OS NÚMEROS NÃO MENTEM?

  • por em 29 de outubro de 2023

Cruzeiro/Gustavo Aleixo/Reprodução

(Por Rafael de Novaes Rocha)

Meus amigos e amigas, ele chegou: estamos oficialmente no fim do ano.

O natal já se avista no horizonte e Roberto Carlos se prepara para seu especial. No futebol, os campeonatos vão conhecendo seus desfechos. Velhos e novos campeões; o êxtase da vitória; a frustração da derrota; e a luta pelas vagas das competições internacionais e contra as temidas vagas do descenso. O fim de ano também é a época em que os boleiros estatísticos saem de suas tocas. Época de Tristão Garcia e dos matemáticos da UFMG tirarem a poeira de suas calculadoras e colocarem gasolina no fogo da ansiedade dos torcedores.

A cada dia, novos números e novos percentuais probabilísticos nos assombram. Há algumas semanas, o Cruzeiro tinha menos de 10% de chances de rebaixamento, então, subiu para quase 20%, durante algumas semanas de pura tensão, e, após nossos dois últimos triunfos, voltamos à estaca tranquila do um dígito percentual.

Com pouca intimidade com os números, devo admitir que essa numeralha pouco me faz sentido. Servem mais para chamar atenção nos caça-cliques e renovar as conversas de bar. Fico imaginando o torcedor do Santos, por exemplo. Pouco acostumado com o temido fantasma da B, ele abre esse tipo de notícia e vê que seu time tem 50% de chances, de permanecer e de cair. Ora, pelo nível técnico do elenco santista e pela sequência dura de jogos até o fim do campeonato, não seria mais negócio para o Santos decidir todas as suas partidas de agora em diante no cara ou coroa? A probabilidade é a mesma. Metade metade.

Tento me agarrar menos nesses números e mais na média de pontos que os 16º colocados – os primeiros times fora da zona – costumam terminar o campeonato. O número mágico é 45 pontos. Essa é a pontuação que geralmente livra do rebaixamento.

Com 37 pontos, o Cruzeiro precisaria, então, de mais 8 para se garantir na Série A. Você classifica essa tarefa como fácil ou difícil? São mais nove jogos pela frente. E a chave parece ter mesmo virado após a vitória sobre o Atlético. Por isso mesmo, estou confiante em 9 empates e, consequentemente, 9 pontos até o fim do campeonato.

Acredito que o uglyball do Cruzeiro de Zé Ricardo nos classificará à Sulamericana (mesmo com uma vaga a menos, após a derrota do Fortaleza na final). Claro, isso é o que eu espero que aconteça. Enquanto houver 1% de chance de rebaixamento, haverá 99% de ansiedade. A ver.

BATE PAPO NO QUINTAL

1. De cabeça fria – o Cruzeiro ganhou um silencioso, mas importante reforço para a reta final do Campeonato. A psicóloga Maira Ruas faz parte da comissão técnica do clube desde as vésperas do clássico contra o Atlético de Minas. Estreou com vitória. Não fará gols, nem milagres, mas será fundamental para fortalecer e blindar o mental de nossos atletas. Esse tipo de profissional é cada vez mais vital no futebol moderno. Além de tudo, Maira fez sua carreira no Vasco da Gama. Ou seja, está preparada para qualquer desafio psicológico.

2. Laion vice-campeão da sula– O Fortaleza perdeu a final da Sulamericana nos pênaltis para a LDU, terror dos tricolores brasileiros. Uma pena. Minha torcida era para os cearenses. Time simpático, futebol bem jogado e um trabalho bem feito. Infelizmente, significa menos uma vaga em disputa para a Sulamericana no brasileiro deste ano – que seria aberta com a vitória do Fortaleza.

3. Lidson Potsch eleito presidente do Cruzeiro – o título fala por si só. Nada a comentar. Apenas a esperança de que nossas piscinas e quadras poliesportivas estejam em boas mãos no próximo triênio.

4. Brasileirão adiado – o calendário apertado do futebol brasileiro fez com que a CBF adiasse o fim do Brasileirão para a primeira quinzena de dezembro. Mas os cartolas seguem sem nem cogitar mexer no vespeiro dos estaduais para aliviar o péssimo calendário de jogos.

