MUITO A CORRIGIR! 

  • por em 1 de agosto de 2022

Cruzeiro Flickr/Reprodução

Parece que o campo não ajudou (a não ser na hora do pênalti…), mas os erros em sequência, de passes curtos ou alongados, mostram que precisamos de mais ensaios. O 0 x 0 puniu os dois times, mas o Cruzeiro deve ser mais exigido porque tem ambições maiores, a primeira delas voltar ao grupo de elite do futebol brasileiro. É certo que os jogos do segundo turno são diferentes porque na reta final a esperança de figurar entre os primeiros ou o temor da zona de rebaixamento acirram as disputas de bola e a correria em campo. Pezzolano sempre bate nesta tecla, mas o que fazer com a absurda quantidade de jogadas erradas, os chutes sem rumo a gol? Será que não conseguimos melhorar nosso rendimento, mesmo considerando a deficiência técnica de algumas peças? Boa surpresa, a estreia de Chay, entrando no intervalo. Mostrou que, mais entrosado, vai elevar o grau de categoria e objetividade do time. A expectativa é vê-lo atuando ao lado de Pedro Castro, que ontem permaneceu no banco. Os dois, ano passado, foram protagonistas da excelente campanha do Botafogo. No próximo sábado, o desafio será contra o Tombense, no Mineirão. Ele é o quinto colocado, vem de bons resultados, e deve exigir mais que o Brusque. Estaremos preparados? Teremos uma semana inteira pra ajustarmos pontaria nos chutes, aprender a bater escanteio com perigo para o adversário e dar bolas “enfiadas” ou “esticadas” que possam ser alcançadas pelo companheiro. Difícil, mas possível.

500 no cercadinho – No jogo contra o Brusque, em Santa Catarina, todos os ingressos disponibilizados à Nação Azul foram comprados. Como sempre, um show. Ao final, ninguém arredou o pé do lugar. Até que os jogadores se aproximassem para a fantástica coreografia da reconstrução. Chora, periferia!

BATE PAPO NO QUINTAL

1. Mauricio – Nos 3 x 0 do Internacional sobre o Atlético, domingo, a atuação do ex-cruzeirense Mauricio, com dois gols, em chutes de fora da área, nos fez lembrar, com mágoa, o “grande” negócio patrocinado por SSR e Felipão, naquele horrível período de vacas magras: a troca com Pottker, convencido, por um milhão de reais, a aceitar o “sacrifício” de jogar no Cruzeiro…

2. Respeito! – Esta torcida sofrida, abnegada, fantástica, que há três anos nos ajudou a tirar do Cruzeiro aqueles que o corroíam, é a mesma que hoje dá ao Clube recordes impressionantes de presença na arquibancada, sendo superada apenas pelo Flamengo. Mas não tem sido tratada com o respeito que merece. O absurdo dos absurdos ocorreu sábado, dia 23, no jogo contra o Bahia. 50 mil torcedores apaixonados tiveram de enfrentar uma selva pra chegar às roletas porque, ao mesmo tempo – por inacreditável que pareça – havia um show na esplanada do estádio.

Alguém pode explicar?

3. Rei Melo – quem diria, também quer colaborar no Porta dos Fundos:

“… Quanto ao choro…buá…sempre foi assim desde 1500… Cabral desceu e já tinha gente chorando pedindo pênalti em Camões…”

Teobaldo, Jorge, Marcilio e outros candidatos ao Porta se mordendo de inveja.

4. América – Único representante mineiro na Copa do Brasil, o América perdeu para o São Paulo, no jogo de ida: 1 x 0. Resultado normal, como também seria, se fosse o contrário. Anormal foi o comportamento do bom zagueiro Iago Maidana. Teve uma noite infeliz. Falhou ao permitir que Luciano, marcado por ele, fizesse o gol do São Paulo, e falhou batendo bisonhamente o pênalti que daria o empate ao América. São coisas que acontecem com qualquer jogador. Fora do tom foram as inacreditáveis explicações de Maidana, no pós jogo: o gol foi mais mérito do Luciano e do bom cruzamento; quanto ao pênalti, bateu como sempre treinou e o goleiro Tiago Couto foi muito feliz... bla, bla, bla.

“Negando as aparências. Disfarçando as evidências…”

Isto é lindo e profundo, só na música. Quando pisamos feio na bola, a admissão do erro já inaugura um bom recomeço. Maidana precisa saber disto.

