CRUZEIRO X CUIABÁ - QUINTA NO MINEIRÃO - Quintal do Dalai

CRUZEIRO X CUIABÁ – QUINTA NO MINEIRÃO

  • por em 10 de junho de 2024

Staff Images / Cruzeiro / Flickr

7 da noite. Nação Azul mais uma vez respondendo presente, lotando estádio.

Tempo de treinar, teve. Reposicionar de peças. Lubrificar o toque final ali na meiuca da pequena área. Fizemos isto? Tomara que sim. Chega de jogar bem sem resultado refletido no placar.  Raça, disposição, vontade não têm faltado em campo.  Falta o gol. Pra isto, como sabemos, há vários caminhos e o mais indicado deles se chama treinamentos.  30, 50  ensaios de jogadas por dia até que, de costas, o jogador pressinta a posição do companheiro, pra lançar a bola.  Nos últimos jogos vimos tentativas assim, rápidas, agudas, às vezes até com 3 ou quatro toques progressivos,  empolgando a torcida. 

Mas o gol não vem.

O jogo de quinta-feira terá atrações fora do gramado. Novos contratados envergando a camisa mais bonita do mundo, para a felicidade da Nação Azul. Um show de esperança anuncia que o mais rápido possível o Cruzeiro reencontrará o seu passado.

Aguardem, breve, novas “páginas heróicas, imortais”.

BATE PAPO NO QUINTAL

1. Paquetá – Em grupos sociais (dezenas suportam receber o QUINTAL, às segundas e quintas), estou sendo criticado pelo silêncio  em relação a Lucas Paquetá. “ Desce do muro, diga, pelo menos, quem tem razão: A Federação Inglesa que processa o jogador ou a CBF que o convocou para os amistosos de agora?”

Evito o tema, por falta de conhecimento seguro dos fatos. Mas percebo que, infelizmente, a questão é gravíssima e pode chegar ao banimento do jogador para o futebol.

Há coisas estranhas já apuradas:

Considerando o bom nível intelectual que o meio-campo do time inglês West Ham demonstra em suas entrevistas; considerando sua condição de milionário, com exuberante situação financeira (salário de um milhão e cem mil reais POR SEMANA!) é difícil entender a explosiva (e inacreditável) prova apresentada contra ele:

Jogos analisados:

1. Aston Villa, em 12 de março de 2022;

2. Leicester, em 12 de novembro de 2022;

3. Leeds United, em 21 se maio de 2023;

4. Boumemounth, em 12 de agosto de 2023.

A investigação estendeu-se por 9 meses e aponta evidências:

Só na cidade de Paquetá, cerca de 60 pessoas, entre parentes e amigos, apostaram que o jogador seria advertido com cartão amarelo nesses jogos. Os valores das apostas variam de R$ 46 a R$2,6 mil. Os ganhos dos apostadores chegaram a 100 mil libras (R$ 670 mil).

A primeira casa de apostas a levantar suspeitas sobre o jogador foi a Betway, principal patrocinadora do próprio West Ham, intrigada com o número incomum de apostas feitas no jogador, pra ser amarelado, rastreadas até a ilha onde ele nasceu…

2. Augusto não abandona sua criativa campanha pra desidratar nossas “páginas heroicas, imortais.” Anuncia o próximo “Campeonato Mundial de Carrinhos de Rolimã”; Dá notícias de disputas de Finca e Bente-altas (Baseball-americano). Sem esquecer o Souza F.C.

Tudo bem, a gente também não esquece o Afogados da Ingazeira.

Mas não seria melhor vocês desistirem do Futebol Feminino?

3. Ataçaénossa marreta pesquisadores de resultados marcantes do futebol e que se esqueceram de histórico Atlético 6 x 1 Flamengo:

“Quando se meter a pesquisar, pesquise direito…”

Digo-lhe o mesmo, olhe o descuido:

Corinthians 11 x 2 Atlético (1929) – amistoso em São Paulo, dia 12 de outubro. Dois anos depois do “título nacional” de 1937, disputado com a Marinha e outros times do sudeste.

Atlético 1 x 9 Corinthians (1950);

Atlético 2 x 7 América (1952).

