CRUZEIRO É TREINO E ESPERANÇA

  • por em 18 de novembro de 2020

Bruno Haddad/Cruzeiro/Flickr

A semana de recolhimento do Cruzeiro na Toca 2, para treinos táticos e coletivos, tem renovado as expectativas dos poucos privilegiados que podem acompanhar os trabalhos. Já contando com Rafael Sóbis, Arthur Caike e Matheus Pereira, o entrosamento do time começa a aparecer principalmente entre meio de campo e ataque.

Ontem, porém, fora de campo, quem roubou a cena foi um veterano que está voltando: Rafael Sóbis. Ele que tinha contrato até o fim do campeonato com o Ceará, disputando a Série A, rescindiu e veio para o Cruzeiro, na Série B, recém ameaçado de cair para a C.

Você está louco”? Foi a pergunta que mais ouviu em seu círculo de amigos. Ele contou que apesar da pressão para ficar no nordeste, jogando futebol na prateleira de cima, começou a sentir o desafio de viver um “momento mágico”, algo além de simples transferência de um Clube para outro. Não. Era como um alistamento. Um voluntariado para a luta. Arrumou as malas e veio!

Este posicionamento de Rafael Sóbis, a forma carinhosa que foi recebido na Toca por jogadores e servidores, tudo isto vai melhorando a cara feia de muitos. Arrisco-me a calcular que 70% dos grupos estão otimistas quanto ao desempenho de Sóbis.

E você?

BATE PAPO NO QUINTAL

1. Geraldo, Rei Melo e Murilo Andrade Marçal, valorosos comentaristas deste QUINTAL, não estão entre os mais otimistas com o time. Sábado próximo, tenho certeza, voltarão para aplaudir o desempenho do Cruzeiro ante o Figueirense, na sexta. Por enquanto estamos cumprindo aquela etapa angustiante dos erros e acertos, à procura da formação ideal. Situação difícil dentro e fora de campo. A união aí faz a força!

2. Cada vez mais curto o prazo para sugestões sobre o novo Estatuto. Os grupos precisam se posicionar lapidando e divulgando as contribuições oferecidas. Ou condenando alterações do projeto a ser votado.

3. Dá tsunami na alma ouvir que em reclamatória trabalhista Fred cobra do Cruzeiro 78 milhões. Não pode prevalecer um contrato feito pelo Cruzeiro, contra o Cruzeiro!

4. Pedro Bicalho, um dos 6 jovens sub 20 dispensados porque cometeram “falta gravíssima” em Chapecó, acaba de ser contratado pelo Palmeiras. Recebeu outras 4 propostas, inclusive do Atlético. A punição extrema dividiu a Nação Azul. Uns, apoiando a diretoria, acham que a honra e as tradições do Cruzeiro, foram manchadas naquele hotel de Chapecó, onde os atletas receberam garotas de programa; Outros gostariam que os garotos fossem advertidos severamente, punidos com multa descontada dos salários, em grau maior para os reincidentes. Mas que continuassem no Cruzeiro.

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

All Comments