundamento suficiente do acórdão recorrido, que não está contemplado em nenhum dos paradigmas, qual seja aquele argumento segundo o qual a obra superveniente à propositura da ação não pode ser motivo para que seja esta julgada improcedente”.

Enfim, ao contrário do que afirmou o Dalai, o Município esperneou de todas as formas possíveis para não ter de devolver ao Atlético o terreno desapropriado. Mas eis que a JUSTIÇA foi feita e o terreno voltou para o seu legítimo dono. CLARO QUE FOI RESTITUÍDO AO MUNICÍPIO O VALOR RECEBIDO PELO ATLÉTICO, COM JUROS E CORREÇÃO MONETÁRIA. Assunto que o Dalai, mais uma vez sem prova, comete a imprudência de afirmar que não houve pagamento algum.

Diante dessas informações trazidas aqui, deixo algumas perguntas ao Dalai:
1) Você confirma que o governador Hélio Costa deu uma determinação extraoficial para o ‘Estado’ não se defender convenientemente na Ação de Retrocessão ajuizada pelo Atlético?
2) Se a Ação foi promovida contra o Município de Belo Horizonte em 1978, CINCO ANOS antes de Hélio Garcia ser prefeito de BH, como se deu essa ‘determinação extraoficial’?
3) As determinações ‘extraoficiais’ do Prefeito/Governador Hélio Garcia se deu no âmbito do Tribunal? Os Desembargadores foram influenciados ao darem seus votos ou votaram com convicção própria?
4) Você mantém a afirmação/acusação de que “o Estado não se defendeu devidamente na Ação de Retrocessão ajuizada pelo Atlético”?
5) Você mantém a afirmação/acusação de que o Clube, injustamente, recuperou o terreno, sem qualquer ônus”?
6) Considerando que o Clube teria recuperado o terreno ‘sem qualquer ônus’, você afirmou que houve “maracutaia das grossas, com o dinheiro público”. Você confirma essa acusação?

Dalai, seria extremamente elegante de sua parte reconhecer que os seus comentários sobre o tema foram de um torcedor apaixonado que não se apegou à realidade dos fatos e que criou uma versão conforme o que ‘achou que teria acontecido’. Seria correto e justo da sua parte reconhecer que as suas acusações (que maculam a honra alheia e lança dúvidas com acusação de negócios espúrios envolvendo o interesse público) não têm base factual e que, portanto, você discorda (direito seu) da forma como as coisas ocorreram, mas que não tem prova ou evidência de que houve desídia profissional, advocacia administrativa ou corrupção envolvendo o assunto. Assim, não há como sustentar a acusação de que o prefeito/governador Hélio Costa impediu que o Poder Público exercesse na sua plenitude o direito de defesa, não há como sustentar que os profissionais que trabalharam nessa causa tenham cometido qualquer ato de improbidade ou desídia profissional, que o Atlético tenha recebido o terreno expropriado de volta sem que tenha restituído ao Município o mesmo valor recebido, acrescido de juros e correção monetária legais.

Termina com esse assunto, Dalai. Reconheça seu erro e bola para frente. Não se fala mais nisso. É o que espero de uma pessoa que, clubismos à parte, parece ser correta e íntegra.

P.S.: O Dalai não vai terminar esse assunto. Vai deixá-lo insepulto. Cheirando mal. Uma pena. Esperava mais do Dalai.

Sem Paciência

Boa, Jorge!
A vitória que poderia ser alcançada já o foi: a VERDADE foi restabelecida!
O Dalai ter a grandiosidade, a humildade de reconhecer erro próprio é pedir muito!
Fica o registro CORRETO E A HONRA ATLETICANA IMPOLUTA! ! !
PARABÉNS por esta vitória fora de campo.

Pedro

Caro, Jorge. Como já mto falado sobre o blogueirinho, ele não costuma admitir erros. Ele é adepto de uma estratégia argumentativa do “minta, omita e não recue”. Diante questões onde não existe mais como contra argumentar, ele adota o costume francês de sair sem se despedir.

Como diz o ditado: “de onde a gente menos espera, é que não sai nada mesmo” rsrsrs. E do blogueirinho a gnt só espera devaneios. Se nem pros cruzeirenses ele se desculpa pelo tanto de erros e absurdos que causou, não vai ser em um assunto totalmente fora da alçada dele que ele vai se desculpar, não é mesmo?

Marcos

Bom dia, Dalai. O não-pênalti foi trágico, porque deixou 66,66% do povo mineiro nervoso em pleno domingo à noite, e também engraçado, porque, agora, nem sequer se preocupam em fechar os portões (ou as lonas) do circo. Fazem às claras, perderam a vergonha. Lembrei-me de quando era adolescente, na minha querida e pequena cidade natal, no interior de Minas, quando o time da minha rua foi jogar num povoado rural, contra um time local de adultos. Embate na roça, literalmente, mas campo mais ou menos. O juiz, um nativo e influente daquele lugarejo, trabalhava na época, coincidentemente, para meu tio. Jogo duro. Perdíamos por 3×2. O dito cujo, reconhecendo-me, se aproximou de mim dizendo que estava com raiva do time adversário. E acrescentou: “Olha aqui, cai na área e vou dar pênalti pra vocês”. Ganhamos por 4×3. Digo isso só para confirmar que o termo Campeonato Rural não é mais pejorativo. Agora, é oficial. Então, ao contrário do Paulo Pezzolano, o que aconteceu ontem eu já vi e vivi. Lá na roça. Quanto ao “fenômeno dos pênaltis”, como escreveu Mauro Cezar Pereira, ou frases do tipo “isso só é pênalti no Brasil. E a favor do A. Mineiro”, como disse, meses atrás, Renato Maurício Prado, relembro que, com a ida do Castellar Neto e sua trupe à CBF, esta, num trocadilho simplório, passou à condição de filial da FMF. Aí, tudo pode acontecer. Ou… está acontecendo. E me desculpe por alongar tanto assim nesse comentário.

Jorge

“Cai na área” e você foi lá e caiu, nê? E ganharam o jogo, não é isso? Que belo exemplo de moralidade!

Pois é, isso que aconteceu com você, também ocorreu muito em Minas nos tempos do Benecy.

Mas agora acabou! Só restou o choro e o ranger de dentes. Chorar não vai mudar os fatos. Mas é o direito do perdedor e do fracassado. Continue chorando.

Augusto

KKKKK..e eu que já ouvi muito desse pessoal do CSA, que ganhar roubado é mais gostoso.
Tá tisti? Fica não, que vai piorar.