4. Roberto Cardoso de Sousa e Peppeu ainda atordoados com a reconstituição do “Crime de Lourdes” procuram qualquer coisa que sirva de defesa. Acharam a primeira, foi um contra-ataque: Em certa época, durante a grave crise do Cruzeiro, o Ministério Público iria assumir a sede da rua Timbiras e o Clube receberia R$ 150 milhões…

Como não dispõe de poder expropriante, teria antes, de requerer esta providência à Prefeitura ou ao Estado. Recordo-me de ter lido notícias assim, em meio a outras com ofertas de novos pretendentes.

Não se sabe, até hoje, se houve essa intenção por parte do MP ou se não passou de habituais fakes.  Se houve, ou não,  a proposta torna-se irrelevante, porque não foi concretizada. E no direito não se pune intenções,  como os próprios Roberto e Peppeu observaram. 

Por exemplo: se você reúne uma quadrilha pra roubar o troféu do Atlético de Campeão do Gelo, mas não pratica nenhum ato concreto, não há punição legal. A intenção não saiu do projeto.

O segundo contra-ataque pincela uma nova visão sobre o “Crime de Lourdes”:

porque ninguém reagiu contra a desapropriação do estádio? Não havia outros Poderes? Onde estava o Ministério Público? Os tribunais superiores?

Roberto resume:

“Um crápula assina um decreto e, com a conivência de todos (olha lá de novo: TODOS), os outros crápulas o referendam?

É essa a leitura?”

Meus caros Roberto e Peppeu: lembrem-se de que em 1970 estávamos vivendo os chamados “Anos de Chumbo”, ditadura militar que acabou com eleições nos Executivos estaduais e municipais. Governadores e prefeitos eram nomeados. Por quem? Pelos que mandavam no País. Foi um prefeito com essa origem que atendeu às súplicas do Atlético, liberando poupuda soma. Suficiente para a sua recuperação financeira. Pra “legalizar” a doação, assinou uma espécie de “Decreto de Fantasia”, desapropriando o estádio atleticano. Era obrigatório apontar uma motivação e então optou-se por uma finalidade imaginária: construção da nova sede administrativa da Prefeitura, no prazo de 15 anos.

Os “outros crápulas” não podiam fazer nada. Seria enfrentar o Poder Federal. Ademais, era um ato administrativo formalmente perfeito. Se vivêssemos uma democracia, o decreto do Prefeito seria questionado por ferir de morte um dos tripés do ato administrativo: a impessoalidade. Ela “estabelece a imparcialidade na defesa do interesse público, excluindo preferências ou aversões pessoais ou partidárias.”

Assim, formalmente perfeito, o Decreto de Desapropriação passou incólume pelas instâncias revisoras. Consumou-se a primeira etapa do crime contra o Município, deixando pavimentado caminho para a segunda fase: A Ação de Retrocessão pra retomada do imóvel já que a Prefeitura não construiu sua sede no bairro de Lourdes…

Um grande e poderoso líder político, atleticano explícito, combativo, Hélio de Carvalho Garcia (1931/2016), agiu/influenciou o quanto pôde ou foi preciso pra facilitar (ou não dificultar) a tramitação da “mutreta legal” seja como Prefeito de BH (1983/84), ou Governador (1984/97 e 1991/94).

Para quase metade dos mineiros era uma boa causa. E consumou-se o Golpe de Mestre.

Seria hilário, se não fosse trágico.

5. N.R. Parte da coluna já estava editada quando a Revisão detectou erro jurídico no primeiro bloco do item 2, acima, e corrige: Se uma quadrilha tenta roubar do Atlético o Troféu de Campeão do Gelo não poderia ser processada pois trata-se de  crime impossível.

6. Sincericidio encerra debate – Não se falará mais neste minifúndio sobre o “Crime de Lourdes’. Coube a Fala Sério, com toda a sua autoridade moral na Barraca Atleticana, colocar um ponto final:  

“Dalai, de fato, parece que a Prefeitura desapropriou o terreno pra ajudar o Atlético.”

O inacreditável, absurdo e criminoso Ato Discricionário do Prefeito em 1917 “desapropriando o terreno” justificou-se com uma finalidade falsa (jamais pensada seriamente) mas legal: construção da nova sede administrativa.

Só Mãe Dinah poderia ter reagido a este decreto, mas ela não era deputada nem integrante do Ministério Público.

 GARIMPO

“O diabo é um otimista. Pensa que pode fazer as pessoas piores do que são.”

