VAMOS FALAR DE CAMPEONATO ESTADUAL?

  • por em 17 de maio de 2021

Vinnicius Silva/Cruzeiro/Flickr

(Por Fernando Rocha)

Claro que se o Cruzeiro estivesse na final eu trocaria de assunto, mas não mudaria de opinião. Tomo a liberdade como interino e filho do Dr Dalai, dono desse QUINTAL, pra tocar nessa questão e colocar aqui minha opinião: Eu sou radicalmente contra esse formato de campeonato estadual.

Sou jornalista desde o século passado e trabalhei na cobertura de dezenas de campeonatos estaduais. Mineiros, cariocas, pernambucanos e paulistas.

Sempre me chamou a atenção o fato de um time como o América ser conhecido em Minas como Decacampeão. A frase está lá escrita no estádio mas a façanha esta muito longe no calendário. Essa coleção de 10 títulos começou em 1916 (foi na época da primeira guerra mundial). Cabe aqui uma perguntinha básica, já que estamos no século 21, quantos títulos estaduais teria então essa destemida equipe do América tanto tempo depois? 16 ( 10+ 6)

No Recife  acontece algo parecido. A torcida do Náutico tem um orgulho imenso em dizer que “Hexa é luxo” por causa de uma sequência inédita de 6 conquistas na década de60, quando apenas oito times disputavam a competição. Porém, nesse atribulado século 21 o placar mudou: O alvirrubro pernambucano é o terceiro no estado em conquista de títulos. O primeiro é nosso irmão nordestino: Sport Clube do Recife.

No Rio de Janeiro o campeonato estadual resume a própria euforia carioca. Em duas ou três rodadas já tem uma constrangedora volta olímpica e, sendo assim, é difícil falar campeonato carioca sem falar dessa chatice de Taça Rio  e Taça Guanabara. Mas a titulo de informação, o Flamengo é o maior campeão do estado e o Vasco é o maior campeão da Taça Rio.

Sinceramente… mais uma vez cabe a pergunta. Isso faz alguma diferença?

Aqui em São Paulo eu continuo o questionamento. O Corinthians é o maior campeão estadual, depois vem o Palmeiras e depois vem o Santos. O time do São Paulo, que é o maior vencedor brasileiro de competições internacionais fica em quarto lugar no estado.

Ter menos títulos de campeonatos regionais altera a grandiosidade do tricolor do Morumbi?

Todo mundo sabe a resposta.

Vamos pro sul…

O Internacional é o maior campeão Gaúcho. Tem 45 títulos e o Grêmio tem 38.

Sinceramente esse é o tipo de informação completamente irrelevante pra comparar esses dois gigantes  de Porto Alegre. Eles são muito maiores que essas desavenças domésticas.

Por coincidência essa diferença numérica entre os rivais do sul é parecida com a disputa mineira. Mas com toda isenção possível não acho que faça diferença para a história do futebol no mundo o Cruzeiro ter menos títulos estaduais do que seu rival.

Como  também não faz diferença saber que o maior campeão do Espirito Santo é o Rio Branco Atlético Clube, ou que o maior campeão estadual de todos os tempos é o ABC de Natal, no Rio Grande do Norte, com 56 títulos.

Na minha modesta opinião precisamos virar a página dos campeonatos estaduais. A raiz dessa estrutura corrompida vem de um modelo autoritário da ditadura militar e até hoje as federações estaduais seguem essa cartilha.

Foi assim que a antiga CBD, hoje CBF, conseguiu o domínio político completo do futebol brasileiro.

“Onde a ARENA vai mal, mais um time no nacional.”

A  ditadura tomou conta do futebol e das federações nos anos 70. E até hoje os fantasmas existem. O pior deles segue na forma de campeonatos Estaduais.

Por falar nisso, teve jogo ontem e tive o prazer de não ver. Continuei na minha torcida pra que os dois perdessem.

