ATLÉTICO X CRUZEIRO – PORTAS NOS BANHEIROS!

  • por em 31 de janeiro de 2024

Vinnicius Silva/Cruzeiro/Flickr

Por mais incrível seja a notícia, pelo seu despropósito, é a verdade. Sábado 19h30, na Arena MRV, pelo campeonato mineiro, em sua fase classificatória, vão jogar Atlético e Cruzeiro com torcida única, o que  traz a grande novidade: nos banheiros sempre destinados ao adversário, portas não serão arrancadas previamente; rolos de papéis higiênicos continuarão nos nichos próprios; haverá água, bebida e salgados nos bares próximos. Sem painéis dividindo e cegando parte das arquibancadas. O hino nacional será  ouvido sem cortes, ou seja, ouviremos aquela parte que proclama: “A imagem do Cruzeiro resplandece…”

Parece brincadeira, mas não é! No fim do ano passado, pelo campeonato brasileiro, uma aloprada equipe de assessores atleticanos foi escalada para as providências preliminares do primeiro clássico mineiro inaugurando a Arena MRV. Misteriosamente atingidos por um  camuflado raio em tarde de sol,  esses assessores perderam todos os seus neurônios. Ninguém percebeu. Só durante o jogo.

Vergonha e vexame dizem pouco diante do fiasco atleticano no  gramado e fora dele. Pagou mico nacional. Para que absurdos como aqueles não se repitam, é preciso que sejam relembrados: o Atlético, sim, tirou portas dos banheiros e isolou a torcida azul com painéis que tolhiam parte da visão do gramado. Praticou, ainda, um punhado de atos reveladores de seu complexo de inferioridade ante o rival mineiro.  Coisa pequena, de gente que pensa curto. Muitos não acreditam até hoje. Mas aconteceu.

Na inauguração, contra tudo e contra todos, o Cruzeiro venceu por 0 x 1 e a arena passou a ser conhecida como Meu Rival Venceu.

BATE PAPO NO QUINTAL

1. Observando de longe abre o Bate Papo com um criativo, mas amargo trocadilho. Abordando a nossa luta (obsessão?) à procura de um camisa 9, e o pênalti que resultou no gol do Athletic conclui que nosso “artilheiro” Dinneno estreou com um gol “Dimenos”…

O texto aborda outros temas sobre o jogo de sábado na Arena MRV (que já conhecemos bem…) mas se esquece de enfocar o bom lucro esperado pelo Atlético com torcida única: o Clube dispensa o trabalho de marceneiros pra retirar e recolocar portas de banheiros…

Depois, não percebendo que seu anjo da guarda, incrédulo, foi conferir o tamanho surreal do  transatlântico “Icon of the Seas”,  entra no terreno minado da arbitragem no campeonato mineiro…  Meu caro, não mexa nesse vespeiro! 30 a 40% dos títulos do Atlético como campeão mineiro foram conseguidos vergonhosamente no apito! Não precisamos ir longe: basta rever o do ano passado.

2. João de Deus Filho enigmático:

“… Enquanto o Cruzeiro entra em campo com sangue nos olhos, correndo atrás da bola como se fosse um prato e comida e a única oportunidade de ter alguma alegria no ano caso consigam a vitória, que será comemorada o resto do ano, o Atlético está enxergando o jogo como apenas uma preparação para nossos objetivos que são grandes este ano…”

É isto mesmo, meu caro João de Deus? Sábado teremos então um jogo sem compromisso, pelo Atlético? Se ganhar, bem; se perder, amém?

Fosse assim, como justificar torcida única? Além do mais, um lembrete: torcida única não é garantia de sucesso: Só 40% de clássicos assim tiveram vitória do mandante. Ou seja, de 10 jogos, 6 terminam com vitória do adversário ou empate. João, até ontem, cautela e caldo de galinha não tinham matado ninguém…

3. BCO – Eduardo Silva – Apesar da rejeição de 100%, você prossegue na tentativa de implodir o Blog atirando-nos toda espécie de asneiras, palavrões, etc, sempre usurpando nomes de comentaristas da prateleira de cima.  Ignora os pedidos de tempo, reflexão. Pra você, aqui é um lote vago, aberto, abandonado onde se despejam detritos. Com isto é desestimulada a participação de mulheres e de outros tradicionais posseiros do QUINTAL,  aqueles do primeiro time, onde você mesmo já esteve, lembra?

Tínhamos o luxo de ostentar dois historiadores…

O seu desvio de conduta torna-se agora insuportável. Na última coluna, você postou mais de 20 mensagens visando achincalhar, desmoralizar, confundir e desidratar o Blog.