(Karl Kraus)

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

All Comments

Subscribe
Notify of
guest
36 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
romulo

Agora a sula ficou fácil pro micróbio azul; vai pegar o vencedor de boca e suco del valle. Um é o atual vice da liberta e o outro foi vice em 2016. Vejam, eu disse da libertadores. Imagino o tanto q eles comemoraram ao cair no chaveamento com essa potência da segunda divisão brasileira… kkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkkk

Ataçaénossa

A pesquisa sobre grandes goleadas fez referência, se não estou enganado, ao Brasileirão… Mas houve sim lapso da parte de Ataçaénossa ao não citar Cruzeiro 2×6 Fluminense, em 2005… A Taça É Nossa!!! GaloPenta!!!

ROBERTO CARDOSO DE SOUSA

Palmeiras 7 X 3 Cruzeiro (não lembro o nome do torneio, mas era um desses caça-níqueis patrocinados pela Conmebol, que nem existem mais.

Ataçaénossa

Mercosul. Cruzeirim tomou de cinco do Sport do Recife pela CB dentro do nosso Salão de Festas … Um time sempre muito respeitado e difícil de ser batido na Cidade do Galo.
A Taça essa é nossa!!!

Augusto Andrade

V06 tomaram de 6.
5 gols do CRAQUE Leonardo.

Augusto

Tem também Galo 9 x 2 CSA de Sousa, naquele jogo que o placar foi combinado para prejudicar o pobre Mequinha. Que foi combinado, foi, mas exageraram na combinação um pouquinho.

peppeu

E sobre um certo placar aí de 9×2 em cima do Palestra/Yale/BBBruzeiro/CSA-MG?

Fala Sério

E a vergonha das Chacotas de Minas não param:

Estão noticiando que os cracks Arana e Savinho no último jogo da seleção, na hora de cantar o hino nacional na parte que fala A IMAGEM DO CRUZEIRO RESPLANDECEEE, eles ficaram calados, não cantaram!

Ķkkkkkkkkkkk rindo até 2061.

É muita mágoa acumulada!

Outra coisa que já falei 500 vezes, jogador das codornas na seleção é Zica pura! Não vai ganhar nada! Lembram do 7a1 eterno da Alemnaha, né?

Essas galinhas não podem ver uma vergonha que quer passar!

Pruuui tiiiii tiiiii

Marcelo SJ

Eta falta de assunto!!!
O CSA/MG está tão ruim assim?

Jemerson Fala Nada

o que uma franga faz aqui em blog do Cruzeiro?

peppeu

Tá certo, BCO, tá certo…

ROBERTO CARDOSO DE SOUSA

Na coluna passada:

ROBERTO CARDOSO DE SOUSA:

“Assim como “era época da ditadura, portanto, os defensores da lei e dos bons costumes (Ministério Público, Câmara dos Vereadores, etc., etc., etc.) não puderam defender a pobre população que fora enganada pelo Prefeito Atleticano Malvadão”.

PEPEU:

“No caso da sede do BBBarro Preto, caro confrade, a saída do Galai será dizer que não haveria perfídia na mera imaginação, cogitação, elucubração que não se traduziu em algo material”.

Na coluna de hoje, por Galai:

“Meus caros Roberto e Peppeu: lembrem-se de que em 1970 estávamos vivendo os chamados “Anos de Chumbo”, ditadura militar que acabou com eleições nos Executivos estaduais e municipais. Governadores e prefeitos eram nomeados”.

“Como não dispõe de poder expropriante, teria antes, de requerer esta providência à Prefeitura ou ao Estado. Recordo-me de ter lido notícias assim, em meio a outras com ofertas de novos pretendentes. Não se sabe, até hoje, se houve essa intenção por parte do MP ou se não passou de habituais fakes. Se houve, ou não, a proposta torna-se irrelevante, porque não foi concretizada. E no direito não se pune intenções, como os próprios Roberto e Peppeu observaram”.