5. Pepe Legal, apontando ranço antigo da imprensa esportiva: deixar que a paixão clubística macule a informação. No modo maquiado de apresentar os fatos, as digitais aparecem. Infelizmente. Em outro viés, Pepe, persistente, continua suas investigações paralelas sobre maracutaia. Vem chumbo grosso.

6. Toinho pegando pesado:

“Dalai, como sempre, com sua “visão míope”, a mesma que insiste no tal tsunami…”

Não apenas Toinho, mas vários outros comentaristas do QUINTAL, à medida que o Cruzeiro vai se reencontrando, querem minimizar os efeitos do tsunami. Impossível. O flagelo financeiro que arrasou o Cruzeiro poderia ser minorado a duras penas no primeiro ou no segundo ano seguinte, em condições normais. Não sob os efeitos – igualmente catastróficos – da subsequente pandemia mundial.

7. José Antônio faz coro com Toinho:

“ …Sinceramente, essa conversa pra boi dormir de “tsunami e pandemia” já deu!

Meu caro José Antônio, já deu, sim. Não é só você que reclama. Até meus amigos. Mas digo-lhe o que sempre falo com eles: porque já passou um tempo, vamos fingir que o tsunami não existiu? Seria ótimo, desde que se anulassem também os efeitos dele, ou seja, os contratos absurdos, os aumentos estratosféricos de salários. Como esses “frutos” da absurda administração não podem ser simplesmente ignorados, é impossível desconhecer a origem deles. Passados quase três anos, ainda sentimos, todo dia, os efeitos deles.

8. Peppeu – auditor atleticano – divulga os últimos débitos em cobrança contra o Cruzeiro, inclusive hotel em Atibaia:

“… apenas nestes últimos 2 meses, de dívida nova já são mais de 2 milhões e meio. Em 1 ano, isto aí já bateu facilmente a casa dos 3 milhões. Nada mudou. Nada mudará. Novamente observamos aí a rolagem de dívidas para pagamento no dia de São Nunca…”

Tudo mudou. Nos últimos dois anos, era a mesma sucessão de cobranças, o time nem chegando a frequentar a primeira página da classificação, e uma administração caótica.

Hoje, time na liderança absoluta, folgada. Organização em campo e fora dele. A sensação é que o pior já passou e que a situação vai encontrando a sua justa adequação, respeitando-se direitos de credores, mas com prazos que viabilizam o cumprimento dos compromissos.

9. Pepe Legal/2 volta pra responder a Peppeu:

“Por definição, o universo não é estático. Prepare-se para as oscilações do mundo da bola! Cruzeiro SAF é um ativo com viés de alta e valorização. ”

Em outras palavras: a roda gira.

GARIMPO

“ Falar sem aspas, amar sem interrogação, sonhar com reticências, viver sem ponto final”.

(Charles Chaplin)

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

All Comments

Subscribe
Notify of
guest
39 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Janete de Azevedo

NO MÍNIMO. ..

Cuca está encucado!
Mano, o tradicional retranqueiro, avançou o Internacional no Beira Rio e o chocolataço foi inevitável!
Nos 3×0, a dose foi dupla: os ex-cruzeirenses Mano e Maurício com dois golaços, botaram pra ferver e engrossar o chocolataço!!!

Jorge

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Enquanto isso, em Brusque…. Só com o “VAR do bem”….

Ok, depois do Brusque vem o Tombense…

Eita SEGUNDA boa, sô…

Ainda bem que dá para terceirizar torcida para time da série A…..

kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

GARIMPO AZUL

“Empatar com aspas (“VAR do bem”), sofrer com interrogação (quando acaba esse vexame?), sonhar com reticências (se eu for para série B, vou passar vergonha…), viver (na série B) sem ponto final”.
By bbbruzeirense anônimo.

Jorge

Treinador do Brusque: “precisa ter três pênaltis para os adversários do BBBruzeiro para o árbitro marcar um. E ainda vem o VAR (do bem) para anular. Será que anulariam se fosse a favor do BBBruzeiro?”

Está aí uma boa pergunta: até quando o VAR (do bem) vai continuar decidindo jogos para o BBBruzeiro? Cabe investigação nisso daí!!!!