Bruno

KKKKK Mais um réu confesso, típico Benecy kkkkkkkk Teria vergonha de relatar isto, mas vindo do distinto torcedor do Falidão das Falcatruas, do caloteiro das Gerais, tudo se normaliza. kkkkk Fica tite não Maria, daqui a pouco vem mais, vem um TUM TUM kkkkk

Manuel Panhame

Senhorita Janete de Azevedo, felizmente de volta a este Quintal dos Atleticanos, quando suas mãos digitaram “A raposa imperial das Américas”, seu inconsciente de modo sutil enviou a seguinte mensagem, captada apenas por quem de direito: “Senhor Manuel Panhame, eis-me de volta. Proponho conversarmos um pouco sobre paixões comuns a nós dois, que são a filosofia e a história. Aguardando, ansiosa, o contato de vossa pessoa…”
Aqui estou eu, elevada senhorita de Minh’Alma, vassalo assumido e rendido, inquieto já pela ocasião de privarmos para o tratamento das sutis questões que tanto nos fascinam, a senhorita por certo antes de qualquer outra preliminar havendo de me esclarecer em definitivo sobre sua alta e enigmática expressão “A raposa Imperial das Américas”, postulado este que nenhum de nós neste terreno baldio, ponto de encontro nosso, se considera apetrechado para um razoável entendimento. Claro está que não será conveniente tratarmos em público de assuntos tão pouco acessíveis e invulgares, em função disso eu convidando a senhorita para um encontro em estabelecimento de vossa preferência para a degustação de um bom vinho e saborosa pizza, que a Itália, é sabido, não nos enviou apenas porcarias, com o devido perdão da má palavra… Antes de acertarmos os detalhes finais de nosso encontro pelas cercanias desta capital que atende pelo heroico nome de Cidade do Galo, devo dizer-lhe, senhorita Janete, que me mantenho compromissado com a menina Marcinha Guedes, nós dois previamente acertados para saltitantes passeios de mãos dadas… Adianto para a consideração de vossa pessoa, erudita consorte, que menina Marcinha é Atleticana e nosso agendado encontro se dará nas dependências da Arena MRV, em consequência a meu ver nenhum empecilho real por certo haverá capacitado para nos obstruir de nosso filosófico congresso em local prudentemente escolhido que haverá de nos permitir e facilitar o necessário sossego para a meditação de temas transcendentes e eternais.
Aguardo com ansiedade vossa resposta, incomparável dama.
Despeço-me momentaneamente, com devoção.
Manuel Panhame

Jorge

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Panhame sendo Panhame!

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Fenomenal!

Aproveita ainda para decifrar junto a erudita senhorita o significado da expressão, também cunhada por ela, de “frangão d’água azul’. Fiquei curioso.

Janete de Azevedo

Jorge, não é nenhuma expressão cunhada! O FRANGO AZUL D’AGUA existe! É lindo!!! Busque na net.

Jorge

Sim, é verdade. Não me expressei bem. Queria saber a relação dessa ave simpática com o BBBruzeiro. Será o seu próximo mascote? Foi escolha do Ronaldo? Ele já aprovou? Vai ser bem engraçado, mas é melhor do que o guaxinim atual.

Janete de Azevedo

A idéia é que o “Contrário” adote o frango azul como mascote. Ele é grande e lindo com seus tons de azul! Ficaria bem charmoso! O que você acha?

Sem Paciência

Minha senhora, com todo o respeito, este é daqueles momentos em que as palavras imortais do Ronaldinho Gaúcho se revelam irrepreensíveis: “Aqui é GALO, PORRA!”
Passar bem!

Janete de Azevedo

O que tem de FRANGO mais galo dos que se apresentam como galo, especialmente os garnizés. .. Ou quem sabe o galo da Serra, com ares soberanos..

Sem Paciência

Ah, Panhame! Malandrão! KKK
“Garanhando” a moça, como diriam na vizinha Goiás! KKK
Faço gosto nessa investida! Mas uma a ser convertida ao lado ALVINEGRO da força! KKKKKKKKKK

Marcinha Guedes

Senhor Manuel Panhame, Marcinha Guedes é ciumenta. Mas o senhor é especial, e eu me vejo chegando ao ponto extremo de propor o convite pra Janete passear conosco pela Arena quando acontecer nosso encontro saltitante. A gente salva ela e eu vou poder perguntar pessoalmente a respeito da Raposa Imperial.

Jorge

Marcinha, aproveita e pergunta também sobre o tal ‘frangão d’água azul’.

Janete de Azevedo

Sr Manuel, boa tarde!
A sua profissão é investigativa e vai ajuda-lo! Pense um pouco mais… Se não conseguir, o que é menos provável, aí então, colaboro!!

Janete de Azevedo

O misterioso tempo nunca será nosso.
Todos os tempos e o futuro, pertencem a DEUS!!

romulo

Chora mais q tá ótimo assistir as lágrimas caindo. O Galo está sendo tão beneficiado q no jogo contra o flamerdinha deram 12, isso msm, 12 pênaltis a favor do Galão; um verdadeiro escândalo!!! kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

O jogo foi praticamente ataque contra defesa e ainda sim as smurfetes viram q o CSA está ótimo e aprovado. E o pior é q vai ter, no mínimo, uns 8 jogos (contra 4 times) na série B q serão neste estilo (ataque contra defesa). Com 3 vagas praticamente definidas (bahia, grêmio e vasco saf), o micróbio azul terá a obrigação de ser o melhor do resto. Mas vimos q nunca conseguiu nem ficar na primeira metade da tabela… kkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Pra piorar mais ainda, os times q jogarão a série B serão, em grande parte, equipes q se sagraram campeãs em seus estados. Chegarão com moral elevado e voando. Aí o timeco azul vai ver q o ruralito não serve de parâmetro pra nada. Ano passado msm o Galo foi mto mal (apesar de ser campeão) e no resto da temporada sobrou. Só não conquistou TODOS os torneios nacionais e sulamericanos pq deixou de ir pra final da liberta por conta de um gol qualificado q nem existe mais. E iria ser a primeira vez na história q um clube conquista TODOS os torneios disputados no ano.

