SUPERCLÁSSICO SUPERESCANTEADO

  • por em 28 de janeiro de 2024

Vinnicius Silva/Cruzeiro/Flickr

(Por Rafael de Novaes Rocha)

No próximo sábado, dia 03, Cruzeiro e Atlético fazem a primeira decisão do ano. Se é que podemos chamar esta partida de decisão. A Federação Mineira de Futebol agendou o primeiro clássico de 2024 para a anticlimática terceira rodada do campeonato. 

Com folga, este é o jogo mais importante e esperado na fase de grupos do Mineiro; como produto, seguramente é o recordista de audiência, também com amplíssima vantagem em relação ao segundo colocado. Aliás, arrisco dizer que este é o único jogo interessante nesta fase do campeonato. Mesmo assim, a FMF agendou a partida para esta data pouco atrativa. Os estaduais são um período de testes até que os times encontrem a equipe com a afinação ideal. Na terceira rodada, os clubes ainda estão longe de saber as suas escalações ideais e com o físico ainda sendo recuperado. 

Some à falta de visão da FMF, o fato de que a partida teve de ser remarcada por conta da Supercopa do Brasil, que ocorrerá no Mineirão, no dia seguinte, domingo. Esta era a data original para o clássico. A partida entre São Paulo e Palmeiras, respectivos campeões nacionais do ano passado, não poderia ocorrer no estado de origem das equipes por conta da imposição de torcida única que assombra as canchas paulistas nos clássicos. Então, a CBF, buscando alternativas para o palco da final, iniciou um leilão entre seus conchavos feudais das federações de futebol estaduais. 

A Federação Mineira levou a melhor: jogo com duas torcidas no Mineirão. Linda festa paulista, transmi$$ão nacional, etc etc etc. Mas esqueceu de um pequeno detalhe. A alguns quilômetros da Pampulha já estava marcada a partida entre Cruzeiro x Atlético Mineiro, algumas horas mais tarde na Arena MRV. Pensando em evitar uma batalha campal entre torcidas neste dia (Palmeiras e Atlético-MG de um lado, São Paulo e Cruzeiro de outro), o clássico foi escanteado para o sábado.

Em resumo, São Paulo e Palmeiras vêm a Belo Horizonte porque não podem jogar em São Paulo com duas torcidas no estádio. E vejam só. Foi anunciado que o clássico mineiro – superescanteado pela superfinal da supercopa do brasil – é que terá torcida única do Atlético.

A piada já vem pronta. 

BATE PAPO NO QUINTAL 

1. Qual a cara do Larcamonismo? – Ainda não é possível saber. Foram dois jogos. Muito pouco a ser analisado. Análises podem ser precipitadas e penso que o clássico definirá muita coisa no trabalho de Larcamón. Enquanto isso, faço um apelo ao profe: aulas reforçadas de português. As coletivas pós-jogo são incompreensíveis. Portunhol nota quatro (isso só porque o Cruzeiro ainda não perdeu).

2. Dois anos de clássico com torcida única – Voltando ao tema “torcida única”. O CEO do Cruzeiro, Gabriel Lima, anunciou detalhes de um acordo com o outro lado da Lagoa para que os clássicos tenham torcida única dos mandantes pelos próximos dois anos. A assepsia da torcida única chegou a Minas. A festa linda da torcida cruzeirense no triunfo na Arena MRV no ano passado dá a dimensão da importância da torcida visitante. Até Felipão se manifestou contrário à ideia: “Acho ridículo”.

3. Sem responsabilidade – A partir deste tópico, as opiniões proferidas neste QUINTAL são de responsabilidade exclusiva do blogueiro presidente. Me despeço desta coluna com pensamentos positivos (e pouco confiantes) para o clássico de sábado. Até a próxima!