Treinador do Brusque: “Falaram que o campo era ruim. Ora, é ruim para os dois times! Aí falaram que o BBBruzeiro não está acostumado a esse tipo de gramado. Então eu dei a solução: é só não cair para a série B”. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Ninguém respeita o BBBruzeiro!!!!! kkkkkkkkkkkkkkkk

E convenhamos, é muita frescuragem, não? Três anos na série B e ainda não se acostumaram a jogar em campo ruim? Time ruim, campo ruim. Já deviam estar acostumados há muito tempo. kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

José Antonio

Bom dia Sr. Dalai,
melhor do que “fingir que a tsumani não existiu”, seria assumir a culpa do conselho omisso, ausente e incompetente que elegeu democraticamente as pessoas que iriam representar o clube e não fiscalizou como seria a sua obrigação!!!!!
Pra variar, sempre fugindo dos questionamentos … Nada sobre os ingressos dos sócios no borderô??? Vamos aguardar!!!!
O que o Sr. pensa a respeito dessa notícia:
https://ge.globo.com/futebol/times/cruzeiro/noticia/2022/07/29/cruzeiro-e-ronaldo-herdeiros-de-benecy-queiroz-movem-acao-de-r-298-milhoes-na-justica.ghtml
Também é culpa da tsunami???

GARIMPO:
É muito bom ter um VAR do BEM e amigo pra chamar de seu.

peppeu

Zé, isto apenas complementa o que eu disse: o Titanic vai afundar novamente , com a orquestra tocando música sem parar.

Pepe Legal

Pelo menos o Cruzeiro está buscando corrigir seus erros.
O CAM só voltará a ter sucesso, quando reverter essa injustiça ENORME:

https://ge.globo.com/futebol/times/atletico-mg/noticia/2022/07/28/justica-de-mg-absolve-torcedores-do-atletico-mg-acusados-de-injuria-racial-contra-seguranca-galo-consegue-indenizacao.ghtml

peppeu

Corrigir seus erros? Tudo o que mencionei mais acima se deu já no âmbito da SAF. Nova mentalidade? Pois sim…
Quanto ao Galo e o episódio acima: da parte do glorioso, ele não apenas expulsou os marginais como ainda moveu (e ganhou!!) ação de indenização contra eles. Quer mais o que? Que eles sejam seviciados na Praça 7?
Vc sabia que a prerrogativa de condenar e/ou absolver criminalmente é do Estado, né, e que o particular não tem ingerência?
Não força, Pepe.

Pepe Legal

Tristemente, em MG, parece que a chance de ganhar uma causa cresce exponencialmente quando se usa uma camisa listrada… com a única exceção se do outro lado estiver a diretoria listrada… Crise de valores e de estado…

peppeu

Uai, se vc sabe de algo concreto corra lá na Corregedoria, CNJ, MP, Corte de Haia, Tribunal do Crime, bedel do colégio, mamãe, etc.
O que não dá é para ficar aí do sofá acusando sem saber. Pesquisa então o nome do juiz e desembargadores que julgaram e desça o sarrafo sem dó.

Pepe Legal

Resposta:
Manchete: “André Cury x Atlético-MG: Justiça absolve Galo de pagar R$ 1,3 milhão de comissão a agente
Empresário ainda move outras ações judiciais cobrando dívida milionária com o Atlético”
Fonte: https://ge.globo.com/futebol/times/atletico-mg/noticia/2022/07/30/andre-cury-x-atletico-mg-justica-absolve-galo-de-pagar-r-13-milhao-de-comissao-a-agente.ghtml

Pepe Legal

A desqualificação do crime de injúria racial nesse caso em particular foi um escândalo nacional, em toda a mídia radiofônica, televisiva e de internet…

Pepe Legal

Zeitgeist jurídico e as convicções do magistrado
(Política, Religião, Futebol e Toga)

We the People;

Vinte e oito de abril de 2022. Nesse dia o Comitê de Direitos Humanos da Organização das Nações Unidas (ONU) emite o documento com a conclusão de que o ex-juiz Sergio Moro foi parcial em seu julgamento dos processos
contra o ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no âmbito da Operação Lava Jato. O ex-juiz declarou ao jornalista Jamil Chade, colunista do UOL, que “o ex-presidente Lula foi condenado por corrupção em três instâncias do Judiciário e pelas mãos de nove magistrados” e que “sua prisão foi autorizada pelo STF em março de 2018”. No mesmo dia 28/04/2022, pela manhã, o jornalista Luiz Megale, da Bandnews-FM, abordou a notícia, lembrando que na época dos julgamentos o “espírito do tempo” (Zeitgeist) como que tomou posse do país, fazendo com que todas (ou quase todas)
as decisões fossem sempre contrárias ao ex-presidente, em várias instâncias.