Chega! Foi a última vez. Mesmo me violentando, agora haverá “censura anti-sadomasoquista”.

Gostaria que se atendesse a observação de Marcelo:

“… O objetivo dele é tentar implodir o blog como já dito, contudo, se for ignorado, logo vai procurar outro espaço. Ele quer apenas atenção para poder demonstrar sua irracionalidade. Deixe-o sozinho verbalizando suas idiotices, tentar enfrenta-lo neste campo vai ser perda de tempo, pois ele já entra com uma grande vantagem.”

A censura deve ser imediata, mas se retardar um pouco é desejável que se cumpra o pedido de Marcelo: ignore, não responda.

4. Dinneno …  Gilberto, Henrique…  até agora não há diferença! Quem sabe ela aparece sábado?

GARIMPO

“Aquece uma serpente em teu seio, ela te morderá.”

(Esopo)

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Tags:
Categorias:
Notícias

All Comments

Subscribe
Notify of
guest
16 Comentários
Oldest
Newest Most Voted
Inline Feedbacks
View all comments
romulo

Dalai, sei q censura é algo perigoso e não é ideal. Mas os comentários do Eduardo Silva acabam abaixando, em demasia, o nível do blog. Eu acho ótima a sua interação com os demais participantes, independentemente se são atleticanos ou cruzeirenses. É de uma democracia ímpar.
Verdade seja dita, somos tratados com elevado nível de educação por você. Aí que o contraste fica mais profundo quando nos deparamos com o baixíssimo nível praticado pelo Eduardo. Ele se auto intitula cruzeirense, mas não se incomoda em tumultuar e reduzir o nível de um blog de cruzeirense.
Então, eu, mesmo sendo um atleticano (cuja opinião, em tese, não precisaria ser ouvida num blog cruzeirense), sou totalmente a favor da sua decisão de censurar todos os comentários do BCO (seja qual for o nick q ele estiver utilizando).
Parabéns pela iniciativa, q até vai contra os seus princípios!

Observando de longe

Bom dia a todos os seres civilizados desse blog

Dalai, contando a história do último jogo entre Galo e cruzeiro, que um dia já foi considerado ‘clássico’, você só apresenta a metade que te interessa. Deveria dizer que a torcida cruzeirense, movida por uma insuportável inveja, dilapidou tudo o que pôde da Arena MRV.

Deveria dizer também que a trapalhada decisão de retirar portas do banheiro foi uma tentativa tola de evitar o que até as pedras sabiam: o brilho de uma Arena novinha seria insuportável para os olhos cruzeirenses que iriam ‘quebrar tudo’.

Lembrando que contra todos os outros adversários tudo correu normalmente: nenhuma porta foi arrancada, nenhuma cadeira foi quebrada. A diferença pode ser explicada numa única palavra: inveja.

Claro, quebraram tudo e não pagaram nada. Mas esse é o modus operandi do clube. Não somos os únicos a tomar calote da raposa desonesta que se passa por ixperta.

Eu acho que o Galo contra o cruzeiro na Arena MRV deveria ser sempre torcida única. Não dá para correr riscos de ficar no prejuízo novamente. No mínimo seria necessário exigir uma carta de fiança garantindo o pagamento do quebra-quebra. Aí deixa a catarse acontecer. Deixa o povo desabafar sua raiva, sua inveja. Desopilar o fígado. Quem sabe depois disso não conseguem suportar melhor a realidade da nossa Arena novinha? Quebra tudo e depois o Ronaldo arruma novamente (atenção, não aceitaremos remendos. Tem que colocar tudo novo).

Com relação a apitos e quetais, Dalai, devolvo-lhe o conselho: não mexa nesse vespeiro. Sem citar nomes, todos sabemos quem é réu confesso nesse assunto, tendo inclusive cumprindo pena da CBF. Deixe as vespas descansarem em paz!

Com relação ao BCO, também conhecido como RSG – Rei da Suruba Gay, a decisão é sábia. Ignorar o ser desprezível é a melhor providência em relação a quem é carente de atenção, mas não tem educação. E realizar uma assepsia periódica no blog depois da passagem do pervertido também é necessário para deixá-lo habitável e respirável. Que ele retorne ao esgoto de onde veio.

E que tudo corra bem no jogo de sábado, sem a violência dos estúpidos, de parte a parte, e que vença o melhor, ou ao menos, o mais competente. O futebol tem essa magia de um time grande enfrentar um time médio (acho desagradável falar ‘time pequeno’) e tudo poder acontecer. Mas se a gente igualar no quesito ‘sangue nos olhos’, o resultado final a gente já sabe. Até porque na história e estatística desse ‘clássico’ não existe a tal ‘rivalidade’ regional de outros estados. Por lá é rivalidade. Por aqui é disparidade…

Agora eu vou, mas volto para ver vocês na SEGUNDA. Até lá!!!