ROBERTO CARDOSO DE SOUSA e PEPEU, com os poderes concedidos por Mãe Dinah, informarão os números a serem sorteados no próximo concurso da mega-sena. O fato é que o nosso anfitrião está ficando por demais previsível. Kkkkkkkk!!!!!

peppeu

Confrade Roberto Cardoso de SOUSA (em garrafal mesmo, homenageando o terror da Paraíba…), dada a liberdade e poderes mediúnicos que me foram outorgados, ouso fazer mais algumas previsões:

– Seabra não durará até o final da temporada;
– o BBBruzeiro em breve flertará com o Z4 e nos garantirá boas risadas;
– no bloco político, a turma dos Perrella em breve dará sinal de vida.

Foi o que a minha bola de cristal trouxe por hoje.

Marcelo 13

Quê lenga-lenga chata esse papo de terreno. Até parece que aqui é imobiliária!!!

Jemerson Fala Nada

“Eu joguei futebol profissional por vinte anos. Dezessete times, umas oitocentas partidas, duzentos e tantos gols de tudo quanto é jeito. E vou falar uma coisa pra você: tenso, tensão braba mesmo, de ficar com nó na garganta, perder o sono e tal, eu só senti uma vez.
Te juro por Deus.
Foi na semana daquele Cruzeiro x Atlético em 2011. Era a última rodada do Campeonato Brasileiro e… vamos dizer a verdade, né? Os dois times estavam muito mal. Os dois! Uma draga lascada. O Atlético um pouco menos porque já tinha se livrado do rebaixamento. Nós ainda não.
Passei a semana inteira ouvindo palhaçada da torcida dos caras. Que vão cair, que o Galo vai ciscar vocês pra Segundona, que não sei o quê… Teve um sujeito que toda noite, todas as sete noites seguidas, sem falta, o miserável soltou rojão na porta da minha casa. Foi osso.
Eu só pensava em entrar logo em campo, meter um golzinho, um só, 1 a 0 tava bom, e acabar logo com aquilo. Mas os dias se arrastavam. Eu chegava na Toca da Raposa de manhã pra treinar e sentia o clima pesado por todo lado, principalmente na cara dos funcionários do clube. E ó, nesses anos todos de bola, nessas minhas andanças de norte a sul, leste a oeste, se tem uma coisa que eu aprendi é que, quando os funcionários do clube deixam de brincar, de sorrir, de fazer piada no dia a dia, quando tudo isso desaparece de uma vez, bom, é porque a situação é terrível. A gente precisava vencer de qualquer jeito. Um empate não adiantava.
Então, pra mim e pra todo mundo no Cruzeiro, o último jogo do Brasileiro de 2011 contra o Atlético era uma final. Jogo de vida ou morte, não tinha definição melhor.
Fiquei aliviado e a confiança subiu assim que eu pisei no campo, dei uma espiada em volta e vi. Ela estava lá. A faixa WELLINGOOL num cantinho. “Oba! A Mooca presente! Hoje é dia do mucho loco varzeano!! Ninguém me segura. Se eu tiver que morrer aqui pro Cruzeiro não cair, eu vou morrer.”
Até hoje, aonde quer que eu vá, seja lá em que parte do mundo eu esteja, o meu coração é um motorista bondoso de Belo Horizonte: ele sempre vai me conduzir pro Cruzeiro ou pra Mooca, o que pra mim dá quase no mesmo.”

– Wellington Paulista.

•⁠ ⁠: Gazeta Press, Lucas Seixas

Jemerson Fala Nada

Algumas notícias:

1) O Menin encontrou com o Pedro lourenço em um evento de festa junina e o Pedrinho falou que conversou com o dono da MASSA FALIDA para voltar com clássicos com torcida dividida. Ele está rea;mente devolvendo o futebol ao seu verdadeiro dono, o TORCEDOR! Ao contrário das pequenas aves que querem afastar os torcedores dos estádios e da Arena zebra cega;

2) No futebol feminino o time das frangas está em último lugar, sem nenhuma vitória em 11 rodadas. A gestão é tão ruim que fizeram um jogo contra o Cruzeiro com portões fechados, tal o desprezo que eles tem pelo futebol feminino, mais uma VERGONHA na conta das pequenas aves de Vespasiano;

3) E na Espanha treis torcedores foram condenados a 3 anos de prisão por insultos racistas ao jogador brasileiro Vini Jr. Chamavam ele de “mono” em jogos do real Madrid. BEM FEITO! o futebol está cheio desses malandros, delinquentes que acham que podem fazer tudo que quiserem. Agora outros vão pensar duas vezes antes de falar termos racistas contra jogadores;

4) Aqui no blog mesmo um desocupado escreve com vários nomes, tipo marcelo13, fala sério, augusto, roberto, romulo e outros nomes, o dia inteiro achincalhando o Cruzeiro e os cruzeirenses, uma hora o blog pode ser notificado por abrigar uma figura nefasta como essa que não respeita ninguém. Esse é um caso de psiquiatra, um cara que tem uma obsessão doentia em relação a um clube de futebol. Mas aqui ele tem acolhida e é até respondido, vamos aguardar, uma hora o malandro é preso tbém, cadeia que é lugar para transgressor.