Mas o micróbio azul tomou um vareio de bola, todas as smurfetes acharam lindo (e ficaram orgulhosas) e isso é q é o mais importante… kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Luiz Gonzaga de Barros

Bom dia azuis.
Não é uma segunda de tristeza e sim de alegria. Em 2021 ganhamos ? Não, perdemos. O gol de Ailton foi mais uma obra do acaso. Agora, ontem, 2022, perdemos? Não. Quem perdeu foi o Atlético, ser enfrentado de igual para igual, levar um golaço de um guri de 17 anos e ter ajuda costumeira. Isto tudo , contra uma folha salarial 10X menor. Acredito que pensavam em devolver, facilmente, os famosos 6 X 1, este terão de engolir para sempre. Mas, voltando ao jogo, reconheço a qualidade do elenco do Time Municipal, Municipal sim, tem a maior torcida entre as entradas e saídas de BH, tem tanta torcida que não cabe no estádio e necessita que alguns fique dentro das 4 linhas. Foi muito bom ver o nosso Time , segundo maior detentor de títulos do Brasil, mostrar , para desespero do outro lado, que estamos prontos e preparados para voltarmos aos dias de glórias. N’aqueles dias em que vencíamos até os torcedores de dentro da cancha.
Palmas para nossa comissão técnica, escalou muito bem, tem treinado muito bem, faltam ajustes pontuais e talvez malandragem; o HULK conversou o jogo inteirinho com o Juiz que estranhamente o ouvia com aos mãos em seus ombros. O Willian Oliveira , antes do gol, cortou uma bola com a cabeça, podia ter caído, foi uma bolado forte, o jogo teria sido parado. Mas, convenhamos, se a ajudinha não tivesse aparecido, rssss, nenhum jogador do Adversário cobrou falta no lance, o clássico teria outro desfecho.
Perder nem sempre significa derrotado. Perdemos , mas não fomos derrotados. O caminho a seguir está correto.
Avante!!!!!!!

Augusto

Isso mesmo..avante CSA !
Time grande não cai!

Bruno

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Não consigo parar de rir kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk Quantos 6 voces já engoliram, na verdade ja engoliram 9 kkkkkkkkkk fica tite não Maria, torço para este ano ter mais kkkkkkkkk

Marcilio Vaz

Parei no de igual por igual, para você 20 finalizações do Galo x 7 finalizações do BBBruzeiro
9 finalizações certas do Galo x 2 finalizações certas do BBBruzeiro é jogar de igual por igual para mim não é, o CSA deu 2 chutes certo no gol e fez 1 no mais só toque p os lados e cera, sem mais.

ivan junior

Vamos analisar as asneiras sem sentido do Cara de Bunda que hoje deve estar com as hemorroidas para fora do cu:

1. “O Atlético ganhou o jogo a semana inteira. O Cruzeiro moralmente ganhou domingo”: É notório para qualquer conhecedor de futebol que quando um time poderoso enfrenta um time pequeno as dificuldades são imensas. Vide as eliminações de Internacional e Gremio na semana passada. O inicio do jogo foi um massacre alvinegro que, se não fosse o goleiro do CSA, já no 1º tempo o jogo estaria no mínimo uns 4×0.

2. “Uma das seduções do futebol é esta: de vez em quando Davi vence Golias. Dentre várias razões, uma é o salto alto. Não aquele que fica nos pés”: Ontem o Daviado não venceu o Golias e só não foi um massacre maior porque, repito, o goleiro do CSA defendeu como se sua vida dependesse disso. Quanto ao salto alto, este salto já nasceu nos pés das ronaldetes e está explicito no hino (kkkk) do CSA: “… vivo cheio de VAIDADES…”

3. “O outro, mais perigoso, psicológico, grileiro da cabeça, que também atende por complexo de superioridade. Arrogância. Prepotência. Sobrevivem só até o pré-jogo. Não entram em campo”: Neste trecho o Cara de Bunda devia estar escrevendo (leia-se cagando) se olhando no espelho (e sentado no vaso), pois complexo de superioridade, arrogância e prepotência (ele esqueceu de escrever VIADAGEM) fazem parte do DNA tanto do Falido EC quanto do CSA-MG.

4. “Até os 15 minutos finais, o Cruzeiro vencia e mostrava um futebol que orgulhava a Nação Azul”: O Atletico massacrou o CSA desde o inicio do jogo. É de se louvar o treineiro do CSA que não se trancou todo na defesa e teve a coragem de apostar na sua juventude (os pobrezinhos mortos de fome da toca dos viadinhos). Mas o Galo foi superior o jogo todo e, na unica chance que teve fez o gol (coisa que o Galo teve e muitos, mas não marcou). Mas quando precisou o Galo matou o jogo e colocou o CSA no seu devido lugar.

Para terminar o choro é livre, a freguesia continua bem como a TREMEDEIRA.

“Maria, eu sei que voce treme”
Ditado muito popular em todo o Brasil

“Maria, eu sei que voce deve”
Ditado muito conhecido nos cartorios de protestos e varas de justiças

“Quarta feira tem mais”
A frase mais idiota dita por um perna de pau que já jogou no Falido EC

“Nós temos titulos!!”
Advogados do CSA/MG em conversa com juizes e donos de cartorios de protestos

“O CSA não perde este jogo para o Galo de jeito nenhum. E se perder eu dou a Bunda na Praça 7!!”
BBBugao do AE, Luciana da Casa e Diego do Cuzeirosports arrumando desculpa para fazer o que mais gostam

“Eu apoio tal afirmação e também darei o meu esfíncter anal no referido ponto turistico de BH a todo e qualquer cidadão que se apresentar de penis ereto vindo por detrás de minha pessoa”
Dalai Lama nas marias, vulgo Cara de Bunda, dando (pleonasmo) muitas voltas para apenas dizer: vou dar minha bunda mole e arregaçada na Praça 7

“Vou comer este velho…. vou comer este velho….!!”
Costinha doido para fuder o a Bunda do Dalai

“E eu vou destroçar o esfin….esfin…ah, o cu deste velho filho de uma puta!!”
Kid Bengala, apesar da baixa escolaridade compensará o Cara de Bunda com os seus 35 cm de rola

“Aiiii…que delicia!!!”
Cara de Bunda babando hoje na Praça 7 enquanto era arrombado pela Bengala do Kid

Jorge

Apesar da pandemia e do trio maldito, a sala de troféus do BBBruzeiro não para de crescer. Ano passado, como se fosse uma Libertadores, conquistaram o título “Ganhei do Galo – 2021”. Esse ano, como se fosse uma Sul Americana levaram o título “Joguei de igual para igual com o Galo – 2022”. Parabéns BBBruzeiro. Eu sei que isso enche vocês de vaidade.

Janete de Azevedo

Não sou torcedora servil. Sou torcedora apaixonada! Enquanto não houver transparência, a SAFADEZA não terá um só centavo meu. Essa de vender o Thiago para fazer caixa é desculpa bem aceita pela Bocolândia! Gente, vejam que o dinheiro do Textor já apareceu lá no Botafogo! Já entrou 50 milhões antes de ele ser o dono. Foi um empréstimo, naquele momento. Segundo o Fogãonet, esta semana entra mais 100 milhões! !! Agora ele é o dono!
Ei Jorge, por assim pensar, criei a minha camisa do CRUZEIRO HERÁLDICO! Tá irresistivelmente bela!!! Vou fazer o copo, chaveiro, roupinha da minha Yorkshire, a Dra. Nina de Azevedo!