5. Fim de papo – encerro minha participação mensal por aqui. Daqui pra frente nesta coluna, todas opiniões são de responsabilidade integral do blogueiro titular. Até a próxima! Espero voltar para escrever com tranquilidade e alegria sobre a permanência do Cruzeiro na Série A.

6. Rei Melo faz inquietante retrospectiva sobre outros atos bizarros, históricos, cometidos pelo Atlético mostrando que a palhaçada do clássico não foi incidente isolado e, sim, a digital de um DNA maluco, a começar pelo projeto do presidente Elias Kalil, nos anos 60, de abrir um túnel, no Mineirão, pra ficar próximo do bandeirinha, podendo assim pressiona-lo. O filho, Alexandre Kalil, assumindo a presidência mandou pintar de preto o manto azul de Nossa Senhora Aparecida abrindo uma temporada de maldições difícil de acabar. A atual direção do Clube apenas mantém a saga.

7. Fred Melo Paiva – o cronista atleticano, um dos melhores Brasil afora, resguardou-se após a carimbada do clássico. Não houve coluna no sábado seguinte. Está digerindo a pancada, pensei. Não quer soltar palavras, sabendo que depois não pode recolhê-las. Enfim, está filtrando a cabeça.

Sábado, finalmente, saiu a crônica engasgada. Um substantivo resume tudo: vexame. E relacionou os principais:

– Ser covarde

– Ter Felipão como técnico, com suas entrevistas sem nenhum respeito ao torcedor

– Retirar portas de banheiro da torcida adversária

– Ter um diretor de marketing fazendo o marketing da arrogância às vésperas do jogo

– Saber que esse pateta tem todos os predicados para se tornar presidente do clube, já que agora tudo que os donos do Atlético esperam é que um pateta seja o presidente. Se bem que o cargo está mais pra rainha da Inglaterra do que para bobo da corte

– Perceber que agora somos nós os arrogantes, e que o vestiário deles respira a raça e amor de que tanto nos orgulhamos um dia. Aqui o cara entra funcionário e sai jogador do Flamengo

– Não ter ninguém da direção, nenhum dos nossos donos, a colocar a cara uma palavra ao torcedor. A não ser para versar sobre os rumos da economia do país ou a safra de uvas da Europa. Uma coisa completamente ridícula.

8. Primeiro clássico no Mineirão, VEXAMÃO!

Por incrível que pareça, o primeiro clássico entre Cruzeiro e Atlético no Mineirão ficou marcado por um vexame maior ainda. Quem informa é Eduardo Silva, transcrevendo noticiário:

“No dia 24 de outubro de 1965, o Cruzeiro disputava e vencia o primeiro clássico contra o Atlético-MG no Mineirão. A partida, conhecida como “Fuga das Galinhas”, recebeu esse nome após péssima atitude do rival da Raposa. Tostão marcou o gol da vitória celeste, no entanto, no segundo tempo, o árbitro marcou um pênalti claro de Décio Teixeira sobre Wilson Almeida, aos 34 minutos, a favor do Cruzeiro. A equipe atleticana não aceitou e foi pra cima do árbitro Juan de la Pasion Artés, que chegou a ser agredido pelos jogadores e também pelo técnico. Após a atitude inaceitável do Atlético, os jogadores do rival da Raposa foram expulsos e o jogo acabou, com vitória cruzeirense.

Cruzeiro: Tonho, Pedro Paulo, William, Vavá e Neco; Hilton Chaves e Dirceu Lopes; Wilson Almeida, Tostão, Marco Antônio e Hilton Oliveira. Técnico: Airton Moreira.

Atlético: Luiz Perez, João Batista, Vander, Bueno e Décio Teixeira; Buglê e Villadonega; Buião, Toninho, Roberto Mauro e Noêmio. Técnico: Marão.

Gol: Tostão, aos 35 minutos do primeiro tempo.”