Luiz Barcelos

Observando de longe, você mesmo se contradiz. Meia verdade? Ou a
“Dilapidação” do patrimônio alheio foi apenas uma reação , errada concordo, ao que foi disponibilizado ou deixou de ser para a maior de Minas? A baixaria movida pela Diretoria atleticana provocou a reação, exaltada, da torcida do Maior de Minas.
No entanto, não sendo na Arena Meu Rival Venceu você é contra a torcida única????? Me desculpe, com todo o respeito, mas é cômico.
Medo da nossa torcida? E a “torcida de teatro” que vocês mesmo se autodenominam????
Tenha pelo menos coerência. Se não pode na arena Meu Rival Venceu então não pode em nenhuma outra arena.

Observando de longe

Você quer que alguém acredite que se estivesse tudo ok, não haveria vandalismo? Estavam até combinando isso em rede social… Você ainda acredita em papai noel, não é mesmo? Ou então se acha ixperto demais…

Medo de torcida de papelão? Você é um brincalhão, né? Tenho medo de vandalismo. E não passo pano para vândalos que se disfarçam com a camisa do Galo também, coisa que pelo jeito você faz com os fantasiados de cruzeirense… Do lado que for, são bandidos. Simples assim.

Quanto a torcida única na Arena MRV é questão de não ficar no prejuízo, uma vez que não dá para acreditar em palavra do clube mais caloteiro do Brasil. Querem ir à Arena MRV? Entreguem uma carta de fiança garantindo a reparação dos inevitáveis estragos e tudo bem. Só não irão mais lá para quebrar tudo e sairem sem pagar. Ixperteza demais, engole o ixperto. Só ver onde vocês se meteram.

Bruno

Parabéns pela Iniciativa Sr. Dalai.

Quanto a polemica Torcida única, tenho minha opinião. Sou do tempo que ia ao Mineirão em caçamba de caminhão, e havia as duas torcidas presentes, onde por sinal na grande maioria das vezes, a torcida do Galão sobressaia, é só lembrar do famoso grito empurra as …., que por razões totalmente justas não é mais admissível ser entoado.

Para ilustrar que o mundo mudou, hoje vejo que é quase impossível ter” torcidas divididas”. Hoje o desrespeito é evidente, acontece dentro de casa, nas famílias, dentro de condomínios, na escola (alunos agridem professores), no trânsito, num simples debate por pretensões e preferências políticas, não que isto não existia antes, mas hoje isto está além da normalidade.

Estamos desaprendendo em viver em sociedade, desaprendendo o significado de socializar, vide exemplo aqui no Blog.

E não podemos transferir esta responsabilidade total para Segurança Pública ou para os Times de Futebol, pois isto é um fator comportamental.

Sendo assim acho que foi acertado o jogo com torcida única, infelizmente perde o Espetáculo, mas ganha as famílias e pessoas de bem que vão estádio buscando apenas a diversão. (isto vale para os dois lados).

Zezinho

Nobre Dalai, bom dia!

Com o máximo respeito vou “pinçar” 02 manifestações de sua parte, não diria “pérolas”, pois carregadas de sentimento colérico, pelo menos ao meu sentir, pelo que peço antecipadas escusas, em caso contrário. Vamos à elas:

“…Praticou, ainda, um punhado de atos reveladores de seu complexo de inferioridade ante o rival mineiro. Coisa pequena, de gente que pensa curto. Muitos não acreditam até hoje. Mas aconteceu.”

“…Além do mais, um lembrete: torcida única não é garantia de sucesso: Só 40% de clássicos assim tiveram vitória do mandante. Ou seja, de 10 jogos, 6 terminam com vitória do adversário ou empate”.