Jorge

Janete, dê a dica do chaveirinho para o Ronaldo. Quem sabe ele não faz alguns para vender para a torcida? Ano passado o Galo vendeu mais de 120 mil camisas do ‘Manto da Massa’. Já imaginou se o Ronaldo consegue vender tudo isso de chaveiros, a grana que iria entrar? Aí, talvez ele não precise vender esse jogador novo de vocês aí que fez gol no domingo. Ouvi dizer que já tem uma proposta de R$ 7,5 milhões por ele. Pode parecer pouco,mas não deixa de ser uma graninha para quem está com problema de fluxo de caixa.

Janete de Azevedo

Capaz! Ele disse que já havia contratado uma empresa de comunicação. Sem precedentes na história da saf pelo mundo afora: em menos de 24 horas, se fez dono do CRUZEIRO! A torcida sabe que houve trampa. O pré contrato ninguém sabe, ninguém viu! Tudo isso é normal! A torcida é cúmplice!
Imaginem se a Toca II entrou no rolo…,

Janete de Azevedo

Sr. Dalai, porfa, explique-me alguito:
Por que quintal e não Toca do Dalai? As Raposas vivem nas pradarias, montanhas, Tocas e gostam de visitar quintais e galinheiros. Galináceos e outros bichinhos são os que vivem nos quintais!
Dá pra explicar?

Marcilio Vaz

Essa é fácil, pq esse quintal é nosso do Galão!

Teobaldo

Some não, Beth! Volte ao Quintal dos Atleticanos, que é patrocinado pelo Galai, sempre que quiser.

Jorge

Janete, só para clarear o assunto, não há raposas no Brasil. Só Guaxinim, o mais próximo dessa espécie inexistente por aqui. A propósito, os guaxinins também são conhecidos como rato-lavadeiro ou raccoon.

Explicado o mascote atual do BBBruzeiro, o guaxinim e não a raposa, você poderia agora explicar aquele que você propôs da outra vez, um tal de ‘frangão d’água azul’? Obrigado.

Janete de Azevedo

Bom dia, gente!
Jorge, diga-me, de onde você tirou essa pérola de que no BR não tem RAPOSA? É uma piadinha sem graça, ou você está a confundir alhos com bugalhos?
Não importa! Aproveito a oportunidade para fazer este esclarecimento científico:
A Raposa/Raposinha do campo (Lycalopex vetulus), é de espécie endêmica, por isso é também denominada RAPOSA BRASILEIRA! Uau!!! Está presente nas regiões de cerrado, em Minas, Mato Grosso, São Paulo, alguns estados nordestinose, Tocantins, no meu Estado, etc.
Certa ocasião, tive o privilégio de conversar com uma delas. Linda! Parecia uma Lady! !!! Fiquei emocionada!!!

Jorge

Janete, mas ora, ora, eu sempre achei que o BBBruzeiro tinha se inspirado na raposa verdadeira, do gênero Vulpes, inexistente no Brasil, e não é que até nisso o BBBruzeiro é falso e não passa de uma ‘raposinha do campo’ que, segundo a Wikipédia, apesar de seu nome, não é uma raposa verdadeira (gênero Vulpes), sendo pertencente ao gênero Lycalopex, um gênero de canídeos que apenas se assemelham a raposas devido à evolução convergente.

Segundo consultas, Vulpes é um gênero de mamíferos carnívoros que formam um grupo coloquialmente chamado de “raposas verdadeiras”. Elas não existem no Brasil.

Gente, que incrível! Tudo no BBBruzeiro é falso!!! Até a mascote!

Quanto ao fato da espécie que você conheceu e conversou com ela parecer uma lady, eu acredito em você.

Janete de Azevedo

Não tem nada falso! Existem RAPOSAS de variadas espécies ou até generos, em diferentes regiões do Planeta! Todas são autênticas! A espécie que encontrei é endêmica do Brasil: é denominada RAPOSA BRASILEIRA!
Depreciar por depreciar, nem tem graça!

Jorge

Né não, Janete. Coloquialmente é chamada de ‘raposinha do campo’. Não é fofinha? Raposinha do campo! kkkkkkkkkkkkkkkkkk
Melhor do que o ‘frangão d’água azul’. kkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Janete de Azevedo

Linguagem coloquial não é o mesmo que linguagem científica!

Filipe Braga

Fala Dalai, boa tarde!

O imponderável sempre aparece em clássicos mineiros. Falei, falei, falei e aconteceu o que previ – independente de ser lance “duvidoso” ou “roubado”. Na dúvida, serviço feito para o time da FMF. E acréscimo dado, acréscimo tirado.

Arana saiu com cartão de crédito em lance sem bola no começo do jogo. Seria expulso. Goleiro sair no cruzamento acertando tudo, menos a bola, é tão imprudência e penalti – ainda que fatalidade – quanto a argumentação pró-Hulk. Outro ponto é que o atacante – que vinha mal no jogo – dobra os joelhos e se deixa cair.

Até aí, é papo pós-jogo. Pezzolano está mandando muito, mas Ronaldo segue sendo uma VERGONHA enquanto dirigente. Vejamos o quanto de fogo amigo ele tem dado:

– Maicon fez falta, apesar do Brock ter sido um dos melhores em campo.

– Thiago fez MUITA FALTA, pois era reserva imediato do Edu e poderia ter segurado a bola no ataque quando tínhamos a vantagem, talvez até mesmo com gol.

– Ronaldo deu uma declaração ridícula sobre arbitragem. Meio que pedido de menino surrado, covarde e bundão. Pedir um “campeonato justo” é pedir que o algoz troque a cinta por um chinelo. É sério isso Ronaldo?

Que tal dar alguma declaração contundente. Até mesmo as “ameaças” ao árbitro – se forem verdade – mostram que a arbitragem de MG, ligada a esse Juliano e sua trupê pateticana, não tem a MENOR CONDIÇÃO de apitarem clássicos.

Que árbitros de fora errem, inclusive contra o Cruzeiro. Mas que não tenhamos esses sopradores de latinha mineiros apitando jogos importantes. Não merecem.

Fala aê Ronaldo!!

Dalai, dá pra chegar esse recado na diretoria e no dirigente?

Marcilio Vaz

Ponto de vista é uma coisa complicada.
Pênalti no Hulk claro, jogador imprudente entra de carrinho e toca sim a perna do Hulk, erro do juiz sim não ter expulsado o zagueiro do CSA.
No lance do Edu e Everson, quem cabeceia a cabeça do Everson foi o Edu, tanto que o Everson teve um galo atrás da orelha, agora comentar o ato do médico do Galo que largou o Everson para atender o Edu isso nenhum Maria falou, só enxerga o que interessa.
Uma coisa concordo o juiz de ontem é fraco como muitos do Brasil, são amadores, o futebol merece juizes profissionais.
No mais os árbitros do Brasil quando tem um time grande contra um pequeno na dúvida sempre dão para os times grandes, não concordo, mas sempre foi assim. No mais só choro.
Se todo mundo é Galo, a FMF, a CBF, o prefeito, faz o seguinte muda de país quem sabe acaba o choro.