BATE PAPO NO QUINTAL

Joao de Deus Filho – Um dos condôminos mais legais e elegantes deste QUINTAL não tem a sorte de mais um adjetivo: ele não é cruzeirense. Mas é sensato e educado. Concordo que estamos em um buraco sem fundo. Ok. Mas seu time não esta nesse nirvana que você sonha, meu caro. Acorda pra vida porque não existe nem almoço e muito menos estádio de graça.

Eduardo galão da massa – Obrigado pelas palavras de incentivo, minha responsabilidade  aqui não é fácil não, meu caro! Mas quanto aos foguetes na derrota pro América eu te pergunto; se por acaso o time do Lisca for campeão você acha que toda a festa vai ser americana? Vai faltar kombi em BH!

Saulo Antonio Melo Siqueira – Reclama da escolha familiar e queria que meu irmão atleticano assumisse o QUINTAL interinamente. Meu caro, sabe que eu acho uma ótima ideia? Ele iria conviver com tanta gente legal que faria bem pra ele. Um atleticano sempre precisa de bons ares cruzeirenses (e vice versa).

JCSR me deseja boa sorte no QUINTAL e cobra as urgentes contratações que a torcida enxerga de um jeito diferente da direção do clube. Que pena.
Enquanto isso, o querido sem paciência segue zoando geral e na maioria das vezes ele tem razão! (me desculpa, papys)

Um salve muito especial pra querida Beth Makennel Makennel que lembrou até mesmo da capa do celular com escudo cruzeirense quando apresentava o programa Bem Estar na Globo. Valeu Beth. E quanto ao nosso time, é claro que voltaremos (eu só não disse quando, né).

Um salve também ao querido Jamicel um paladino da nossa pluralidade nesse QUINTAL.

Luis Antônio Lopes barcelos é cruzeirense raiz de ver treino do estádio JK  e conviver com o genial Felicio Brandi. Que falta faz um presidente nesse time não é mesmo?

Rei melo dá as boas vindas e comemora uma possível saída de Pottker. Particularmente acho que foi uma questão de azar nosso e sorte do Inter. Na época da troca quando ele veio e o Mauricio foi, meu querido Fabricio Carpinejar, o torcedor colorado mais apaixonado que eu conheço, me garantiu que estávamos fazendo um ótimo negocio. O tempo mostrou que o Carpinejar estava errado, né?

Vamos juntos e sempre a vida é todo dia.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

All Comments

Subscribe
Notify of
guest
25 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
Jose Antonio

Vamos falar de SEGUNDONA???? Vamos falar de disputar a SEGUNDONA pelo segundo ano consecutivo?? Vamos falar de COMEMORAR o CENTENÁRIO na SEGUNDONA??? Deixa o campeonato estadual para os times que estão disputando o título, afinal, quem terminou em QUARTO lugar não tem muito o que falar….

Emansantos

Sim. Vamos e poderia dar umas dicas como foi lá! Vamos falar de apenas disputar campeonatos nacionais e internacionais e há décadas não ganhar nada?! À exceção de um com a intervenção para fazer uma apagão quando levava um vareio em casa! Aqui é Lá Bestia!

ANDRÉ BRASIL

Com certeza não temos muito o que falar, nesse momento! Mas podemos lembrá-los do nosso presente pro Centenário do Patético Mineiro: MÃO CHEIA!!! Aquela que vocês queriam por que queriam e até cravavam que devolveriam, com apostas mirabolantes de toda “sorte”, mas que não veio, e só aumentou a frustração, que tentam curar passando o dia inteiro aqui nos lembrando que existem! É! Segue o jogo!

Murilo Andrade Marçal

VAmos falar de títulos, 12×3?

Eduardo galão da massa

Bom dia nobre Fernando!

Sua narrativa, hoje, consiste em desmerecer o campeonato mineiro, mais uma vez? Sério?

Se lá na final, vcs estivessem, a conversa seria outra. Iriam enaltecer mais essa conquista. Provavelmente falariam em recuperação, em voltar agora trilhos para novas conquistas, enfim.

Por um olhar nas entrelinhas, percebi uma breve comparação entre Rio Branco Atlético Clube e os outros campeões estaduais? Não faça isso amigo.