9. João de Deus Filho, entre tantos acertos, comete um ato falho:

“…Talvez, para o pobre coitado e sofredor torcedor azul, de agora até eternamente, essas sejam as únicas comemorações que terá. Claro que tudo isso junto da vitória sobre o Atlético na Arena MRV. Façanha que deverá ser comemorada por uns 2 anos (estimativa que faço, considerando a última vitória do Cruzeiro sobre o Atlético) …”

Meu caro João de Deus, você acha mesmo que a carimbada inaugural da Arena é coisa pra ser esquecida em dois anos? Ou seriam duas gerações?

Há entendidos que apontam equivalência entre a façanha de 22 de outubro com o 6 x 1 de Sete Lagoas. Outros afirmam que é maior a relevância do carimbo oficial no primeiro clássico, pelo entusiasmo atleticano com o seu estádio. Feito inimaginável, naquelas circunstâncias. Jamais será esquecido. Inapagável. A imagem do Cruzeiro resplandecerá sempre que se falar em primeiro clássico na Arena Meu Rival Venceu.

10. Roberto Viana, cirúrgico:

“A melhora do meio campo celeste se deve à qualidade de passe do Lucas Silva e do Matheus Pereira. Com isso, o ataque está recebendo bola redonda e o Bruno Rodrigues está deitando e rolando.”

Concordo. Mas acho que Bruno Rodrigues rende mais quando se desloca para a esquerda. O grande desafio de Zé Ricardo: efetivar um camisa 9.

11. Torcida cruzeirense – Já me referi, aqui, algumas vezes, ao apoio extraordinário que recebi da torcida quando caiu nas minhas mãos o desafio de afastar a administração que dilapidava o Clube. Jamais conseguiria sem a força da Nação Azul. Saí da presidência do Cruzeiro e entrei logo neste QUINTAL pra agradecer. (Uns, não poucos, acham que seria pra castigar os leitores…)

O tema torcida volta ao foco, trazido por Eduardo Silva ao comparar números recentes, impressionantes, em grandes jogos:

Clássico paulista, Palmeiras x São Paulo: 32.618 torcedores;

Vaga na Libertadores: Grêmio x Flamengo: 22.325 torcedores;

Briga na parte baixa da tabela: Cruzeiro x Bahia: 36.104 torcedores.

Briga na parte de cima, sábado, Arena MRV: Atlético x Fluminense: 23.003 torcedores.

In claris cessat interpretatio.

GARIMPO

“O problema do mundo de hoje é que as pessoas inteligentes estão cheias de dúvidas e as pessoas idiotas estão cheias de certezas.”

(Charles Bukowski)

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Categorias:
Notícias

All Comments

Subscribe
Notify of
guest
32 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Gustavo Bianchetti

Caro, Neto do Blogueiro!! Ou Galaizinho!!

Sério que você escreveu que não houve coluna do Fred Melo Paiva no sábado seguinte ao último clássico?? Ou foi só pra gerar engajamento na coluna?? Agora me responda: se o último sábado não foi o imediatamente posterior ao clássico, ele foi o quê??

joão de deus filho

rsrsrsrsrsrsrsrsrs.

Marcelo

É só falar no Atlético que ficam perdidos , kkkkkkkkk

Augusto

Marcelo apareceu? Tava borrado até hoje? Tava perdido?

Eduardo santiago

Fala Pessoal Casa de Aposta com Bug ta Pagando Muito.

Só esse Mês ja Lucrei mais de R$ 8.500 Reais aproveitem galera

Eu ensino nesse Vídeo a Estratégia e o Horário Pode ir que o Tiro é Certeiro

Acesse o Site Aqui ⬇️➡️ https://www.comecebem.site/lucrando-com-bug-da-casa/

Teobaldo

Curiosamente, Galai, eu TINHA CERTEZA que a frase destacada no GARIMPO de hoje era do filósofo galês Bertrand Russel…

ps.: sem provocação e longe do trocadilho infame, galês é o gentílico dos nascidos no País de Gales… Rsss! Abraços!

JCSR

Henry Charles Bukowski ( /buːˈkaʊski/; nascido Heinrich Karl Bukowski; Andernach, 16 de agosto de 1920 — Los Angeles, 9 de março de 1994) foi um poeta, contista e romancista americano nascido na Alemanha.