Filipe Braga

Marcílio, você frequenta mais aqui que as colunas do próprio time. Entra na fila para torcer para o Maior de Minas também, ao invés do time genérico que nem nome tem no meio das 3 letras.

O bom é que seu argumento desmorona parágrafo após parágrafo, começando no argumento de cartão vermelho kkk… quer dizer que o Hulk não se jogou? Você tem coragem de dizer que foi o contato que provocou a queda?

Até mesmo – os poucos – que consideram penalti admitem que ele se solta pra cair. Malandragem de quem sabe que existe um novo tipo de regra no futebol brasileiro: O Penalti Atlêticano. Ganharam um brasileiro na mão grande – 10 penaltis em uma temporada – e agora querem levar a regra pro Mineiro.

Sobre o lance do Everson, ele não acerta a bola. Quem tira é o zagueiro do Genérico-MG, que inclusive também é atingido pelo goleiro. Imprudência e irresponsabilidade, ainda que acidente. Edu pula junto com o zagueiro e o Everson faz o strike, saindo sem nem olha (felizmente ele faz o mesmo no gol rsrs). Lance polêmico, mas se fosse aos 40′ na área do Cruzeiro aposto que o soprador-de-latinha-da-FMF apitava penalti.

Só concordo contigo sobre os juízes, de péssimo nível. Se bem que perto dos nacionais, os juízes mineiros são os piores do país. E os mais pressionados e sem condição de apitar. Que fiquem de fora da segunda fase.

Marcilio Vaz

Engraçado Filipe em 2020 o Flamengo foi campeão com 10 pênaltis a favor, mas não vi vc nem a mídia reclamar de tantos pênaltis, será pq?
Na verdade você tem razão o juiz na hora de decidir como ele ficou na dúvida ele geralmente decide para o time grande, tmb acho errado pq os times pequenos sempre se ferram, kkkkkkkk.
No caso do Everson vc tem razão de novo o Everson pula com a nuca para defender, pois ele machucou atrás da orelha, ele resolúvel sair de costas, ops mas o goleiro de castas é outro o Fábio de Costas que estranho isso. Com relação a torcer para seu time eu torço para ele ficar um bom tempo na série B, nem quero que vá para a série C não pode ficar na B por mais um bom tempo já tá bom.kkkkkkk

Marcilio Vaz

A esqueci de dizer pq venho aqui, não só eu como todos os outros Atleticanos, viemos rir da cara de vcs, rir da vaidade de vcs, fico aqui imaginando vc vendo o jogo, kkkkkkkk, quando o CSA-MG faz o gol e vc acha que já tinha ganho o jogo, aí toma um gol de penal (roubado como vc acha) e ainda toma a virada no último minuto dos acréscimos, primeiro ficou com cara de tacho, depois veio a raiva, a indignação e a sensação de tristeza, mas aí a vaidade e soberba vem a tona e logo pensa jogamos de igual p igual, kkkkkkk
Ilário kkkkkkk

Marcilio Vaz

Para os que acham que não foi pênalti, para os que acham que é um esquema de corrupção, Rica Perrone mandou o recado: https://youtu.be/7eJx-GyujvQ

Marcinha Guedes

Entrar na fila pra torcer pro Maior de Minas (Pelo que nos consta, Marcilio já torce pro Maior de Minas. Torce nao: é. “Nós somos do… Compreende, farmacêutico Filipinho?) Vc fala em “fila”, nesse assunto não entro. Quem pode discutir fila com quem é TrinaB?

Marcinha Guedes

“Por que será que ela me chamou de farmacêutico? Ãh?”
Pense um pouco mais… Quem sabe vc consegue?

Augusto

Filipinho, não fica bravo não que faz mal pra suas coronárias.
Vá chorar na caminha, que é um lugar quentinho.
Ou então faz seis com as mãos que alivia.
E por último, um lembrete : time grande não cai, mas se cair, volta logo.

Jorge

Sobre aquilo que falei da responsabilidade das pessoas que criam clima de guerra por não aceitar a derrota, que instigam o ódio e que alimentam a violência, a entrevista do o árbitro do jogo, logo abaixo, vai exatamente nesse ponto. Dalai, você é um dos responsáveis por essa violência que está acontecendo. Você cria narrativas ilusórias para instigar um contingente enorme de torcedores a extravasar um ódio absolutamente sem sentido. Até quando vocês vão continuar tendo dificuldade em conviver com a realidade e aceitar as derrotas que estão sofrendo? Até quando vão atribuir a outros o fracasso de vocês? Os atos de violência entre torcidas em Belo Horizonte tem as digitais de quem instiga o ódio criando narrativas falsas, tá Dalai? Um absurdo total o que estão fazendo! Já perderam tanto! Por favor, não percam também a dignidade! Não percam a hombridade! Está muito feio esse comportamento de vocês.

ÁRBITRO DE CLÁSSICO EM MG RELATA MEDO DE SAIR NA RUA E FALA EM ‘TERRORISMO’

“Horas antes do clássico eu recebi várias mensagens no Whatsapp e no Instagram sobre ameaças, sobre marcações em pênalti ou etc… Depois do clássico, o meu celular e Instagram virou uma tristeza, só agressões e ameaças. Ontem passou um carro na frente da minha casa duas vezes dizendo que iam me matar, que iam matar pessoas da minha família. Eu não fui pra casa ainda, estou fora de casa e não sei que dia eu volto. Minha vida virou um estresse por causa desse jogo, dessa penalidade, que foi o único lance questionável da partida”, declarou Benevenuto. O árbitro ainda frisou que “não está tudo bem”, reafirmou que continua achando que Hulk sofreu o pênalti que foi marcado. Igor finalizou repudiando os atos dos agressores. “Eles (agressores) precisam entender que Instagram e Whatsapp não é terra de ninguém, eles não podem fazer isso. É muito triste, a gente tem visto muitas coisas ruins, pedradas, no México, passou dos limites, precisamos punir da maneira adequada essas pessoas. Essas pessoas prejudicam demais a vida de muitos por causa de um esporte que tinha que trazer alegria e paz para todos”, finalizou o árbitro.