4. Cruzeiro – Vice campeão da Copinha! A equipe, terceira mais jovem  entre todos os 128 disputantes, perdeu a final para o Corinthians, 1 x 0, no campo do adversário apoiado por mais 40 mil torcedores. Fizeram um brilhante primeiro tempo, dominando os paulistas na maior parte dos 45 minutos. O gol, que não saiu por detalhes, aconteceu no final do segundo tempo em chute de fora da área, com rara felicidade, no ângulo esquerdo de Otavio. O goleiro, nesta jogada, não conseguiu repetir seus milagres.

No fim, a torcida azul aplaudiu os vice-campeões, a grande maioria deles pronta pra brilhar na equipe principal.

Não se pode dizer que a vitória do Corinthians foi injusta, como não seria caso o Cruzeiro vencesse. Mas aquele lance que, no inicio do segundo tempo, resultou em gol do Cruzeiro, anulado segundos depois pelo juiz e, sete minutos depois pelo VAR ainda tem quer ser muito explicado. Bola alta na pequena área paulista. O jogador do Cruzeiro pula vertical visando cabecear a bola, está de costas para o goleiro que salta em sua direção e o acossa fortemente. Ambos caem e se levantam rápido. A jogada prossegue e vem da grande área o chute a gol. 1 x 0. O banco do Cruzeiro vibra, com as confraternizações de praxe. Só depois percebem que o juiz, tão logo feito o gol, havia sinalizado falta anterior na área…

O VAR gastou sete minutos pra decidir que 40 mil torcedores na Arena do Corinthians, no feriado municipal, dia do aniversário de São Paulo, não poderiam ser contrariados.

Meu caro leitor, minha estimada leitora que conseguiram chegar até aqui neste texto (com licença do Juca Kfouri): me respondam rápido: se o lance fosse na área do Cruzeiro o VAR iria consumir sete minutos pra confirmar o gol?

5. Alerta Geral – Falando nos vice-campeões da Copinha, vamos reforçar as fechaduras da Toca! Fernando Seabra está se transferindo para o Red Bull Bragantino, 9º time  na relação de “valuation” do ano passado. Perigo à vista!

Alexandre Mattos era diretor de futebol do Cruzeiro. Saiu para o Athletico-PR. Pouco tempo depois Victor Roque estava lá.

6. Bruno em ataque frontal ao blogueiro:

“… sempre apreciador de números e estatísticas, principalmente quando beneficiam o Cruzeiro, não deveria ficar irritado com uma singela informação de um estudo sério. Não foi piada, está publicado.”

Meu caro Bruno, você não é o primeiro a me acusar de confundir “valuation” com resultado final no Brasileiro. Não tive essa intenção. E também não me irritei. Mas, sem dúvida, me expressei bem longe do que queria. Fui incapaz de explicar o que pensava e me parecia tão simples: investir numa equipe, valoriza-la no mercado, nem sempre significa garantia de títulos ou até mesmo permanecer nos primeiros lugares. Era como explicar a diferença entre um círculo e um quadrado. Simples assim.

Fui tão mal na redação que Bruno me adverte:

“O Grêmio não está na lista porque vale menos que os demais, a base de cálculo do “Valuation” não é a posição que o time ocupa ou ocupou em competições”.

Se o entendido foi isto, nota zero em clareza para o texto anterior do blogueiro.

7. Marcelo cobra uma posição sobre Dedé e a ação judicial movida pelos empresários do jogador, com sentença de primeiro grau divulgada na última semana. Pretendiam 300 milhões e a Justiça está concedendo 30, decisão sujeita a recurso.

Não conheço detalhes do processo. Sempre se soube, porém, das complicações, mal-entendidos e problemas gerais originados pelo fato de pertencer a um grupo de empresários o passe do jogador. Adicione-se a isto o infortúnio das graves contusões, os longos, intermináveis períodos de recuperação e as alternâncias no comando do Clube enfraquecido, em muitas fases, pela incompetência, desinteresse, leniência de profissionais que o representavam.