Fato eh, realmente quem manda dentro de casa eh o Galo… E continuando no campo das idéias, podemos pensar que vendemos administrações mais que temerosas, administrações que minaram vários títulos, como de 81, por exemplo.

Já vcs, ate ganharam alguma coisa, mas a que custo? E em quais condições? Acho que as respostas estão vindo ai agora, certo?
Será que todo esse dinheiro foi desviado pro bolso dos ditos envolvidos? Ou será que teríamos outros bolsos envolvidos?

Afinal, estamos no Brasil. No escândalo envolvendo a arbitragem em tempos não tão distantes, tivemos somente um membro de arbitragem envolvido? As acusações a outros nomes do cenário nacional ficaram pouquíssimo tempo na boca da imprensa. Menos tempo que o pó no helicóptero de um tal senador, que sumiu tão rápido quanto um soprar de suas hélices. Bom, continuamos no campo da imaginação, porque obviamente, isso tudo eh ficção científica.

Assim como falar que o campeonato Brasileiro de 2012 não foi direcionado para o Fluminense… Que está quebrado também.

Bom, finalizando, acho que vai faltar Kombi em BH… Muitos americanos surgindo…

Saudações.

MITAIR É INOCENTE

Já que o tema da coluna dessa *segundona* é interessante, vou comentar sem clubismo.

A graça do estadual é matar a saudade do seu time depois de quase dois meses sem jogo, ver quem são as caras novas, reforços ou meninos da base. A graça da primeira fase é essa. Mas com a pandemia, e apenas dez dias entre o fim do Brasileirão e o início do Mineiro, ficou escancarado esse ano que a primeira fase não tem graça nenhuma.

Jamicel

Guilherme, bom dia !!!

Apesar do charme e da oportunidade da integração de cidades do interior ao futebol, creio que as ligas como a Sul-Minas seriam mais rentáveis e interessantes tecnicamente, em substituição aos campeonatos locais.

Ah, para variar, o Cruzeiro é o maior campeão da Sul-Minas!

#CruzeiroSempre

Jorge

Bom dia a todos e uma boa segunda aos cruzeirenses!!!

Uma boa recuperação ao senhor Dalai. Que ele volte enxergando ainda melhor, exceto no futebol, porque corre o risco de virar atleticano e nessa altura do campeonato, melhor ficar onde está mesmo…

E agora vamos falar de campeonato estadual. Ou do campeonato rural. Porque depende do ano e das circunstâncias. Porque já foi parar até numa tríplice coroa fake quando ganha. Mas quando perde, vira campeonato rural. Conhece aquela estória das uvas verdes? Pois é, e por acaso estrelado por uma raposa, bicho que se acha muito esperto.

A verdade é que é fácil falar contra o campeonato estadual quando se é grande e tem que disputar torneios internacionais no primeiro semestre. O Galo, por exemplo, chegou todo modificado para as finais do mineiro porque não é fácil disputar a Libertadores e o mineiro ao mesmo tempo. Mas e os times pequenos? Vão viver de quê? Alguns ainda recebem convites da CBF para disputarem a Copa do Brasil cuja classificação não conseguiram dentro de campo. Mas e os demais? Vão fazer o quê da vida? Então tem gente que precisa pensar quando fala contra os estaduais. Porque é campeonato para salvar o semestre dos times pequenos, fora das competições internacionais, até chegarem as diversas séries do campeonato brasileiro. Cada um na sua, obviamente.

E em homenagem ao interino da coluna (seja bem vindo!) vamos falar de jornalismo sério e isento. Abaixo duas reportagens que não são fake, viu?

“CRUZEIRO DEIXA O CAMPEONATO MINEIRO PARA SE DEDICAR À PRÉ-TEMPORADA PARA O CAMPEONATO BRASILEIRO
O cruzeiro saiu do campeonato mineiro nas semifinais, feito comemorado pela diretoria do clube.
“Disputar o campeonato rural é muito desgastante e precisamos focar na pré-temporada do Brasileirão série A-2. Porque série B e para os outros”, disse o Presidente do Gel.
“Vamos ver o que o professor vai falar, mas essa pré-temporada vai ser muito boa para a gente. Tenho certeza que vai servir para dar Confiança na nossa estreia”, afirmou um jogador, de costas para o repórter.”