Recentemente o próprio judiciário brasileiro anulou os processos e agora a própria ONU reconhece o cerceamento do direito. Olhando para a história vemos também outro perigoso “espírito do tempo” tolher, com frequência, outros direitos fundamentais. Trata-se do impulso das perseguições religiosas, que se vestem de ritos processuais cuja forma, no calor das convicções, esconde injustiças que só vem à tona depois de anos. Esse movimento começa geralmente de modo tímido e discreto. Vai se
potencializando com o crescimento dos dramas e carestias sofridos pelas populações. Depois ganha fôlego ao sabor do medo e rapidamente sequestra corações e mentes de nações inteiras. Assim, frequentemente, o resultado final dessas convulsões é exatamente o oposto do desejado pelos líderes religiosos que pregam paz, amor, boa vontade e igualdade.

A vida muitas vezes é tão dura para os mais diferentes estratos da população, que um pouco de diversão é muito bem-vinda para trazer mais leveza à rotina de pelejas. Essa alegria comum a todos os povos é manifestada em festas, manifestações artísticas, eventos culturais e também no esporte. Como em todos os setores da vida humana,
esses também se tornaram oportunidades de sustento e crescimento profissional para seus participantes. No caso do esporte, em geral, e do futebol, em particular, o desenvolvimento dos negócios e da comunidade a ele agregada costuma trazer conflitos de interesse que podem se revelar escravos do “espírito do tempo”. Recentemente, antes do advento das SAF, vários clubes aprofundaram suas crises financeiras e institucionais. Um caso específico mostrou semelhança preocupante com o comportamento de manada dos julgamentos de Lula: o Cruzeiro Esporte Clube se
tornou a nova “Geni” do noticiário jurídico-esportivo e passou a perder quase 100% das ações onde era parte. Chegouse mesmo ao absurdo de haver ganho de causa de R$300milhões referente a um atleta cujo passe, adquirido no seu auge, era cotado em R$14 milhões. Outra distorção curiosa, para não dizer desesperadora aos olhos do “cidadão
comum”, era o fato de que a chance de vitória jurídica do Clube dependia do local do foro onde corria a ação. Com o fenômeno comum da rivalidade, presente tanto na política quanto no futebol, quem não se via na posição de vítima dessas ondas avassaladoras do “espírito do tempo”, se distraía comemorando a desventura do adversário, sem se lembrar que na milenar luta do ser humano para sobreviver na Terra, quem hoje contempla o sofrimento alheio pode amanhã precisar da solidariedade que negou. Quem hoje ri dos ferimentos que a vida ofereceu a um grupo ao qual
não pertença, pode amanhã ter de procurar os mesmos curativos para aliviar suas dores.

A coesão de uma nação depende do equilíbrio entre seus poderes e da relação de pertencimento de seu povo com essas mesmas instituições. Os poderes Executivo, Legislativo e Judiciário precisam, portanto, encontrar formas de ser mais refratários aos aspectos negativos (destrutivos) do “espírito do tempo”, sem perder, no entanto, a sensibilidade diante dos dramas fundamentais da vida cotidiana do seu povo. Fica, portanto, o apelo popular àquele que deve ser o mais estável dos poderes, por ser o de maior longevidade institucional dos membros, na direção de que possa ser o esteio de equilíbrio dentro da Federação e dessa com seu povo. Agindo assim, ele seguirá se consolidando como ente que não se rende incondicionalmente ao “espírito do tempo”, para não deixar prevalecer sobre o direito aquelas convicções individuais que poderiam se revelar parciais.

peppeu

O fato de haverem outros partidos e políticos tão (ou mais) sujos quanto o PT não invalida as sujeiras destes, da mesma forma que o fato de haver times e dirigentes mais picaretas que o BBBruzeiro de Mitair & Co. não torna mentira as tramoias azuis e brancas.

Pepe Legal

Falando em tramoias… alguém pode avisar ao ANDRÉ CURY que se ele quiser ganhar alguma ação contra o CAM, ele tem de tentar em outro estado?

Manchete: “Atlético-MG: André Cury notifica empresa para reter R$ 64 milhões de valor que será pago por shopping”
(Cobranças são referentes a 28 ações movidas pelo agente contra o clube)

Fonte: https://ge.globo.com/futebol/times/atletico-mg/noticia/2022/08/03/atletico-mg-andre-cury-notifica-empresa-para-reter-r-64-milhoes-de-valor-que-sera-pago-por-shopping.ghtml

peppeu

Vi aqui: o “haverem” doeu viu, pqp. Malzzz aê.