A minha curta passagem pela presidência do Cruzeiro coincidiu com o propósito do jogador em submeter-se a uma nova cirurgia, não recomendada pelos médicos que consultei. Convoquei o Jurídico para intervir e fui informado de que se agíssemos nesse sentido poderíamos ser alvo de pesada ação judicial por danos, etc. movida pelos empresários. Simplesmente, não havia o que fazer.

Tivemos três grandes azares: as contusões de Dedé, a ganância dos empresários e a incompetência dos que representaram o Cruzeiro nas várias etapas de negociações.

8. Ainda Tostão – em sua comentada coluna do dia 24, o craque  também se refere ao seu início nos gramados:

“Quando comecei a jogar no juvenil do América-MG, com 14 anos, o técnico Biju me chamou e disse: “Treine bastante com os outros, mas não se esqueça de praticar sozinho, de fazer coisas diferentes, de desenvolver o que você gosta.” Cada um faz do seu jeito.”

Mas antes do América teve o time do Conjunto IAPI, na avenida Antônio Carlos, bairro São Cristóvão, onde Tostão morava com seus pais. Paralela à avenida, na rua Manoel Macedo, morava o blogueiro, integrante mediano do juvenil do Pitangui, um dos poucos times amadores que possuíam ótimo campo de futebol iluminado. Numa noite, fizemos um amistoso com o time do IAPI. Parecia tudo normal, até que um menino baixinho, de uns 10/11 anos, passou a esconder a bola no meio de campo, de um jeito incrível. Ninguém tomava dele… Só depois da bola na rede.

GARIMPO

“Nunca se mente tanto quanto antes das eleições, durante a guerra e depois da pescaria.”

(Georges Clemenceau)

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

All Comments

Subscribe
Notify of
guest
23 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Observando de longe

Bom dia a (quase) todos os participantes desse espaço.

Esse democrático blog do Dalai é o lugar das torcidas se encontrarem, contarem suas vantagens, diminuirem o feito dos adversários, enfim, de zoação mútua. Pena que alguns bbbruzeirenses de pavio (e inteligência) curta não aprecie a brincadeira e estejam sempre de mau humor, sobretudo um pervertido que fica vagando por aí, desesperado por não conseguir controlar o que é escrito no blog. É divertido e bem engraçado vê-lo espernear e se sentir na obrigação de responder todo mundo. Pelo menos essa é a perversão mais branda dele…

E eu até entendo a situação do bbbruzeirense, já que estão passando por um giro descendente da roda que vai durar 50 anos. Terrível, terrível, terrível.

Mas o importante nessa época de vacas magras seria ver o copo meio cheio. Por exemplo, nessa temporada, completam dois anos seguidos na série A. Um grande feito depois de três na série B. Dá para ficar cheio de vaidade e contar muita vantagem! Acho que esse é o caminho.

VAR DO BEM x VAR DO MAL

Na final da copinha o VAR malvadão entrou em campo e assustou os meninos. Deve ser por isso que tomaram um gol e perderam o jogo… Já na primeira rodada do campeonato estadual, às vezes chamado de mineiro, às vezes de rural, o VAR do Bem surrupiou um gol do adversário do BBBruzeiro, impedindo um empate que seria o resultado mais justo daquele tradicional clássico regional. Na segunda rodada, o VAR do Mal, marcou um pênalti legítimo, mas indevido, e expulsou correta, mas equivocadamente, dois jogadores bbbruzeirenses. Está na hora do Ronaldo exigir: só queremos o VAR do Bem!

CENTROAVANTE DO BBBRUZEIRO

Depois de um ano de 2023 em que os jogadores bbbruzeirenses não entenderam ‘o espírito da coisa’ do futebol e se recusavam a fazer gols, para resolver o problema e contribuir para que os tentos comecem a acontecer, o BBBruzeiro trouxe um tal de Dimenno. Depois do pênalti cometido no sábado, seu saldo de contribuição nos gols do time é um ‘dimenos’. Noves fora, nada! Terrível, terrível terrível.