Jemerson Fala Nada

correção: os torcedores foram condenados a 8 meses de prisão e 2 anos afastados dos estádios. TOMA DISTRAÍDO!

JCSR

Caro Dalai, bom dia! Tem também aquele time campeão do “brasileirinho” de 1937: -neste mesmo torneio levou 6 X 0 do Fluminense. Tenho prá mim que tal torneio aconteceu em 1927 pois sendo esta data Pantaleão do saudoso Chico Anísio provaria a veracidade do fato.

Augusto

Boa tarde a todos,
Sob o patrocínio do Supermercado BBBH, vamos às notícias de La BBBestia CaBBBulosa, hoje conhecida como CSA de Sousa.
“Pelo Primeiro Campeonato Mundial de Corrida de Carrinhos de Rolimã”, realizado na pista inclinida da Toca da Raposa 2,. o CSA de Sousa foi o grande campeão derrotando na final com grande distância uma equipe da Groelândia.Os azulinos 9.2 estão em festa com mais um título mundial dessa potência que não pára de elevar o nome de Minas, confirmando o que diz o seu quase sexagenário hino: “Existe um grande time na cidade”.

Jemerson Fala Nada

E direto do Blog Quintal do Dalai vai se espalhando as tolices e obsessão doentia para outros blogs ESPORTIVOS:

AUGUSTO
10 de junho de 2024 às 12:25
Gente cuidado com este cidadão FAKE, é Eduardo Silva, que tenta de toda forma destruir o Blog do Dalai.

AUGUSTO
11 de junho de 2024 às 09:24
O paladino da má educação, tentando ser educado.

O FAKE aqui do blog está perseguindo outra pessoa em outro blog kkkkk

O Eduardo Silva entrou na sua menteeee…kkkk

Sofre sofredor!

A VERGONHA SE ESPALHA!

José Antonio

FRASE DO ANO:

“EU NÃO SOU VÍTIMA DOS RACISTAS, SOU ALGOZ DE RACISTAS!”

Vinícius Júnior

obs: Frase fantástica! O cara enfrentou os meliantes, não se curvou diante dos delinquentes! Sou fã número 1. NINGUÉM deve se curvar a gente vagabunda, fakes cheio de obsessão como esse que vemos aqui! CADEIA PRA DELINQUENTE!

José Antonio

da série Zoando as pequenas codornas:

1) Dizem alguns sofredores que frequentam o Campinho Zebra Cega nos jogos do ÁTOMO DE MINAS que o barulho dos carros passando na avenida abafa o som da torcida. Tem torcedor que fala que não ouve o que as Torcidas Organizadas ficam cantando, não tem acústica nenhuma. Estão contratando o grupo Furacão 2000 para colocar a aparelhagem de som deles dentro do Campinho da MRV….kkkkk SÓ CHACOTAS!!

2) Mas o CEO do campinho falou que vão gastar uns 2 milhões para colocar umas caixas sbwoofer perto das cabines de transmissão de rádio e tv para parecer que tem torcida no estádio. Toda hora uma novidade e um gasto a mais no campim grama solta…kkkk

3) E com essa conversa de placar, de goleadas surgiu uma ficha técnica de um jogo CRUZEIRO 14 X 3 ALT MINEIRO no dia 17/08/1921 no estádio Prado Mineiro em Belo Horizonte…kkkk Tragam um troféu para esse historiador azul…kkkk SE eu fosse as frangas eu parava de falar de goleada, daqui a pouco aparece mais, tô avisando!

4) E na página do instagran do jornalista jaeci carvalho ele falando: Um torcedor do galo me falou que comprou um camarote na Arena MRV e me arrependi porque é um silêncio sepucral, é um silêncio absoluto! kkkk E os depoimentos não param vindo dos pateticanos sofredores.