“CRUZEIRO PROTESTA CONTRA OS DESMANDOS DA CONMEBOL
O cruzeiro foi o primeiro time sul-americano a protestar oficialmente contra os lamentáveis fatos ocorridos durante as partidas realizadas na Colômbia.
“Foi um absurdo aquilo lá. Em repúdio aos desmandos da Conmebol, já notificamos aquela entidade que estaremos de fora de todos os torneios por ela realizados durante esse ano e, quase com certeza, nos próximos anos também. Precisamos dar um basta nesses despropósitos! E nem adianta mandar convite, como fez a CBF para a Copa do Brasil, porque não iremos. Além do mais, estamos organizando as finanças do clube e nem temos dinheiro para viagens internacionais”, declarou o Presidente do Gel.” Um torcedor do time azulado apoiou a ideia: “se for para dar vexame, que seja só em Minas e no Brasil; melhor ficar de fora mesmo”, concordou.

Novas notícias no próximo bloco ou a qualquer momento se algo de relevante acontecer.

Até a próxima!

Sem Paciência

Muito bom! KKKKKKKKK

Rei Melo

Fernando.. concordo co vc esse campeonato é como olimpíadas colegial.. Vale nada.. Alias serve sim para mostrar os erros que estão cometendo no clube. Se vc analisar a enquete feito por esse jornal, 99% dos torcedores ja escolheram quem deve ficar e os outros saírem.. Não sei se será possível , devido a proteção vinda de dentro do clube ficar livre destes encostos mas se seguirmos a enquete ja vai melhorar o time 200 % . Todos que estão nos dispensáveis . são mesmo muito dispensáveis e o pior estando no grupo atrapalham o restante. ocupam espaço.
Vamos aguardar.. como falei com seu pai .. Se esse técnico no proximO jogo oficial escalar os mesmo reservas ISSO RESERVAS PQ JA TA DIFICL TER TITULAR…voltar a insistir com JADSON, CLAUDINHO, MARCINHO , E APARECER COM LEO , CABRAL E HENRUQIE.. PODE DISPENSAR ELE NO MESMO DIA OU A LUTA SERA PELA SERIE b… MANTER-SE NA B PQ COM ESSE PESSOAL NAO DA NEM ESPERANÇA. O TECNICO FILHÂO… TESTE O SOBIS DE CAMISA 10 NO MEIO ARMANDO O JOGO.. DE CHANCE AO MARCO ANTONIO…STENIO…

Galo Doido New York

Será que o Fernando está desdenhado de um dos títulos que compõem a tríplice coroa? Era importante e agora não é mais? Não dá para levar a sério hoje em dia o que os crizeirenses escrevem. Não beira ao ridículo, é mais que ridículo.

O Felipão oficial, que chegou para tirar o time da lama e conseguir o acesso a Elite Brasileira, depois de alguns meses declarou que o objetivo era evitar o rebaixamento para a TERCEIRONA. Este ano vem o Felipe genérico, e diz que o objetivo de seu trabalho, também não era ganhar o campeonato mineiro. Agora vem o Fernando Rocha com essa conversa de Miguér a respeito dos estaduais.

Antes de consolidarem a presença na segundona pelo terceiro ano consecutivo, algum crizeirense poderia nos dizer qual é o objetivo na disputa da série B?

O substituto neste Quintal perdeu uma grande oportunidade de se manter calado.

Murilo Andrade Marçal

Com vocêe disse já deveríamos ter acabado com campeonato estadual, só serve pra time que viveu 42 anos ganhando isto e um outro com 109 anos que só ganhou isto, quem são este times memo?

Moacir Schmidt

O campeonato mineiro tem mais de 100 anos mas a culpa é da ditadura?

Beth Makennel Makennel

Bom dia Fernando!