ENTREVISTA PÓS JOGO

Jogador do BBBruzeiro (conformado): ‘não é o resultado que a gente queria, mas valeu por pontuar. Um pontinho que pode fazer diferença lá na frente para a gente se classificar.’

Jogador do Athetic (revoltado): ‘a gente precisa mais seriedade, mais capricho para matar o jogo. Dominamos o time deles por todo o segundo tempo e deixamos dois pontos para trás. Isso não pode acontecer.’

TORNEIO/RODADA INÍCIO – COMEÇOU O CAMPEONATO!

Depois de uma primeira rodada em ritmo lento, uma espécie de torneio início de uma rodada inteira, começou o campeonato de verdade para o Galo. O resultado de ontem na Arena mais tecnológica do Brasil foi modesto perante o volume de jogo apresentado pelo time do Galo. Agora vamos para a próxima partida para pegar mais ritmo. Porque, além do mineiro, que já estamos dominando por quatro anos consecutivos, nossa meta para essa temporada é também a Libertadores, o brasileiro e a Copa do Brasil. Como disse o Felipão, queremos tudo! O Expresso-MRV vem aí! Tremei-vos! Hulk-Scarpa-Paulinho. Quem segura essa locomotiva?

Ah… e lembrando… Superclássico, Rafael? Menos, né! Talvez para vocês. Para nós, mais um jogo de três pontos… Como disse o Felipão: “Não é um clássico ou um jogo qualquer que vai nos fazer mudar a programação da fisiologia e da preparação física”. É isso. Que venham os três pontos e só.

E agora eu vou para o camarote para ver o pervertido estrebuchar aqui no blog. Tá mais divertido que só zoar bbbruzeirense. E eu vou, mas eu volto. Fica tite, não. Vejo vocês por aí, antes de ver de novo na SEGUNDA. Abraços.

Marcelo

VAMOS ENSINAR UMA GALINHADA MAGOADA;

1. O cara acorda umas 6 horas da manhã para vir aqui correndo ser o primeiro a escrever e o texto é tão longo que é até maior do que o escrito pelo blogueiro, o espaço é para comentário mas o cara quer ser o protagonista.

2. E começa com a pérola: “Bom dia a (quase) todos os participantes” e continua “Esse democrático blog do Dalai é o lugar das torcidas se encontrarem, contarem suas vantagens, diminuirem o feito dos adversários, enfim, de zoação mútua…” DIMINUÍREM tem acento no i, corrige ai… Mas o fake ESQUECE que não tem nenhum Cruzeirense para interagir aqui, sabia não? Aqui é um espaço para ele arrotar MENTIRAS e toda sua mágoa em relação do Cruzeiro e seus torcedores.

O Rafael Rocha escreveu um monte de coisas ai em seu texto e qual comentário sobre até agora? NENHUM. E quantos comentários haverão? NENHUM também.

3. E o time ASA de Vespasianus PERDEU a primeira partida para o Patrocinense, e ganhou a segunda ontem do Democrata. Qual o comentário sobre esses jogos? NENHUM. E haverá mais algum? NENHUM.

Ou seja, o cara tá preocupado com o Cruzeiro, com o seu atacante, com o time sub17 da Copinha, mas só MENTIRAS e previsões furadas. O cara vem aqui TODOS OS DIAS arrotar mentiras e tolices, não necessariamente nessa ordem.

4. O fake vem com outra pérola: “estão passando por um giro descendente da roda que vai durar 50 anos.” kkkkkk Como é mesmo o ditado que diz que Praga de urubu magro não pega em cavalo gordo… kkk 50 ANOS vai durar o que mesmo? O OTÁRIO não sabe o que vai comer hoje a noite e fica nessa ladainha idiota?