5) E no Programa DONOS DA BOLA da BAND: O jornalista e narrador Uilisses Costa: E o cruzeiro vem forte para desespero de muita gente, porque fraco ele já venceu na Arena meu Rival Venceu, imagina forte agora, muiiiittaaaaa gente vai sofrer de novo com o Cruzeiro….kkk

CHACOTAS FOREVER!

PRUUUUUUUU TIIIIII TIIIIII

Augusto

E agora sob os auspícios dos Supermercados BBBH, vamos a uma notícia extraordinária :

Descobertas nos anais da Biblioteca Pública de BH, evidências que a maior goleada na história do clàssico CSA de Sousa x Atlético Mineiro, ocorreu em 17/08/1921,numa tarde deliciosa de verão, fato que está registrado no 6º Cartório de Oficios e Notas, da Av. Afonso Pena.

Vamos aos detalhes desse “massacre”

CSA de Sousa 14 X 3 GALO no dia 17/08/1921 no estádio Prado Mineiro em Belo Horizonte.
Ficha Técnica
Juiz : Papai Noel
Auxiliares : Huguinho e Luizinho: quarto árbitro, Zezinho
VAR : Pato Donald
Gols : CSA de Sousa : Mula sem Cabeça (03), sendo um de cabeça, Saci Pererê(04), eleito o melhor do jogo, sendo 01 de bicicleta, Cuca (02), não confundam com o treinador, Velho do Saco (02),nos outros três gols não houve registro, porque o árbitro ficou desorientado com tamanha goleada e saiu para confeccionar os presentes para o Natal de 1921.
Gols do Galo : Caipora, Curupira e Negrinho do Pastoreiro, todos de pênaltis inexistentes, inventados gentilmente pelo bom velhinho.
Após o jogo a diretoria do Galo, gentilmente, mandou uma carta escrita de próprio punho, parabenizando a diretoria azulina 9.2

Marcelo SJ

Ai credo………

Fala Sério

O fake agora é Marcelo SJ ?? De São João Del Rei? Não envergonha sua cidade! Uma hora a PM vai te buscar ai, fica esperto!

Eduardo Silva - Fake Fala Serio

Ai tô com meda!!!!! Vai trabalhar Pervertido Vagabundo!!

Peppeu

Favelado, boca imunda!

peppeu

Confrade, pervertido como ele é, o sonho do BCO é ser conduzido num camburão e apanhar na cara.

Marcelo SJ

Acorda otario! Não tenho culpa alguma de suas frustrações. Me esquece…..

peppeu

E o Galo?

Marcelo SJ

E o Galo?? Ganhou de novo, kkkkkkkk!

José Antonio

Como aqui não se fala de futebol, só sofredor magoado…

Ontem teve jogo:

Bragantino 1 x 2 PEQUENAS AVE

E o timinho-que-queria-ser-grande ganhou do poderoso Braga em um jogo de várzea. Um monte de botinudo tomando um monte de cartões amarelos e vermelhos.

O goleirinho Cleiton que é cria da MASSA FALIDA entregou a paçoca no primeiro gol das frangas, saiu mole do gol e o atacante foi mais esperto.

Outra ex-codorna foi o tal do Sasha que mandou o juiz tomaticru e foi expulso, um jogador meia boca no mundo.

Mas as pequenas aves ganharam e foi uma Vitória de Pirlo como disse um confrade, ganharam mas saíram com o exército destruído, sem jogadores para o proximo jogo contra o Parmeras.

Mas cadê o melhor, maior e mais caro elenco do mundo, de Vespasiano?

Timinhoooo….timinhoooo

Pruuui tiiiii tiiii

Eduardo Silva - Fake Fala Serio

kkkkkkkkkk O VAGABUNDO PERVERTIDO em outros blogs é de uma educação sem igual. Mas aqui assanha o rabicó para tomar enrabada.kkk

Augusto

Putinha de blog, só ofende, não fala nada de futebol, só caçando atenção de homem, seu doente! Vira homem, seu moleque!

peppeu

Amigo Zé Antônio, bom dia e uma dúvida: vitória em jogo feio também vale 3 pontos?

Marcelo SJ

Está exigindo demais do BCO. Kkkkk