VibrandoMaisQueAfogados

Jumentinho Comentando Sobre Regurgitação

Eduardo imbeSilva

Leia novamente, JCSR, e se tiver dúvidas na interpretação do texto, peça ajuda.

joão de deus filho

Bom dia/boa tarde/boa noite.
Meu caro colunista.
Talvez eu não tenha me expressado de forma clara.
Quando comentei sobre as possíveis comemorações da torcida azul daqui a 2 anos, não é porque esse é o período que vcs vão demorar prá esquecer, mas sim o tempo que o seu time gasta, em média prá vencer o meu atualmente. E acho que a tendencia é esse período aumentar.
E continuo afirmando que o torcedor azul, com uma probabilidade de acerto de uns 90%, nunca mais irá comemorar um título de expressão. Haja visto que deixou de ser uma potencia no futebol. Hoje, qualquer pessoa que tenha mais de 2 neurônios sabe disso.
O CSA-MG passou a ser o adversário preferido de qualquer time que disputa qualquer campeonato.
Estou falando bobagem??? Perguntem a torcedores de qualquer time Brasil afora. Quem eles preferem enfrentar: Palmeiras, Flamengo, Galo, Gremio, Fortaleza, São Paulo, Corinthians, Botafogo, Fluminense, Internacional ou CSA-MG.??? E olha que dá prá incluir até mesmo Cuiabá nessa lista.
O CSA-MG hoje se equepara a CRB, o xará CSA, Chapecoense, Londrina, Sampaio Correa e outros nesse mesmo nível.
Se formos falar de passado, eu não discuto a grandeza do CSA-MG.
Que um dia já foi grande, já impôs respeito.
Mas, isso já tá ficando distante, tá se apagando na memória do torcedor azul. Passado passou.
Já são 5 anos sem um título de expressão. São quase 30 sem um título internacional.
E as perspectivas prá conquistar algo grande são cada vez menores.
A luta e as comemorações do torcedor azul agora serão por vitórias e por permanencia na série A.
A outra briga do CSA-MG à partir de agora é tentar disputar os títulos do estadual. lembro aos desavisados que nesse período enfrentamos nas finais o América, o Athlétic, e que o CSA-MG conseguiu a façanha de nem figurar entre os 4 classificados para o quadrangular final do Mineiro.
Ou seja, essa é a nova realidade do CSA-MG.
Sei que vai ter choradeira, alguns vão espernear, xingar.
Mas, ao deitar, irão chorar ao pensar no que falei, pois a verdade muitas vezes dói.
Mas, eu entendo vcs.
Prá quem batia no peito e gritava “Time grande não cai” deve ser duro entender que vcs não são mais time grande. Caíram, ficaram por 3 anos na divisão inferior, na maior parte do tempo não aparecendo sequer na relação dos 10 primeiros colocados e chegando a temer a queda prá série C.
E hoje não são mais nossos principais rivais. Estão no mesmo patamar de América, Caldense, Tombense, etc.
Quanto à nossa Arena, houve falhas sim.
Mas, é um processo inicial e estamos no período de testes.
Temos um estádio lindo, maravilhoso. Nosso.
E eu entendo a frustração do torcedor azul, que sabendo que nunca vai poder sentir o sabor de ter sua casa própria, procura criticar a nossa casa.
Falar nisso, vou pesquisar, dos 20 clubes que disputam o Brasileirão, quantos não tem estádio.
1 eu já sei.
Mas, devem ser poucos. A maioria está se estruturando e se preparando pro futuro.
Outros, caminham na contra-mão.
Que assim continuem.
Um grande abraço.

joão de deus filho

Equepara = equipara.

Hugo Esperançoso

Eu tenho esperança de vencer o Galo em 25. Tenho esperança de ficar na série A de Atlético esse ano. Tenho também esperança de ser vice mineiro no ano que vem. Minha esperança não morre. Espero um dia não precisar mais gritar GAAAALOOOO mordendo minha fronha… Oh, vida!

Augusto

Marcelo voltou agora com nome de Hugo?