Bruno

Como fala merda este imbecil…..

Pepe Legal

Pela Paz… não Pega Pesado com o Peppeu… é o que Pede o Pepe!

Pepe Legal

Quintal Quente! …Que nem o Quentão de Qualquer Quermesse de Qualidade ou Quadrilha Que Quase Quebra a Quadra, Qualificada pelo Quórum !

Janete de Azevedo

COM MARKETING ENGANOSO

Não se edifica uma reconstrução!
O CRUZEIRO joga mal em casa e fora.
O técnico é fraco, apesar de toda a bajulação midiatica! Há sete meses o que tem conseguido imprimir ao time é uma correria desordenada, num autêntico futeboleco azul! Ainda assim, é aplaudido! Uau!!
Como um time ruim é líder com folga? É que a torcida joga com alma, coração e vida! Com essa extraordinária atuação, motiva a alguns jogadores…
Não entendo a ausência de Pedro Castro entre os titulares! Outro dia, o técnico, aos 43 minutos do segundo tempo, o escalou para melhorar o rendimento da equipe! Um flagrante desrespeito ao atleta! !!!

Maria.

Ichhhh atleticano infiltrado. Ignorem.

Jamicel

Bom dia, Dalai!

Desta vez, reconheço a péssima atuação técnica do nosso time: um misto de ansiedade e displicência, coroado pela sorte, naquele penâlti bizonho!

Louvores à nossa torcida, mais uma vez, presente em bom número.

No entanto, volto à baila e valorizo o aproveitamento em pontos, pois, em seis disputados, somamos quatro deles que, na Série B, é o mais importante!

Boa semana e até quinta-feira!

jose fernando durães saraiva

O pior já passou? Estamos ainda muito longe. Os ultimos jogos não nos da o direito de otimizar o time. Ainda estamos longe de um “já passou”…

Maria.

Claro que o pior já passou!!!! Nossa! Indiscutívelmente o pior ja passou.
Conselheiros (? rsrsrsrs) deixam de existir. O Presidente … some tb.

Rei Melo

Dalai.. algumas coisas nesse time tem que tentar compreender. O time tem jogadores medianos, a folha de salario é baixa. e o nível técnico muito baixo.. Mas estão em primeiro…
Antes .. exatamente dois anos antes.. um bando de gente inútil montou uma congregação de amigos ,, contratavam jogadores e pseudo técnicos que eram amigos dos amigos ou parentes de diretores, e o pior ninguém sabia ou interessava saber como isso era feito.. Alias antes la ninguém via ou sabia de nada…So gente inteligente kkkk tipo 430 .. os mais inteligentes , espertos e inúteis do universo kkk.. Putz… potcker kkkk.. mas a roda girou e ficamos livres dessa inteligência imbecil..
Mas hoje ainda sofremos com o tal Machado sem cabo que chuta a bola sem rumo…um Romulo que nem sei o que faz, mas uma coisa temos que reconhecer.
Estão correndo e colocando o clube de onde foi tirado por pilantras e jogadores omissos.
Hoje tem gente vendo…. analisando .. e tentando melhora o clube não a vida própria, com recurso do clube.. enquanto anos atras.. não vi ..não sei.. não escutei.. mas a culpa é da porra da Marisa kkkkk coisas do Brasil…
Quanto aos ingressos kkk acho que quem comanda o estádio ou organiza??? a entrada deve ser alguém do ex conselho do clube ou da merda da federação de ratos de MG..
Se tiver um so desse pessoal ta explicado a merda feita para ver jogos e isso tem afta o time do chororô quando joga lá..
Nota da construtora via seu mestre de obras fantasiado de cartola:
bua bua bua .. penalty bua bua pelo amor de deus me de um penaty bua bua bua.. hulk bua bua bua .. cuca bua bua bua … tem video bua bua bua .. memorando bua bua bua..hulk bua bua bua …mano menezes bua bua bua ….chora cachorrada!!

Bruno

Ta inspirado em rei da merda kkkkkk

peppeu

Dalai tergiversa e finge que não leu o que escrevi… Esta pequena amostra de dívidas foi judicializada nestes 2 últimos meses, já sob a égide da SAF e seus salvadores. Nada mudou portanto.