Soa, no mínimo prepotência (pra não dizer arrogância, o que não combina com o espírito democrático e combativo do sempre gentil articulista), querer colocar toda culpa das ações, de fato constrangedoras e irresponsáveis por parte dos diretores do Galo, no último encontro entre Atlético e Cruzeiro, na Arena MRV.
Digo isto porque a torcida do cruzeiro, da mesma forma que a do Santos (acabou de levar um gancho de 06 jogos, em casa!!), mostrou-se depredadora, irresponsável e extremamente “pequena” (pela menos a que estava em campo) no episódio do “incaivel”, em 2019!!!
Portanto, como o passado recente demonstra o que aquela torcida é capaz (frise-se, por óbvio não me refiro à todo torcedor azulino!) não quer dizer, em momento algum, que a decisão de torcida única no nominado “clássico”, por alguns, esteja relacionada “a complexo de inferioridade”!! Muito menos que o objetivo seja para “garantir sucesso”, no caso, a vitória!! Aliás, qual seria o complexo de inferioridade!?!? De uma instituição que já teve grandes conquistas, mas que hoje não passa de um arremedo de time!?!? Complexo de inferioridade de um clube que, sequer tem “campo” pra jogar, só joga de “inquilino” e, invariavelmente, é cobrado por não pagar o aluguel!?!?
Menos, nobre Dalai, menos, afinal, quando caímos de série (o que pode acontecer com qualquer time!!) demos uma aula de civilidade, em campo e fora dele, apoiando o time e o clube, sem quebrar ou colocar a culpa em ninguém ou nada; nem tsunami; nem pandemia; nem safados e desonestos, que sempre existiram em todas administrações destes clubes!
Pense nisso….
Sds.

joão de deus filho

Meu caro Dalai.
Eu não aprovo as atitudes do Galo com relação a esses atos no jogo anterior contra o seu time (como já disse, um ex-clássico).
Penso que o Galo se nivelou por baixo com o CSA-MG.
Ou será que o sr se esqueceu da quebradeira que vcs promoveram lá no Mineirão, estádio que vcs alugam para jogar???? Nem vou salientar que alugam mas estão devendo um monte de aluguéis. Esse é o patamar dos azuis, não honrar suas dívidas.
Ou seja, a diretoria do Galo já esperava que houvesse depredação, o que realmente aconteceu. Só que podia ter tomado outras atitudes.
Mas, acredito que atualmente no Brasil, qualquer time que vá jogar contra o CSA-MG, principalmente se o jogo tiver alguma importancia maior, já sabe que estará correndo o risco de ter seu estádio vandalizado.
Pode ser que outros times tomem outras atitudes. Pode ser que façam como o Galo.
A culpa não é nossa. É da sua torcida.
Penso que muita coisa ruim que acontece no mundo atual é por causa da fragilidade da nossa justiça, que não pune quem tem que ser punido.
Tivéssemos leis fortes e homens compromissados em faze-las funcionar, o país seria outro.
Eu tenho absoluta certeza que, se o sr Dalai convidar alguém prá ir até sua casa e esse alguém aprontar lá, sei que na próxima visita, os cuidados serão tomados prá que não aconteçam. E esses cuidados, com certeza, não serão visando beneficiar essa visita.
Quanto ao jogo de sábado, o Clube atlético Mineiro, de alguns anos prá cá passou a não dar tanta importancia a um rival que se apequenou nos últimos anos.
Prova disso é que em 2021, ano em que ganhamos o Mineiro, o Brasileiro, a Copa do Brasil e logo depois (fevereiro 2022) a SuperCopa do Brasil, em cima do poderoso Flamengo, o Galo perdeu pro CSA-MG.
Acho que foi num ano em que o time azul nem conseguiu chegar à final do torneio estadual. Ficou em quinto lugar, me parece.
Ano passado o time que foi o terceiro colocado no Brasileirão, perdeu novamente pro CSA-MG, que vinha de 3 anos seguidos na segunda divisão.
Por aí, acho que não preciso falar mais nada né?
Eu lembro que o torcedor azul já estão cultivando um jejum de títulos que ainda vai crescer e crescer.
Se todos nós estivermos vivos daqui a 10, 20 anos, veremos esse jejum crescer e se fortificar.
E enquanto uns bobões que passeiam desfilando besteiras aqui nesse minifúndio virtual criticam minhas falas, o tempo vai passando e eles cada dia mais distantes da época em que comemoravam títulos. Mas, vamos dar tempo ao tempo. Logo esses mesmos vão perceber que eu não falo zoando.
Falar nisso, que bom foi ver a entrevista do Valdir Barbosa onde ele afirma categóricamente que a “SAF que funciona é a SAF do Galo “.
Que bom, ouvir um torcedor (não sei se ele ainda trabalha no CSA-MG) azul, falando com conhecimento de causa (diferente dos que aqui só escrevem abobrinhas). As palavras dele devem doer nos ouvidos azuis.
E se alguém quiser contestar, escrevam prá ele, eu só estou reproduzindo o que ele falou.
Aliás, vou postar aqui a página do Youtube, onde está a entrevista dele.
https://www.youtube.com/watch?v=QjTNc3DrskY
No mais, um grande abraço a todos.
Sábado estarei lá na Arena mais linda do país, inteiramente do Galo, tomando uma cervejinha e comendo um tropeiro. Sabendo que o lucro irá pro Galo.
Ahhh! O Menin participou de uma LIVE do Breno Galante anteontem.
Alguém mandou uma pergunta que eu adorei a resposta.
Perguntaram prá ele: Menin, como o Atlético planeja pagar o restante da dívida do clube?
Resposta do Menin, que me fez arrepiar: Vc está desinformado. O Clube Atlético Mineiro não tem dívida nenhuma. Eu tenho. Quem tem que se preocupar sou eu.
Que maravilha.
Só prá ilustrar o que são SAFs de verdade, o grupo City, que comprou o Bahia quitou 79% das dívidas do clube. Logo se verá o resultado disso.
Só clubes que foram doados e que não recebem investimentos no futebol vão ficar prá trás, nessa história de SAF. Vão ficar do tamanho que realmente merecem ficar.
Mas, o Ronaldo manda um recado: Calma torcedor.