Aqui essas galinhas acham que torcem para o Real Madrid da Espanha. É o torcedor do Bangu querendo zoar o torcedor do Flamengo. O Santos foi para série B e fico imaginando o torcedor do Novorizontino zoando o santista: Vcs são pequenos, não ganham mais nada, quem vive de passado é museu, nós que somos grandes agora…kkkk

Mas esse coitado deve ter sido molestado por algum cruzeirense para ter essa tara de fazer esse textão recheado de mágoa, mentiras e tolices!

O Galai empoderou toda essa imbecilidade, falta de respeito e putaria contra a instituição CRUZEIRO ESPORTE CLUBE!

Late mais que tá pouco franga fake FRACASSADA!!

Marcelo

Esse GARIMPO é, com absoluta certeza, o retrato fiel do Brasil!!!

Observando de Longe

Concordo! Nunca se mente tanto quanto como aqui no blog da Galinhas Fracassadas! Concurso de mentira aqui é diário!

Marcelo

OBS: não lhe perguntei absolutamente nada……..

Marcelo

Ô Dalai, nomear o jogo Atlético x CSA/MG de super clássico? Isso não te pertence mais!!! No futebol, já te disse, passado não resolve nada no presente!!!!!

Observando de Longe

Concordo, as galinhas tomaram taca na Arena da MRV, a Arena Zebra Cega ano passado e já virou sacanagem, as frangas TREMEM quando vê pela frente o cruzerão.

joão de deus filho

Bom dia/boa tarde/boa noite.
Veja como são diferentes as visões sobre o ex-clássico.
Ele é chamado de clássico apenas pela torcida azul, que sonha com uma época que já não existe mais.
O jogo que é chamado pelo cronista como o mais importante do estado e também de único jogo interessante dessa fase, mostra como é a visão do torcedor azul.
Os 2 clubes hoje tem visão totalmente opostas sobre esse jogo (clássico é como é chamado pelos azuis).
Enquanto o CSA-MG entra em campo com sangue nos olhos, correndo atrás da bola como se fosse um prato de comida e a única oportunidade de ter alguma alegria no ano, caso consigam a vitória, que será comemorada o resto do ano, o Galo tá enxergando o jogo como apenas uma preparação pros nossos objetivos que são grandes esse ano.
Vamos entrar tranquilos, querendo ajustar o time e deixar o torcedor sonhar com um ano que pode ser maravilhoso.
Nos preocupamos mais com os jogos contra o América, o Athletic, Tombense.
E enquanto o cronista diz que pode ser o jogo mais importante, temos mais preocupações com outros clubes que no momento, brigam prá ver quem será o segundo, terceiro ou quarto lugar em Minas. O CSA-MG que deve ficar na quinta colocação, vai jogar a vida no próximo sábado. Pode ser a única alegria do ano.
Sei que tá difícil a vida do torcedor azul.
Afinal, são quase trinta anos sem um título internacional. São 7 anos sem uma Copa do Brasil. São 10 anos sem um Brasileirão. E são 4 anos sem um Mineiro (ou seriam 5?), sendo que muitas vezes sem conseguir nem chegar à decisão. Isso, do Mineiro.
Ah! Um detalhe: O CSA-MG é um dos poucos clubes no estado que não tem estádio. O único que não joga em casa. Paga prá jogar. E segundo a Minas Arena, tá devendo diversos meses de aluguel. Que prá receber, vai ter que entrar na fila, como dizem os torcedores azuis, quando o assunto é dívida.
Quanto ao Larcamão, eu diria o seguinte: ninguém sabia como era seu esquema de jogo. E vão continuar sem saber. Logo logo estará indo embora e deixando mais uma conta prá ser paga pelo Ronaldo.
E o torcedor azul que andou saltitante há poucos dias, depois das duas primeiras rodadas, volta ao seu estado normal, que perdura há 4 anos, tristeza profunda. Já se deu conta que mais um ano de provações e agonia vem aí.
Como eu sempre digo: torcedor azul que viu seu time ser campeão, viu.
Os mais novos, só vão ouvir histórias dos mais velhos.
Por isso, continuo com minha sugestão: fechem as portas do clube e montem um museu.
Vcs vão ter taças antigas prá expor e muitas histórias prá contar.
Vão viver do passado.
Alguém duvida????
Grande abraço a todos.