Eu, particularmente, não gosto de campeonatos estaduais com participação dos grandes clubes brasileiros não. Só serve mesmo é para treinar os times. Ao mesmo tempo correr o risco de perder jogador por contusões graves ao jogar em péssimos campos. Como já aconteceu com o Cruzeiro. Já não tem graça conquistar campeonatos mineiros que em nada muda a nossa vida. Deveria ser só com os times do interior, no caso de Minas e os clubes dos estados sem tradição no futebol brasileiro. É o que penso! Para mim, o futebol brasileiro já tem muitas competições o que prejudica em muito a qualidade do futebol apresentado pelos jogadores. Brasileirão, Copa do Brasil, Libertadores, Sul Americana, estaduais, regionais….
Os jogadores não aguentam tantos jogos.

Bernardo Franca

Vamos falar de não pagar a conta e perder 6 pontos

Bernardo Franca

Vamos falar da arrogância de jornalista falando que ia subir?

Sem Paciência

“Tranquilo! Vai subir com um pé nas costas!“. – Evérton Guimarães, 98fm. KKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKKK

Evandro Oliveira

Fernando,
Concordo muito com o que você diz sobre ruralitos, especialmente Mineiro. Entretanto, devemos (todos que criticam) apontar o porquê deste estrutura anacrônica, jurássica e feudal sobreviver. Estas TETAS tem sentido para dirigentes (até mesmo das equipes do interior). Várias propostas de mudanças já foram apresentadas nos últimos 30 anos e a mídia não tá nem aí pois tem os dirigentes “no bolso”. Não é só a fórmula e o calendário. Os 7 a 1 foram em vão !

DeLw

vc é lunatico .

Marcelo

Boa tarde Fernando. Infelizmente, o tempo me impediu de comentar e lhe dar as boas vindas na primeira coluna, por isso, faço-o agora. Sobre o tema de hoje, acredito que a competição sempre sobreviveu pela força do clássico. No caso aqui de Minas, agora que estamos passando por este período sabático, a competição ainda se torna menos atraente do que já era. Os rivais não dão o braço a torcer, mas final que não seja Cruzeiro x Atlético parece amistoso. Todo mundo sabe como sempre ficou o clima da cidade nesse dia. Na verdade, era só isso que valia. É fato também que o despencar do Cruzeiro não significa automaticamente a ascensão do América com todo o respeito que ele possa merecer. Então, fico muito na dúvida qual será o futuro destas competições, acho que se acabar, algo deverá ser feito para manter viva as rivalidades regionais, que nem sempre ocorrem em momentos decisivos nas competições nacionais e internacionais. Esse regionalismo talvez só exista aqui, não sei se acaba.

João De Deus Filho

Hoje eu venho falar de um assunto sério.
Já escreví muito zoando aqui, nesse quintal.
Porém, hoje, assistindo ao Camisa de Força, me bateu um sentimento de revolta.
Sou atleticano e ando curtindo o que está acontecendo do lado de lá.
Porém, me bateu um sentimento de revolta ao ver o abatimento do pessoal lá do Camisa.
O Genta, que é um cara alegre e divertido, hoje era a cara do abatimento. Não foi legal ver o que o clube fez aos torcedores.
Lembro que são adversários, não inimigos.
Sei o quanto a paixão pelo clube é forte em nós torcedores.
E não é legal ver pessoas que se aproveitam das suas posições prá usar o clube, em negociatas, que não tem explicações.
O roubo existiu e existe também em muitos outros clubes, porém no Cruzeiro chegou a um nível absurdo.
Tenho amigos e parentes cruzeirenses e sinto neles a tristeza, são pessoas que não tem mais a alegria que sempre tivemos, de curtir uma grande paixão que é o futebol.
Hoje, eu me sinto triste.
Triste por ver que as pessoas que fazem tudo isso continuam livres por aí.
Aproveitando o que roubaram, deixando milhões de pessoas numa tristeza total.
Fica o meu voto de que a situação se resolva, que os responsáveis sejam punidos.
É triste ver um cara como o Genta, do jeito que ví hoje.
O Rivalizando era um programa de alto astral, zoeira de um lado e do outro.
Pois conseguiram acabar com isso.
Hora de deixar de lado a rivalidade e se unir contra a corrupção, o roubo instituído, as propinas.
Que o futebol volte a ser motivo de alegria pra todas as torcidas.
Vou continuar zoando, mas, no fundo, torcendo prá que volte o lado bom dessa paixão.
Cadeia pros ladrões.
Aqui é Galo,
Mas, do lado do bem.

