PARABÉNS, FELIPE CONCEIÇÃO

  • Avatar
  • por em 19 de abril de 2021

Bruno Haddad/Cruzeiro/Flickr

Só tivemos uma “pequena” falta de sorte: logo no dia que você escala o time da torcida, encontramos pela frente um pasto, não um campo de futebol. Pouso Alegre é uma das mais encantadoras cidades do sul de Minas, com uma população cativante. Mas é preciso melhorar urgente aquele gramado. Os condôminos atleticanos deste QUINTAL vão certamente repetir aquela frase criativa: o campo é ruim para os dois times! Sim, mas os de casa estão acostumados.

Pela primeira vez, nestes últimos dois anos, vi o Cruzeiro perder sem me perder num caldeirão de decepção e raiva. Havia um time, ali, vestindo a camisa mais bonita do Brasil. Havia craques, como Fabio, Sobis e Rômulo, além desses jovens de nosso meio campo e defesa. Houve entrosamento. Jogadas. Entrega. Determinação. O gol do Pouso Alegre foi um acidente de percurso. E o nosso não surgiu por causa de outros acidentes.

Vimos jogos que, mesmo vencendo, o Cruzeiro nos deixou lá embaixo. O de ontem, perdendo, nos mandou pra cima. Ver Rômulo jogando desde o início, e bem como sempre. Ver Stênio e Marco Antônio serem testados, sinalizando um time cada vez melhor para os próximos jogos, é animador.

Haverá agora tempo pra treinar a semana toda e testar jogadas de escanteio, o que nos faltou domingo, quando em 10 oportunidades só apresentamos uma.

Contando com esses craques de ótimo toque de bola, é fácil imaginar o que farão num campo de futebol.

Ficou para a próxima, mas com muita esperança.

BATE PAPO NO QUINTAL

1 Sem Paciência, além de tantas qualidades aqui reveladas, é mediador voluntário de estranha aposta de atleticanos e cruzeirenses integrantes da radio 98FM. Os perdedores (atleticanos) querem “quiabar”, não cumprindo o trato. Mas Sem Paciência não apenas exige como vai fiscalizar o cumprimento da aposta que, certamente, entrará para os anais deste QUINTAL.

2 Galo Doido New York, com sinais de melhora nas articulações, está agora sob vigilância médica apenas na área cognitiva. Ontem, querendo receber alta, submeteu-se a novo teste. Mas não teve êxito porque insiste em alterar a História com fantasias.

Confira-se o psicodélico texto:

“A combinação da Lua Cheia com a posição de Marte e Mercúrio se alinhando com Titã, lua de Saturno, afeta a performance dos maiores e melhores uma vez a cada década, proporcionando aos piores e menores curto momento de alegria…”

O psicanalista que aplicou o teste foi categórico com Galo Doido: “o senhor como atleticano não pode, por paixão clubística, alterar tanto assim os fatos. O texto cabe como uma luva não no Cruzeiro e sim no Atlético. Veja só dois exemplos: campeonato brasileiro: O Atlético foi campeão uma única vez, em 1971 – O Cruzeiro é tetra!

Copa do Brasil: Cruzeiro é hexa. O Atlético foi campeão uma única vez, em 2014, “entregue” por Marcelo Oliveira.

Quem é campeão a cada década?

Tratamento prorrogado por 5 dias! ’

3 JCSR, na esteira da manifestação de Galo Doido, consegue sintetizar em poucas linhas, com extrema felicidade, o secular confronto Cruzeiro x Atlético. Vale a pena transcrever. Vale a pena pensar:

“ Quanta imaginação!!! Considerar o Atlético maior que o Cruzeiro apenas pela fase ruim que estamos vivendo. O tamanho de um clube é medido principalmente por história, torcida e conquistas. Com certeza, temos mais em tudo. E me desculpe, mas contra fatos não há argumentos. ”

4. Pouso Alegre ficará na lembrança azul como ponto de partida de um novo time. Perdemos muito tempo retardando a presença em campo de Stênio, Marco Antônio e, jogando desde o início, Rômulo. Prova de que a torcida estava certa em reclamar é que alguns permanentes preferidos de Felipe Conceição hoje nem foram cogitados. Ou seja, estávamos gastando vela com mau defunto.

5. Pouso Alegre-2 – O campo é péssimo e contribuiu em muito para a derrota do Cruzeiro. Mas o time local fez a sua parte e por isso venceu. Organizado, com esquema e bem dirigido por Emerson Ávila.

6. Dcap vai direto ao ponto: “Mateus Neres é fraquíssimo”. E pergunta: “cadê o Nonoca”? Todos queremos saber. Termina com uma observação que certamente é subscrita por milhões de cruzeirenses:

“É uma sacanagem colocar um jogo num campo horroroso desse. ”

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

All Comments