João de Deus Filho

Não é preciso ser Nostradamus prá antecipar o que seria a coluna de hoje.
Nada do que foi escrito me causou espanto.
Já esperava a mesma choradeira que quase me obrigou a sair de casa hoje com capa de chuva.
Afinal, nunca estiveram tão perto de conseguir uma vitória consagradora.
Mas, vamos aos fatos.
Primeiro, queria concordar que o time azul jogou bola ontem.
Não foi nada parecido com os times dos 2 últimos anos.
O que também não significa que irão conseguir subir esse ano.
A injeção de animo que eles tem por jogar contra o melhor time do futebol brasileiro, aliada à vontade de mostrar serviço pro chefe, que estava presente foi um verdadeiro doping psicológico.
Sobre o penalti, toda vitória do Galo agora é vista como um erro do juiz. Estranho que cada lado tem sua ótica, então eu fui assistir ao Seleção Sportv, onde comentaristas de outros estados, portanto, julga-se que sejam isentos não chegaram a um acordo, depois de ver o lance umas 10 vezes.
Agora, imagina o juiz, que tem que tomar a decisão numa fração de segundos.
Mas, para a turma azul, tudo é uma conspiração.
Fica mais fácil dar desculpas e jogar a responsabilidade sobre outros ombros.
Mas, isso, prá nós não importa. A caravana passa e os cães ladram.
Eu fico é imaginando até quando vamos ter que ler e ouvir sobre Wagner, Itair e Serginho (mitos).
Sobre os motivos pelos quais o clube azul não consegue decolar e se afastar da série B.
Lembro aos mais afoitos, que o Cruzeiro está ameaçando decolar, porque, por enquanto, o Ronaldo tá bancando salários em dia e buscou alguns jogadores por aí.
Mas, hoje foi feito um aporte de 70 milhões no Vasco e logo logo irá entrar mais dinheiro. O Grêmio, com a queda na CB, irá se reforçar e outros clubes também, até o final do ano. E aí, sim, eu quero ver o tamanho da alegria dessa torcida azul, quando descobrirem que o Ronaldo comprou o clube por uma ninharia.
Leiam, nos sites de hoje, que os donos do Chelsea, fizeram uma oferta de 1 bilhão pro Galo, valor que foi prontamente rechaçado pela diretoria, que só aceita começar a conversar pelo dobro do valor e por 49% do clube, continuando majoritária.
Mas, por favor, não sintam inveja. Inveja é um sentimento ruim, faz mal pro coração.
E eu quero ver todo torcedor azul assistindo ao que vem por aí, nos próximos anos do Galo.
Sejam fortes.
Fiquem bem.
Queremos vcs vivos. Tristes, mas vivos.

*Nós, que gostamos do futebol e não fazemos disso uma guerra, devíamos nos unir prá acabar com essas tais torcidas organizadas.
Mais um torcedor morto e ninguém será punido.
O verdadeiro torcedor, como eu, vai a campo prá ver futebol, ter um dia de alegria, zuar o adversário, porém com respeito, dentro de um certo limite.
Toda notícia sobre brigas, violencia, morte, tem sempre a participação de torcidas organizadas.
Poderiam ser chamadas de Máfias também.
Abaixo todas elas.
Meus sentimentos à família do torcedor morto.
Chega de mortes. Chega de imbecilidade. Chega de impunidade.
Essa briga é de todos nós.

Bruno Araújo de Carvalho

Todo mundo sabe que a retaliação vinda da FMFrangas acontece devido ao fechamento do CEC para as transmissões de seus jogos com o grupo do jornal “O Tempo”.. Mais um capítulo triste deste famigerado campeonato na onde me alegrou bastante a fala do nosso novo dono Ronaldo fenomenal, levantando a possibilidade de jogarmos com o nosso Sub20 – Sub-23 esse lixo de Campeonato rural. Ler um dia após o clássico que a FMFrangas apoiou as atitudes do árbitro dentro do jogo foi uma afronta a nossa torcida.
Agora ver o desespero das frangas com o 1×0 com autoridade do nosso time dentro de campo (sem ajuda) e a comemoração de um título na “virada” com ajuda gritante do Sr. benevenuto, não tem preço .. O Cruzeiro incomoda muita gente ! Voltaremos !

Teobaldo

Discordo quando o dono do CSA-MG ameaça utilizar o Sub-20 no ano que vem. Deveria utilizar o Sub-20 já nesse ano nas 2 últimas partidas da fase preliminar e, se conseguir a classificação, nas fases semi-final e final. Lembrando que a final em jogo único foi mais uma safadeza da FMF franga para beneficiar o Atlético, sérto?

Jorge

Eu não entendi o Ronaldo. Ele disse ontem que poderia jogar o Campeonato Mineiro com o sub20 para se dedicar a outros torneios ‘mais importantes’. Ora, eliminatórias da Copa do Brasil e brasileirão série B se tornaram tão importantes assim para eles? O Campeonato Mineiro é a única chance, graças à final única e ao imponderável do Dalai, de conseguirem mais uma tríplice coroa. Já pensaram se vencem, o quanto de chaveirinhos cheios de vaidade poderiam vender da “Nova Tríplice Coroa”?

1º título: “Joguei de igual para igual com o Galo”
2º título: “Ganhei o Galo”
3º título (a joia da coroa): “Campeão Mineiro”

Vai, BBBruzeiro! Acreditem que jogaram de igual para igual com o Galo e se encham de vaidade, arrogância, soberba e presunção e venham com tudo para a final (mas antes avisem ao treinador que precisa primeiro: a) classificar para a semifinal; b) ganhar a seminfinal). E se a gente também conseguir ir para a final, vocês têm tudo para mostrar o valor de vocês. Acreditem e venham para cima com tudo! Vai dar serto. Eu acredito! TUM! TUM!

Augusto

Ganhar roubado é melhor, né ?
Lembra-se de 2014 e 2019? …também foi assim, e estava em disputa um título.
Não foi um jogo como o de domingo.
Pau que dá em Chico, dá em Francisco.
É sempre bom lembrar : Time grande não cai…….
Viva 08/12/2019!

Marcinha Guedes

Custo acreditar. O Brasil inteiro comentando erros de arbitragem… a favor do Atlético. Revoltem-se, adversários! Arranquem cabelos! Kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Jorge

Sabe aquela história do malandro que bate a carteira e sai gritando ‘pega ladrão’?

Pois é, o BBBruzeiro do inesquecível Benecy e o flamídia do ídolo Right estão preocupadíssimos com a imparável máquina do Galo.

No campo eles perdem todas, mas na mídia eles são bons. A narrativa porca construída por seus defensores está aí na praça tentando parar o Galo. E a gente só rindo de tanta parcialidade. Só vão conseguir é chorar mais.

“Chora, não vou ligar, pode chorar, pode chorar, mas chora”. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Marcinha Guedes

E veja bem, Jorge, não me lembro de tanta falação na imprensa qdo o Galo era assaltado… Meu pai tem um pavor visceral por este antigo árbitro q hj em dia comenta pela Itatiaia. Ele me conta q em 94 contra a Bruzeiro e em 99 contra o Corintians ele garfou a gte…

Marcilio Vaz

Não vai tão longe assim o Flamerda foi campeão de 2020 com 10 pênaltis a favor, e quantos viram falar desses pênaltis, não estou lembrado.