https://www.youtube.com/watch?v=mwFLs7X_lMM

Edmundo De Novaes Gomes

Eita! Sai pai, entra filho e o nível da coluna só melhora.

#CRUZEIRO6X1 #FORAVERMES

Jorge

Bom dia!
Uma boa terça a todos e uma boa segunda aos cruzeirenses!

Hoje temos duas notícias importantes:

AMÉRICA QUER LEVAR TODA A SUA TORCIDA PARA A FINAL DO CAMPEONATO MINEIRO
O América está propondo levar toda a sua torcida para a grande final do campeonato mineiro. E o Galo poderia levar o mesmo número de torcedores também. Segundo Salum, o presidente de honra do América, “é um absurdo falar que nossa torcida cabe numa Kombi. Vamos ter que contratar QUATRO, isso mesmo, QUATRO ônibus para comportar toda a torcida!”, enalteceu o cartola vitalício. O Galo, mandante do jogo, no entanto, propôs que o América levasse apenas 10% dos torcedores que o Atlético poderia levar, no caso, apenas 20 torcedores. Segundo o seu presidente, Coelho na pele de Galo, “além de ser mais justo, pois o Atlético é o mandante, o América poderia usar apenas as duas Kombis que a torcida já usa normalmente para ir aos jogos. Não precisaria fazer o investimento de alugar esse ‘tantão’ de ônibus para irem todos. Além do mais, se algum torcedor não pudesse ir, ia ter ônibus ficando vazio”, explicou o dirigente. As negociações continuam, mas o América vê nessa final uma grande oportunidade de reunir de uma só vez toda a sua torcida.

CRUZEIRO RECUSA A VACINA DA CONMEBOL
O clima entre os dirigentes da Conmebol e do cruzeiro não anda nada bom. Depois da nota de repúdio de ontem pelas confusões ocorridas na Colômbia, o cruzeiro avisou hoje, oficialmente, a Conmebol que não aceitará vacinar seu elenco no Paraguai. “Não acho isso ético”, teria dito o Presidente do Gel. “Afinal, nem estamos disputando a Libertadores ou a Sul-americana mesmo”, explicou. Consultados os jogadores do time, a maioria aprovou a medida: “sei não, vacina da China, aplicada no Paraguai, a chance de virar jacaré é muito grande”, teria afirmado um jogador que há mais de um ano não sobis.

Mais notícias no próximo bloco ou a qualquer momento no plantão.
Abraços a todos!

Sem Paciência

Muito bom! KKKKKKK

Rei Melo

Fernando olha so as noticias… estão forçando a barra para manter no grupo os ex jogadores que ajudaram a quadrilha de Fred Kone e Dede Chinelo a por o time onde esta. Começou o apoio na radio MRV , passou pelo jornal que protege seu funcionário patrocinador, Batore o analfabeto e ta espirrando nas outras emissoras. Querem por que querem prejudicar mais ainda o clube.
Manter qualquer jogadores que esteve em 2019 no clube é dar tiro no pé… ainda mais estes ai os que sobraram… e nem time de bairro quer.
Jadson o inacreditável ..leo… herinrique.. cabral.. ruschel.. Neris… Felipe augusto, Marcinho desinteressado e ruim demais e o gordo que encostaram aqui tal do Claudinho jubarte, todos me parecem ligados ao tal David.. ou seja tem treta ai…Nenhum clube quer e servem para o Cruzeiro.. ??????????? Vindo do Cruzeiro podem ficar ligados pq tem algo de podre. Estes caras não tem a mínima condição de jogar futebol profissional em time nenhum do Brasil.