Observando de Longe

e chegou o Jão Dragão, aquele que falou que dragões existiram, embora extintos igual o Cruzeiro…kkkkk

E TOME MAIS MENTIRAS!!

Ele escreve um textão pra EXPLICAR que as frangas não estão preocupadas com o Cruzeiro?? kkkkk SÓ PIADAS!!

SE não estão preocupadas porque esse textão todo?

E tá sugerindo que o Cruzeiro feche as portas? kkkk

Mais um boboca, que o Galai empoderou e que vive de mentiras e idiotices aqui todos os dias.

Jão mentiroso dragão, o pinóquio do blog.

ROBERTO CARDOSO

Clássico com torcida única é a prova incontestável da falência da segurança pública.

Observando de Longe

e é carnaval….

E nesse período momesco o Galai vai organizar o bloco do Quintal das Frangas Magoadas.

Isso mesmo!

As frangas vão desfilar pela Afonso Pena no carnaval de rua de Belo Horizonte esse ano.

BLOCO DAS FRANGAS DO GALAI

O fake marcelo, augusto, observando de perto, de longe vai fantasiado de franga/jumento, cabeça de galinha e corpo de asno. O Galai vai montado nele, dando xibatadas, pula, pula jumentinho.

O Joào de Deus Filho vai fantasiado logicamente de filhote de dragão soltando fogo pelo rabo e pelas ventas. Ele desfila de mãos dadas com Alice do País das Maravilhas.

Outra ala terá o Marílio que se esconde com nome fake de Teobaldo. Este vai fantasiado de vinho tinto e o Galai vai sambando com ele e segurando na sua rolha.

E o Galai vai como de costume, sua fantasia de Bobo da Corte Oficial, BCO para os íntimos, cantando e festejando junto a sua trupe de pateticanos de seu blog Quintal das Frangas magoadas.

Não deixa o samba morreeerrr….não deixa o samba acabaaar….

Observando de Longe

Esqueci:

O Manuel Panhame vai fantasiado de Galinha Semi Caipira aquela que nasceu na roça mas foi crada na cidade. Vai pulando e ciscando e as vezes sentando no pau do Puleiro das Frangas.

Manuel Panhame

A Deselegância não tem nome definido, mas todos sabemos de quem se trata.

Marcelo

Com certeza absoluta!

Marcelo

Pessoal, ignorem o Pervertido Desprezível Bobo da Corte Oficial.
Usem a barra de rolagem em seus comentários, visto que é muito fácil identificá-lo.

O Objetivo dele é tentar implodir o blog, como já dito pelo Sr. Dalai, contudo, se for ignorado, logo, logo vai procurar outro espaço. Ele quer apenas atenção para poder demonstrar sua irracionalidade.

Deixe-o sozinho verbalizando suas idiotices, tentar enfrentá-lo neste campo vai ser perda de tempo, neste campo, pois ele já entra com uma grande vantagem.

Augusto

FMF emite nota oficial:

Federação Mineira de Futebol emite nota oficial anulando jogo

Da Redação 29.01.2024
Atualizado às 15:32

A FMF no uso de suas atribuições resolve anular a partida América 6 x 1 Ipatinga porque esse placar não pode ser aplicado mais no Campeonato Mineiro.

Esse placar ficou como exclusivo do Asa de Vespasiano como o 6a1Eterno, então será reiniciada a partida ou o América faz o 7 ou o juiz anula o gol do Ipatinga.