Mecão das Gerais

Boa tarde, Dalai!

Será mesmo que 100% dos torcedores mineiros vibraram com a façanha do América, em Assunção? Não posso generalizar, nem tem valor estatístico, mas assim que o América perdeu a primeira partida para o Guaraní do Paraguai por 1 a 0 no Independência, no dia seguinte recebi gozações de amigos cruzeirenses e atleticanos em meu WhatsApp, muito felizes pelo resultado negativo do Coelhão, inclusive um amigo cruzeirense já dava como certa a eliminação do Coelhão, pois segundo ele se o América não havia conseguido vencer no Indepa, dificilmente então reverteria o resultado no Defensores del Chaco, seria mais fácil, pelo que ele dava a entender, sermos goleados… Mas o jogo da volta frustou estes meus amigos simpatizantes da duplinha!

Nossa torcida é pequena, mas quanto ao “minúsculo amontoado verde”, vamos observar que não é fácil e barato se deslocar para um outro país e mesmo assim levamos um bom número de torcedores ao Defensores del Chaco! Me lembro que em edições recentes da Libertadores, um time de massa e de um Estado mais próximo do Paraguai, como o Palmeiras, não conseguiu levar os 300 torcedores que o América levou contra este mesmo Guaraní!

Sentiu na pele o que é ter um jogo apitado pelo Igor Benevenuto, não é mesmo? Tivemos problemas sérios com este árbitro em partidas contra o Atlético em 2018, o que fez inclusive o América a vetá-lo a partir de então e até mesmo posteriormente quando ele atuou como assistente do VAR. Para ser sincero, não acho que ele seja mal intencionado, no sentido exato da palavra, mas é um árbitro que tem medo de, em lances duvidosos, apitar contra o galinho! Historicamente, em lances polêmicos e difíceis como o do último domingo, o Igor Benevenuto decide em favor do galinho! Agora, sou contra as ameaças de morte e violência que fizeram contra ele, isto é inadmissível! Estes bandido precisam ser afastados dos estádios de futebol!

Mecão das Gerais

*frustrou

Jorge

Vamos por partes, Mecão (Mecão, kkkk).

Por muito tempo, dada a afinidade dos dois clubes em ter no Galão Mais Querido do Mundo o seu grande rival, pensei que o BBBruzeiro iria acabar absorvendo o América, também conhecido carinhosamente como coelhinho pompom ou, um pouco mais jocosamente, como micróbio verde. Mas agora, a continuar como a coisa vai, talvez seja o micróbio verde a incorporar o BBBruzeiro. Vai virar macróbio verde-mar kkkkkkkk

E vejam só! Primeiro eles se juntam aos demais times pequenos de Minas Gerais, fazem o regulamento do campeonato como querem na FMF e depois falam que o Galão da Massa é quem manda lá. Não é fácil ser o único GIGANTE de Minas Gerais. Fica todo mundo contra a gente! Certo estava o Samuel Rosa quando reclamava que todo mundo é Atleticano. E é mesmo!

Agora quanto ao jogo do América no Paraguai.

Já dei os parabéns para o micróbio pois acho que, na história do futebol, é a primeira vez que um time consegue levar TODA A SUA TORCIDA para uma partida fora do seu país. Acho que 300 é um número meio inflado pelo que dava para ver na televisão. Talvez alguém saiu para ir ao banheiro… Mas foi um feito impressionante sim.

Quanto a ser zoado, acredite Mecão que isso faz parte do futebol. Se a gente não zoar os adversários, mesmo os pequenos, vai zoar quem?

Isso posto, devo confessar (espero não ser muito recriminado pelos confrades atleticanos) que torci muito para que o micróbio verde se desse bem naquele jogo no Paraguai, e fiquei muito feliz com a sua vitória à lá Galo. É que para Minas Gerais é importante ter ao menos dois times na Libertadores e, a continuar nessa toada, se o América não fizer a parte dele, estamos perdidos. Porque do outro lado, dificilmente o Tombense, a esperança mais viável entre os demais, irá conseguir esse feito.

Tomara que o simpático coelhinho pompom passe também pelo próximo adversário e caia na chave do Galão da Massa. Não terei a arrogância, típica dos bbbarropretanos, de afirmar que seriam seis pontos garantidos, mas seria sim uma viagem a menos para um time que terá mais uma longa jornada esse ano.

No mais, parabéns mequinha, o famoso, agora em toda América do Sul, micróbio verde!

Teobaldo

Maicon, “o God of Raça” chegou, beijou a camisa, disse que realizava um sonho de criança, afirmou que toda a família é torcedora do CSA-MG, reduziu valores dos salários por amor ao clube (kkkkkkk) e na primeira oportunidade deu uma BANANA para os otários (não fui eu quem disse que são otários; foi o Gabiru! Estão lembrados?).

Atleticano

Qual foi a frase de impacto dele mesmo?
“não é o dinheiro que me motiva, é o desafio”

Alguma coisa assim…
Parece que o desafio era muito grande e ele preferiu abandonar o barco, que já está afundado.

Teobaldo

O desafio DE FICAR SEM RECEBER, ou ter de receber em 10 anos, é grande demais! Kkkkkkk!

Atleticano

Boa segunda a todos! Ops, segunda foi ontem, sendo assim. Boa terça a todos e boa segunda para a minoria.

Pelo primeiro parágrafo do texto do Sr. Dalai, ele se mostra muito feliz com o resultado, e aproveita para provocar insinuando complexo de superioridade, arrogância e prepotência do Galo. Uma velha estratégia de acusar o adversário de algo que você mesmo comete, afinal, todos sabemos onde mora essa postura. Essa insinuação é tão furada que o Atlético demonstrou nos primeiros 10 minutos que estava com muita vontade, entrou pra liquidar logo, mas no futebol nem sempre só a vontade resolve, faltou tranquilidade na hora de definir.

Mas fico comovido com a alegria do Dalai diante do que aconteceu no jogo, e entendo perfeitamente quando um time pequeno conquista o troféu “joguei de igual pra igual” contra um time maior. O CSA se propôs a fazer o que dava, diante da distância entre os dois clubes, jogar por uma bola, e essa estratégia que é legitima e frequentemente adotada por times sem recursos, é realmente digna, quase deu certo, nem tanto por méritos do CSA, mais por deméritos do Galo que não se encontrou no seu melhor dia, principalmente no quesito finalização.

Essas considerações acima mostram a realidade dos dois clubes hoje, o CSAzense feliz pela derrota simples e o Atleticano consciente de que o time pode muito mais, que diante de times infinitamente inferiores, dá pra fazer mais.