A referência aos períodos dos gestores passados não foi ociosa: é indiscutível que o atual time tem feito o seu paracasa na série B, e possivelmente o (meu) sonho do TETRAnaB não será realizado, e a série A já está logo ali.

Time vencedor, portanto, tal como os foram os das gestões do Gilvânus, Wagão e Mitair.

O preço pago? Cadáveres insepulcros, cuja putrefação resultou no que bem sabemos ter atravessado o BBBruzeiro nestes últimos.

E agora? Mesma coisa: se o time está vencendo, pouco importa repetir os mesmíssimos procedimentos havidos no passado. E o que é pior: sob o aplauso e cegueira de dirigentes e torcedores.

Janete de Azevedo

A SER VERDADE

O que publicou Jorge Nicola na sua coluna, sobre um suposto interesse de investidores na compra de ações da saf do CRUZEIRO, não foi nenhuma surpresa a proposta do gestor: outra vez, demonstrou ser um talentoso embaucador!

JCSR

Muito bom!
Pra completar, na quarta feira Cuca que já perdeu pro Saci, perderá também pro Marquês de Rabicó…

Bruno Araújo de Carvalho

Apesar da inimaginável campanha que estamos presenciando no ano atual na série B, destaco as partidas pífias que o time vem apresentando nos últimos jogos .. A “Turma” contratada ainda não diz a que veio e algumas escolhas do Prof. Pezollano não vem surtindo efeito. O Machado jogando de zagueiro central sendo que ele custa a render na posição de oficio (volante), pra mim é uma das escolhas que abomino do treinador. Quanta limitação Meu Deus .. ! Tomara que chegue aos 60 e poucos pts rápido para não sofrermos no final.
E no confronto do sitio do pica pau amarelo, deu Saci contra Cuca (obrigado Maurício), a bússola das frangas está sem Norte .. Que venha o Palestra !

Teobaldo

Confronto do Saci com Cuca… Rsssss! Muito bom!!!! Kkkkkk!!!!

PAULO CESAR FIALHO

Esse Machado e Rômulo, são banco no meu time de pelada. Os dois são horrorosos. Ainda bem que o Pezzolano parou de escalar o Rodolfo, que é o pior de todos.

Maria.

Ô Paulo, não sei do que vc está falando.
No Cruzeiro, as substituições são assim: sai Waguininho e, em seu lugar, entra Waguininho. Vai sair o Canesim e, em seu lugar, entra o Canesim, sai tb o Rodolfo e … no seu lugar … entra … o Rodolfo.
Fulano, diga ai: o que muda no Cruzeiro com estas mexidas?
– Bem, meu caro, o Pezzolano, com estas mudanças pretende dar mais movimentação ao ataque. Colocar o Canesim no lugar do Canesim favorece uma descida mais forte do ala.
O Waguininho entra, pela direita, ou esquerda, ou centro no lugar di Waguininho pars buscar uma melhora nos passes … verticais …
E o Dalai: é preciso melhorar os passes no último terço do campo.
huashuashuashuas

Jorge

Estão dizendo aí que o Ronaldo está trazendo um jogador para ‘incendiar’ o time e a torcida. Acho que vai ‘pegar fogo’. Só acho. Vai vendo…

Teobaldo

Deve ser o Nero… esse, sim, seria capaz de incendiar até a cidade!

Maria.

Huashuashuas. Muito boa!

Maria.

Este Nero, … é aquele que joga no Roma?

Jorge

Como não falaram mais nada, deve ter entrado água no negócio, ops….

A fera que deve vir aí é ninguém menos que o Wesley Gasolina!!!!

Vai que é sua Ronaldoooooooooo!!!

https://www.mg.superesportes.com.br/app/noticias/futebol/cruzeiro/2022/08/01/noticia_cruzeiro,3973804/cruzeiro-conheca-wesley-gasolina-lateral-direito-que-negocia-com-o-clube.shtml

Jorge
Maria.

Dalai, vc tem que (claro, em nome do bem) cumprimentar sim, o Sr Sergio, presidente do Cruzeiro, por nao ter aceito patifarias por parte de jogadores da base (que vc defendeu em nome do patrimônio kkkkkkkkkkk) do clube. E, melhor, reconhecer sua precipitada desculpa esfarrapada e equivocada de aceitação de patifarias. Esta aceitação sua poderiam (e podem. Cuidado!) causar danos maiores e irrecuperáveis a uma familia ou à
Socidade.
Vamos lá sô, dignidade nao faz msl a ninguem.