Revogue-se as decisões em contrário!

Belo Horizonte 29 de janeiro de 2024.

Manuel Panhame

Eduardo Silva, por que vossa pessoa, assinando e reconhecendo firma, não investe neste estilo? Seria muito bem vindo e melhor apreciado. Foi engraçada a tomada: 6×1 não pode mais, virou patente azulina. Pense nisso: troque tudo por essas investidas espirituosas…
PS.: só para corrigir, pontualmente… Não foi no CAMpeonato Mineiro. Mas ainda assim tá bom assim. Melhor assim. Eduardo Silva. Nome porreta. Nome de historiador treme-treme.

Manuel Panhame

Há exatamente três tipos de frequentadores sapateadores Atleticanos neste Quintal que por definitiva ocupação leva o nome desses intrépidos, donos não apenas de terrenos situados ao longo da Cidade do Galo, como também de toda esta Minas Gerais de Rodrigo Caetano e Belmiro, posse categórica e consolidada do Clube Atlético Mineiro, o Clube dos pretos e dos brancos… Temos, com efeito, por aqui aqueles que apreciam pisotear o presente azulino e o fazem por vocação. Contamos também neste minifúndio com os que fazem questão de aplaudir algo do passado do BBBruzeiro… E, por derradeiro, Manuel Panhame… Isto mesmo que leram e copiaram aqueles todos que foram bem alabetizados em gloriosos Grupos Escolares: Manuel Panhame, filósofo de carteirinha, historiador da safra de Osvald Spengler e atleta de alcova parça de Ernest Ingmar Bergman e Manuel Francisco dos Santos, pertence à classe daqueles que mesmo se esforçando não conseguem enxergar um ínfimo ponto digno de aplauso nesta centenária história de imigrantes mal vistos e pior afamados, que muito corretamente escolheram para os mascotear um animalzinho inexistente por aqui, desonesto até não mais poder, natural de terras que não são as nossas. Quem é provido de um par de orelhas cabanudas está muito bem ouvindo e melhor entendendo… A bem da verdade, minto, eu, de quem pode ser dito que ‘sua palavra equivale ao que vai dentro do seu coração’… Admiro sim um trecho da centenária história deste clube multinomeado, ele se encontrando no período em que sofreram imposições, a Segunda Guerra em andamento, muitas humilhações, violentações eles padecendo, Manuel Panhame tendo momentaneamente bandeado para aqueles lados, ainda que apenas mentalmente, o tricampeonato 43-44-45, mesmo alcançado graças a algumas indispensáveis maracutaias pontuais, silenciosamente comemorado por este atemporal que vos fala escrevendo… Mas Manuel Panhame precisa ser deletado dos canais de acesso a este Quintal, isto para o bem estar dos que apregoam terem sangue azul: sua capacidade de irritar cruzerudos sendo malvista até mesmo pelos Atleticanos menos radicais de seu convívio. Usa-se muito escolher a dedo os momentos mais terríveis para a chacota desenfreada, a estriposa gargalhada. Manuel Panhame não usa este expediente: faz questão de visar os melhores momentos dessa instituição mafiosa para a segura demonstração de sua insignific~^ancia secular e irremediável. Existem sempre aqueles que dizem: “Parei de ler…” Pois parem neste ponto, que a partir daqui poderão e deverão seguir apenas os que foram bem iniciados filosoficamente em colégio rigoroso… Se não entenderem e escreverem dizendo isto, não se esqueçam de que foram avisados antecipadamente… Tomemos três momentos supernos das páginas heróica e fiofais… Eu disse fiofais?! Ato falho. Me dêem estes três momentos. Depressa. Sim. Aqui estão eles: 6×2 no Santos, sem contar virada no Pacaembu e conquita da Taça Brasil que o Americano de Campos, coitado, sonhou conquistar… O valor do triunfo, que não foi pequeno, por uma natural tendência anômala, está inteiro em cima do fato de ter sido sobre o Santos, o maior do mundo na época… Quem tem ouvidos está copiando: coadjuvantes, até mesmo e principalmente quando vencem… Manuel Panhame escreveu ‘vencem’? kkkkkkkkk Que cruzeiro de historiador!… Outro momento: a vitória emblemática sobre o Palmeiras em 96, de virada, em SP. O maior fiofó pra Lua registrado pelos telescópios espalhados por este mundo cão… Páginas heroicas fiofais… E, por último, a maior das vergonhas: a Libertadores de 97. Ao fim da disputa só se ouvia um grito por toda a BH. Minha pessoa se abstem de falar de outros lugares porque, casualmente, se encontrava in loco nesta cidade que todos sabem a quem pertence… Um vexame sem precedentes. Uma algazarra regada a um único nome. Comemoravam gritando o nome que todos nós conhecemos, reverenciamos e tememos… Senhores do júri, a expressão Vergonha alheia foi então cunhada… Mais não direi nem escreverei, mesmo que isto seja solicitado pelo Dalai, que me paga para lecionar no Quintal. Do jogo de sábado só preciso anotar que queremos porque queremos golear. Está passando da hora!!!