Marcelo

Está ressentida menina?

Augusto

Boa tarde,
Sem mais delongas, trazemos agora notícias quentinhas, com detalhes do projeto do deputado Aécio 9.2 Neves, que sonhou alto, participou do Golpe de 2016, mas que continua na mesma até hoje. Ou seja, não fede, nem cheira……
Mas voltando ao projeto do dito cujo, já foram aprovadas emendas para que o 22 de Outubro seja feriado em nossa querida BH e demais municípios mineiros.
Primeira emenda : será adquirido um telão, instalado na Praça Sete, para que os transeuntes tenham oportunidade de rever os principais lances do clássico e principalmente o golaço marcado pelo zagueiro-artilheiro Jemerson.
Segunda Emenda : Também na Praça Sete, será instalado um alto falante que repetirá em alto tom : “Chupa Galo! Chupa Galo! Chupa Galo!
Terceira emenda : Serão distribuídas canecas de plástico com figuras alusivas ao momento maior do clássico, que foi o gol de São Jemerson, o milagreiro da Arena MRV.

Essas notícias são uma colaboração do

Centro de Cultura Italiana Ipiranga Yale Palestra Cruzeiro CSA Arena Rabicó do Ponto Cego Surdo Mudo Grama de Pasto Cocota Xacota Fofoca Pruuuutititi “Aqui é Galo”

Eduardo Silva

Sr. Dalai, boa noite!

Vamos aos números das partidas:

EL PEQUETITO BORRADOR 2 X 0 RESERVAS FLORMINENSE – Arena Zebra Cega

Público: 23.003
Renda bruta: R$ 1.088.126,25
Despesas: R$ 921.448,05
Renda líquida: R$ 166.678,20

Cruzeiro 3 x 0 Bahia – TOCA 3

Público: 36.104 torcedores
Renda Bruta: R$ 1.245.130,00
Despesas: R$ 597.707,22
Renda líquida: R$ 647.422,78

OBS: Nem as codorninhas querem mais conhecer o campinho mais tecnológico e moderno do mundo? kkkk Se continuar assim, começa a contabilizar PREJUÍZO!

SÓ LAMENTO!

VibrandoMaisQueAfogados

Quer trocar tudo? Patrimônio, colocacao, aspiração, Tetras, almas? Almas, não, né, Imbessilva? Alma vcs não têm.

Marcelo

a franga sumiu e agora voltou latindo, cadelinha do blog.

Augusto

Bom dia a todos,

Trazemos aqui uma notícia de última hora :

As diretorias do CSA e do Galo estão se reunindo na surdina para estudar uma troca de estádios para o resto do Campeonato. A ideia é a seguinte : O CSA, que não tem se dado bem jogando no Mineirão, embora venha tendo um lucro exorbitante, em razão da presença fantástica da nação azulina 9.2, a que mais cresce no Brasil, iria ter a partir de agora, como sua casa ,a Arena Rabicó da Zebra Ponto Cego, pois foi lá que esse esquadrão de aço conseguiu o maior triunfo das últimas décadas, humilhando o Galo em seu próprio terreiro, inclusive jogando milho para a torcida das frangas, que saiu com o rabo entre as pernas.
Em contrapartida, o Galo, que só tem dado vexames na Arena, vai passar a comandar os seus jogos no Mineirão, onde se espera que essa torcida micro do Galo compareça com mais assiduidade e ajude o time a não ir para a falência, porque agora o futebol não interessa mais. O importante é ter lucro.

Essa é a informação, dada em primeira mão pelo

Centro de Cultura Italiana dos antigos Yale,Ipiranga,Palestra,Cruzeiro e hoje CSA Pruuutititi “Aqui é Galo”

Eduardo Silva

Sr. Dalai, boa tarde!

E reportagem do O Tempo:

Arena MRV poderá não alcançar projeção de faturamento em 2024.

Segundo Bruno Muzzi, CEO do clube, em entrevista no dia 21 de agosto, a projeção é que, por partida, o Galo garantisse R$ 2,5 milhões (por jogo), sendo R$ 80 a R$ 85 milhões por ano, com a equipe disputando, pelo menos, 35 jogos no local.