Isso deveria traduzir bem o jogo, né? Só que aí vem a realidade dos fatos, quando olhamos os números.
20 finalizações do Galo x 7 finalizações do CSA
9 finalizações certas do Galo x 2 finalizações certas do CSA

Assusta, depois de tudo que escrevi, confrontar o sentimento do que foi a partida com os números. Só que isso só mostra a infinita distância entre os dois clubes, o CSA feliz e satisfeito por ter sido amassado e ter encontrado uma bola (parabéns pela eficiência, gol na única chance clara), tendo o melhor jogador do jogo o goleiro. Ou seja, apesar da eficiência na estratégia adotada pelo time que jogou para não perder, no final, o time que buscou a vitória o tempo todo foi merecidamente o vencedor.

Cada um se contenta com o que pode, o Dalai considera o futebol do seu time vistoso. Jogar como time pequeno é vistoso para quem torce para time pequeno.

Sobre o pênalti, quem tinha dúvida que a desculpa seria essa? Já vínhamos prevendo isso, todo atleticano sabia que após a derrota, o fracasso seria terceirizado, afinal, o CSA nunca falha, tudo é culpa de outro, nesse caso culpam o juiz, o que não é nada perto de quem culpa somente uma administração e até a pandemia pela quase falência do clube.

E o Dalai faz questão de citar somente a opinião do Márcio Rezende (sério que ele agora é a referência de honestidade do Dalai?), até domingo, a opinião relevante sempre foi a da Janete Mara Arcanjo, será que dessa vez ela nem foi lembrada por que esteve de acordo com a marcação que desfavoreceu o CSA? Que injusto, logo ela que era a referência de honestidade do Dalai. Outro que não foi citado foi o Roger, aquele mesmo que teve até sócio torcedor do ex cruzeiro, pra ele; pênalti bem marcado.

Enfim, a justificativa para o fracasso já estava pronta antes de começar o campeonato e só usaram a narrativa que já vinha sendo construída a tempos, mesmo sabendo que o título do Galo é provável, tentaram e até conseguiram criar uma narrativa e não vão mais largar.
A estratégia de pressionar a arbitragem continua, jogadores, técnico e até dono acusando árbitro de ladrão, acusando fatores externos (buuuuu a FMF é malvada buuuu), teorias da conspiração, tudo isso isso para criar um clima desfavorável aos árbitros, que já entram em campo ameaçados, como descrito pelo juiz de domingo. É isso, cada um luta com as armas que tem, uns com a qualidade do elenco, de forma justa e dentro das quatro linhas e outros com fatores extracampo, tentando tumultuar.

Só que se a FMF é Atleticana, devia deixar para beneficiar o Galo em jogo que realmente valesse alguma coisa, não faz sentido beneficiar o Galo para ele se classificar em primeiro, sendo que por exigência dos demais times e discordância somente do Galo (por razões óbvias) o primeiro colocado não terá vantagem alguma sobre os outros em uma possível final, com jogo único.

E finalmente o dono se posicionou como eu já vinha sugerindo. Se acham que o campeonato não presta, se tem certeza que a federação beneficia o Galo, pra que participam?
Muito bem Ronaldo, no ano que vem não entrem. Mas vão abrir mão da graninha? Tem que deixar claro.

Bernard José De Assis

Caro Dalai, parabéns pelo jogo altivo que seu time fez. Estranhei nenhuma menção sua às ameças ao arbitro. Sobre o presidente do Galo, há um mês havia dado entrevista dizendo que não estaria em BH para ver o clássico. Portanto, antes do convite feito pelo Fenômeno. Enviou representante. Porque deselegância?

Janete de Azevedo

Apenas uma observação:
A mulher para ocupar os seus espaços, não precisa excluir de sua vida, a saudável presença masculina!!!

Teobaldo

Pô, Beth, assume logo que você voltou! Sem essa de “Janete de Azevedo” ou “Martha Corretja”. E se possível publique, vez ou outra, algum poema! Isso poderá sensibilizar a nossa alma masculina (alma masculina dos homens que frequentam o blog, bem entendido).

Atleticano

Sugiro que procurem o vídeo do Rica Perrone no youtube, em que ele fala sobre o pênalti no Hulk, do jogo de domingo.
Primeiro, assim como os mais sensatos, ele vê falta clara dentro da área e portanto, pênalti indiscutível.
Depois, ele da uma surra em quem insiste em plantar teorias da conspiração com relação a FMF e Galo. Resumindo, ele diz que é idiota quem continua acompanhando futebol, gastando tempo e dinheiro, tendo a convicção que é tudo armado.
Eu completo; se você, CSAzense, acredita que o campeonato é de cartas marcadas, pra que acompanha? Pra que torce?
E o clube em si (que adorou a oportunidade e aproveitou a teoria do meme ‘pênalti pro Galo’ para pressionar os juízes em seu benefício), pra que participa?

Procurem o vídeo, é um tapa na cara dos idiotas que não sabem perder e querem jogar a culpa em terceiros.

Marcilio Vaz

Para os que acham que não foi pênalti, para os que acham que é um esquema de corrupção, Rica Perrone mandou o recado: https://youtu.be/7eJx-GyujvQ
Tinha postado ele numa discursão para cima.

Slow Hand

De

Slow Hand

Lamentável as selvagerias de torcidas organizadas: o que o Dr. sugere

Teobaldo

De todas as manifestações lidas por mim nesse Quintal dos Atleticanos, incluindo as postagens do Galai, a única que realmente fez sentido foi a sua Slow Hand. Parbéns e volte sempre! Abraços, cara!!!

Teobaldo

Que o pasquim “O Tempo” baba ovo do CSA-MG ninguém tem dúvida, mas até eles já caíram na real. Vejam só o que, há até pouco tempo, estava estampado em letras garrafais em sua página principal: “Cruzeiro chega a 37 mil sócios, mas ritmo de adesões vem diminuindo”. De fato eu tinha notado que essa comédia pastelão estava com os dias contatos, mas parece que até os simpatizantes enxergaram o óbvio, ou seja, que foram enganados pelo ex-presidente e pelo Ronalducho. Além do exposto já sentiram o efeito da traulitada do último domingo e, como esperado, não há novidade nenhuma nisso, já estão abandonando o barco (furado). Apesar da nossa antiga rivalidade deixo aqui o meu incentivo: Força, gente! Vamos atingir 50.000 sócios até o final do século!!!!

Marcinha Guedes

#FECHADOCOMGALODOIDO!!!

Eduardo santiago

Olá pessoal !
Sobre aquele de Sistema de Aposta de Jogos que o Denilson comentou em uma live
Eu estou Fazendo um Lucro nas minhas apostas, e Realmente oque eles ensina vale a pena aplicar
Eles ensinam bem
Eu Aprendi Rápido

Eu consegui o Site Oficial do Curso GRATUITO
caso vocês Queira é só Acessar Aqui⬇️➡️ https://hotm.art/FutCash_SiteOficial