Fala sério!

Panhame:
“Do jogo de sábado só preciso anotar que queremos porque queremos golear. Está passando da hora!!!”

Eu só queria que o Galo, ao menos uma vez, levasse esse jogo tão a sério como eles levam. Sei que é difícil chegar ao nível de quem considera essa simples partida como um ‘superclássico’, mas o fato é que eles conseguem equilibrar essa gigantesca disparidade jogando como se fosse final de copa do mundo. Bom, para eles é algo equivalente. Mas talvez seja melhor mesmo tirar um pouco o pé, porque se o Galo levasse o jogo a sério como eles, seria goleada toda vez.

Rei Melo

Dalai raramente leio os comentários abaixo..Não os leio simplesmente pq esta infestado de analfabetos oriundos de algum buraco onde o palavreado é exatamente a cara de quem os escreve…
E quando tento ler ja paro na hora.. putz nem quando jogava pelada no campo do pitanguy, escutava tanta merda.. aqui no caso, tentar ler algo escrito por seus leitores é muito difícil…
Principalmente do imbecil que usa o nome de outros..
Esse com certeza além de idiota, sem educação e completamente imbecil, deve se achar o máximo!
Mais um verme da New Venezuela!

romulo

Só corrigindo, a partida entre Galo e zerim é um ex-clássico. Hj são times de diferente porte e com objetivos mto diferentes ao longo do ano. Não são concorrentes entre si nas competições nacionais e internacionais. No âmbito regional, apenas disputam a mesma competição. Mequinha e athletic (e talvez tbm a tombense) estão à frente do zerim no sentido de tentar fazer frente ao time do Galo.
Independente de tudo isso, é um fato q, assim como os demais times q jogam contra o Galo, os jogadores do micróbio azul darão a vida em campo pra não perder e, quem sabe por uma sorte (como foi no jogo anterior), talvez, no sufoco, conseguir uma vitória.
E por isso q o futebol é tão imprevisível, onde crianças podem ganhar dos adultos…

Augusto

O CSA MG já sabe quem vai ser o seu adversario na Copa do Brasil. Será o Sousa da PB e CSA e o Souza se enfrentarão no Marizão. Se levar em conta o nome do estadio, o CSA MG vai se sentir em casa, já vai jogar com vantagem, ´so tirar o “Z”. kkk

Manuel Panhame

Chamado de bandido por ex colegas de São Paulo, o ridículo Kleber dito Gladiador se esqueceu desta vez de se referir ao Galão Querido. Mas Manuel Panhame confessa que se enganou a respeito desse ex jogador: ele não aparece na mídia apenas qdo se refere ao Clube Atlético Mineiro. Ele aparece também nas páginas processuais…