Público e renda líquida do Atlético na Arena MRV em 2023

Atlético x Fluminense – 23.003 – R$ 166.678,20
Atlético x Cruzeiro – 42.058 – R$ 1.746.767,91
Atlético x Coritiba – 38.358 – R$ 1.209.947,70
Atlético x Cuiabá – 36.104 – R$ 1.069.651,15
Atlético x Botafogo – 31.720 – R$ 1.292.447,31
Atlético x Santos – 29.782 – R$ 965.710,60

OBS: Em nenhum jogo obteve esse valor projetado de 2,5 milhões por partida. No último jogo deve ter dado prejuízo. Imagina jogar para um público de 23 mil pagantes e dar PREJUÍZO?

É ISSO, EU AVISEI!

Estádio é um equipamento caro que dá mais despesa do que lucro. E ainda vai gastar 10 milhões para trocar o gramado para grama sintética.

SÓ CHACOTAS!!

VibrandoMaisQueAfogadosEJuazeirense

Verdade. O grande barato é não pagar o aluguel do imóvel utilizado e mesmo assim chamar o inadimplemento de Toca Três e outras momices.
Pobres e coitados aqueles que construíram sua Casa Própria. Possuir um estádio: só gte idiota se preocupa em ter. Beira-Rio, Morumbi, Arena MRV, Allianz… Aaaaaaaargh! Viva o Tetra. TetraNaB. Estadual vale nada não.

Peppeu

vai latir suas tolices lá no blog das galinhas seu filho da puta.

Marcelo

Esse tal de Eduardo Silva é realmente um enorme babaca. Nota-se claramente que ele não escreve o que quer, escreve para agradar ao Dalai e o neto( por quem nutre verdadeira paixão).
Aliás, Dalai não precisa nem se dar ao trabalho de ler jornais e sites. O babaca se encarrega disso, kkkkkkkkk

Eduardo Silva

Deixa eu me si divertir com essa galinha fake:

Esse tal de Eduardo Silva??? Kkk
Enorme babaca???? Kkkk Ainn, tô ofendido agora….kkkk

Nota-se claramente??? Kkk

Que franga ciumenta essa minha gente??? Kkkk Falam que já existe a cura gay e pra homi véio ciumento? Tem cura?

Essa galinha gosta de ficar aqui escrevendo como Augusto, Marcelo e outros nomes falando do Cruzeiro, agora o CRUZEIRENSE não pode falar mal das CHACOTAS DE MINAS? KKKK

Tá pedindo arrego, seu FROUXO!

Ain, ain, estou com ciúmes desse tal de Eduardo Silva…kkkk

Ain, ain, sou uma codorna ciumenta! Kkkkk

Vira homi seu porquera!

Marcelo

Sentiuuuuuuuuuu
Assina logo o recibo!!!
Enorme bbbabbbaca, mamador de saco do Dalai

Eduardo Silva

Quem assinou o recibo foi vc sua putinha do blog. Eu só te respondi.

Late mais que tá pouco… auauau….kkkk

Uma galinha em blog cruzeirense e ainda querendo censurar as postagens dos cruzeirenses?

FRANGA SAFADA!

Vira homem, seu moleque!

Marcelo

Kkkkkk!
Se respondeu, sentiu!!!
Bbbabbbaca, mama saco do Dalai!!!

Pedro Starling

Mas que rapaz insistente Eduardo, eu acho que ele está apaixonado por você Hehe, esses pateticanos são comédia.

Marcelo

Pode assinar também Pedro, mas tem que mostrar a procuração!!
Uma dúvida, você é aquele(a) que quando peida fede a borracha queimada?

Pedro Starling

a rapariga da sua mãe seu filho da puta.

Pedro Starling

tenho uns amigos ai em S.João que são da Mafia Azul, a sede fica atrás do Posto Central, vou falar pra eles te fazer uma visita seu bosta. quebrar os dentes da sua boca, seu otário

Luana

Oii estava navegando em seu blog e encontrei diversos artigos interessante como este. idade do roberto carlos