Marcelo

Um indicativo de quem é o maior.
Não apareceu ninguem do CSA?
Maior de Minas, piada pronta!!

Marcelo 13

Excelente Dalai. Justiça tardia mas correta!!

antonio

Viram o sorteio dirigido da Copa do Brasil??!! É muita cara de pau! A bola de cima nem mexe. Certeza de impunidade. A mídia não questiona, claro, o futebol é uma indústria e o dinheiro corre solto, enriquecendo muita gente. O vídeo expõe a falcatrua e podridão dos bastidores. Dá pra acreditar na seriedade dos dirigentes?! Falando nisso, a FMF já escalou a “arbitragem” pro jogo de sábado do seu time do coração, contra o Cruzeiro-cabuloso??!!

Giovani José Pinto

Boa noite senhor DALAI, seu blog é muito MASSA e vc merece todo respeito das pessoas que aqui escreve.
AQUI É GALO…

Zona BBBoêmia

Um dia com o blog limpo. É bom respirar ar puro.

Rei Melo

Dalai o Sr descobriu quem teve a ideia de demonstrar para o brasil inteiro o que é ser atleticano, pelos seus textos , suas ideias ridículas e palavreado chulo típico de um abobalhado infantil com certeza esse imbecil se juntou com os outros que decidiram tomar as atitudes que tomaram no ultimo jogo. Exemplo de sem índole…nem os famosos passa fome especialistas em destruir tudo conseguiram queimar tanto o filme com essa atitude ridículas típica de seres totalmente subdesenvolvidos….
E olha.. podem aguardar que eles irão com certeza fazer novamente…Sabe pq ???
São os patéticos Mineiros famosos por serem a chacota do Brasil…..
lembra do túnel que fizeram no Mineirão kkkkk made in kaliu pai.. o início da saga !!

Paulo Augusto

Desse túnel, morro de rir até hoje. Lembro bem, de quando criança e assistindo da cativa, via aquele estranho buraco de tatú kkkkk

Rei Melo

Dali .. O sr assim como eu sabe que atitudes como as feitas e apoiadas por todos patéticos, não é de hj..
Lembra do início da Saga das palhaçadas do Kalil: o Primeiro, o Pai, montou uma selegalao que virou sele comedia , fez um buraco no Mineirão que chamou de túnel pq na cabeça dele o time era roubado por bandeiras kkkk e olha que a federação das galinhas nada falou na época kkk
ai veio o outro ja pintado a santa de preto kkkk cuspindo em microfone, virou até prefeito kkk olha o lixo que esta a cidade,,,
e agora tem esse ai do blog que é completamente imbecil..
Realmente é patético mineiro ou não é?

Observando a franga FRACASSADA

Os únicos atleticanos que foram embora tranquilos da Arena MRV foram aqueles que ficaram no ponto cego. Afinal, obviamente, eles não assistiram ao jogo e não viram a derrota do Galo para o Cruzeiro.
A reportagem do Olé do Brasil ainda estava no estádio quando as luzes começaram a se apagar. Nesse exato momento, foi possível ouvir gritos: “acende aí, acende aí, quero ver o Hulk”. Eram os atleticanos no ponto cego achando que o jogo ainda estava rolando.
Fizemos a boa ação de informá-los sobre o término do jogo, mas sem citar o resultado. Como recompensa, recebemos uma boa declaração para a matéria.
“Pela quantidade de mensagens que estou recebendo no WhatsApp, acho que o jogo realmente já acabou como você disse e pelo jeito perdemos. Fico feliz de não ter visto nada, tudo tem um lado bom nessa vida”, disse Chicken Little, torcedor atleticano.
A verdade é que o Atlético-MG está tão mal que logo todo atleticano vai querer ficar no ponto cego só para não ver o time jogar.